SIC

Perfil

65º Episódio - 20 de novembro (sexta-feira)

João confronta Catarina com a decisão de Inês; Sofia fica a aguardar julgamento em liberdade

Victor Freitas\302\251

Jéssica fica deslumbrada quando Fred lhe mostra o carro desportivo que acabou de comprar, deixando que ela conduza durante o passeio que vão dar ao guincho.

João vai ter com Inês à fábrica e ainda consegue abraçá-la, tentando demovê-la de desistir do casamento. Inês ainda vacila mas acaba por afastá-lo, reafirmando que nunca mais confiará nele, ao invés de contar que Catarina fez chantagem para ela o deixar.

Duarte está no sofá a fazer gelo na perna magoada e Pedro brinca com ele dizendo que está velho. O pai devolve a brincadeira e promete ir à clínica se não melhorar. Entretanto, propõe que façam um jogo mas o filho responde que primeiro tem de enviar uma mensagem a um amigo por causa de um trabalho.

Miguel recebe Henrique e conta-lhe que foi nomeado para o supremo e que quer mudar-se para Lisboa com Beatriz o mais depressa possível. O amigo diz-se aliviado, pois nunca quis prejudicá-lo e elogia-lhe a persistência para conquistar Beatriz. Entretanto assume que têm de festejar e Miguel sugere que vão comemorar numa das festas sexuais que costumavam frequentar assiduamente. Henrique fica satisfeito e quando o juiz pergunta se ele sabe porque é que os filhos desistiram do casamento, afirma que nada sabe.

Inês regressa a casa e evita a todo o custo falar de ter desistido so casamento com Sofia e Assunção. A conversa é interrompida pela chegada do inspector da Polícia Judiciária que pede para falar em privado com Sofia. No escritório, pede-lhe que reconstitua os passos que deu na noite em que o seu carro foi roubado e em que atropelou Catarina. Sofia só aceita falar depois de o agente lhe revelar que existe uma testemunha que assegura que não era ela que ia ao volante quando se deu o atropelamento. Quando as perguntas cessam, o inspector deixa a ideia de que ela pode ser libertada em breve. Já sozinha com a mãe e a filha, Sofia conta o que se passou e confessa-se intrigada com a aparição súbita da testemunha que a pode salvar. Assunção também fica desconfiada mas Inês, que sabe o que se está a passar, esconde que desistiu do casamento precisamente para que Catarina salvasse a mãe da cadeia.

Maria informa Luís de que os lucros do restaurante subiram, fruto do menor desperdício. Leandro vai pedir-lhes para entrar mais tarde às sextas-feiras, pois foi sondado para ir jogar num clube de maior nomeada e que até lhe vai pagar algum dinheiro. Luís torce o nariz, pois trata-se da hora de maior movimento mas Maria dispõe-se a assegurar o serviço enquanto ele estiver a treinar. Leandro fica agradecido, mas inquieto pois tem a noção de que o pai vai reagir mal quando souber que ele vai deixar o Cedofeita.

Fernanda irrita-se com Vítor e bate-lhe, depois de ele insinuar que ela passou a folga enfiada em casa sem fazer nada e recusa-se a passar a ferro os equipamentos dos jogadores do clube.

Filipe vai jantar com Sara ao Sirga e aproveita a ocasião para ensaiar um discurso sedutor, revelando que apesar de já se terem separado há tanto tempo ela foi sempre a mulher da sua vida. Quando brindam, trocam um olhar de grande cumplicidade e Filipe ignora a chamada de Joana.

Joana estranha que o pai não lhe atenda o telefone e confessa a Duarte que ficou preocupada. Entretanto, Beatriz aparece de surpresa e pede para falar com Pedro, anunciando a todos que vai ter de se mudar para Lisboa por imposição da revista. Emocionada, abraça o filho e promete ir sempre buscá-lo aos fins-de-semana. Duarte acaba por permitir que ela faça no dia seguinte um programa de despedida com o filho. Depois de Beatriz ir embora, Duarte suspira e mostra-se esperançado a Joana de que agora possam viver em paz.

Jonas conta à família que já tem tudo organizado para viajar para Moçambique. Teresa anuncia com grande sentido de humor que está grávida, deixando o marido incrédulo. Rita fica radiante, mas Thomas mostra-se menos efusivo. Teresa explica a Jonas que não o avisou antes porque não queria que ele desistisse de ir trabalhar para fora.

Henrique e Miguel chegam ao cais, vestidos com smoking e entusiasmados com a festa num dos iates de luxo que estão atracados. Henrique detecta Andreia a falar com um potencial cliente e lembra ao amigo que foi ela quem lhe apareceu com Catarina no quarto do hotel onde se tinham encontrado e confessa que lhe apetece mudar para uma morena. Miguel ri com gosto e avança com Henrique pelo cais.

Assunção provoca Sofia e diz que o marido dela é que precisava de uma pulseira electrónica. Sofia insiste que ele está a trabalhar, enquanto desafia depois Inês a lançar-se na moda com a sua própria marca e dispondo-se a tratar de tudo assim que for ilibada de ter atropelado Catarina.

Maria insiste em vender o quiosque no Mercado do Bom Sucesso, prometendo a Luís que lhe vai continuar a fazer as francesinhas, mas em casa e sem revelar o segredo do molho. Ele responde a brincar que ela não sabe que fala durante o sono e que inclusive disse a noite passada que o ama e que está muito feliz. Maria afirma com grande cumplicidade que isso disse, mas muito bem acordada.

Pela manhã, a polícia retira da margem do Douro o corpo de uma mulher, revelando tratar-se de Andreia.

Sofia planeia viajar assim que reconquistar a sua liberdade e Henrique apoia a mulher, dizendo-lhe para ela escolher o destino que ele marcará imediatamente a viagem. Inês pergunta se ainda não há novidades do Ministério Público e a mãe revela que o advogado pressionou para que lhe fosse alterada a medida de coação. Assunção acha que foi uma sorte ter aparecido uma testemunha que a pode salvar. Inês fica de boca aberta ao ver nas notícias que uma antiga colega de faculdade foi encontrada morta no Douro. Henrique fica em choque ao ver que se trata de Andreia e sai de casa apressado.

Beatriz prepara-se para passar o Domingo com Pedro mas é obrigada por Laura a fazer a reportagem sobre a morte de Andreia, já que ainda está no Porto.

Henrique vai a casa de Miguel para lhe contar que Andreia foi encontrada morta. O juiz mostra-se surpreendido mas assegura que eles não poderão ser associados à festa, pois ninguém utiliza o nome nem existem fotografias que os possam comprometer. Miguel acrescenta que se alguém perguntar dirá que estiveram a jantar ali em casa.

Catarina cruza-se com Fernanda e Leandro no posto de combustível e recebe um tratamento frio de ambos, mesmo depois de contar que vai para os Estados Unidos no dia seguinte.

Rúben entrega a Vítor a sua parte do dinheiro que ganharam a vender as sapatilhas contrafeitas e o pai pensa logo em ir esbanjá-lo na marisqueira. Rúben ralha com ele e obriga-o a ir pagar o que deve a Anacleto. Vítor resmunga e jura que o próximo dinheiro que receber vai ser todo gasto em marisco.

Joana almoça em família e estranha que o pai não lhe tenha devolvido a chamada que lhe fez. Filipe troca um ar cúmplice e com Sara, ambos comprometidos. Margarida assume que está desejosa de voltar ao activo e desvaloriza a promoção que pode vir a ganhar, temendo ter de deixar de voar. Vasco relembra que se isso acontecer terá de ir para Lisboa e promete acompanhá-la. Mais afastado da conversa está Duarte que faz ver a Pedro que não é o momento para irem ao cinema, pois estão num almoço de família. Pedro fica descontente e manda uma mensagem a Patrícia a dizer que o pai não o deixa sair.

Patrícia fica descontente com o facto de Pedro não poder sair com ela e acaba por amuar com Isabel porque mãe continua a proibi-la de ver o rapaz.

Beatriz conta a Laura que Andreia foi assassinada por estrangulamento e que para além de ser licenciada em Direito, era igualmente acompanhante de luxo. A directora da revista manda-a avançar com a reportagem, sem sequer lhe elogiar o esforço.

Entretanto, Laura é confrontada com a visita de Alice que lhe pede dinheiro para sair com os amigos. A mãe faz-lhe ver que ao Domingo deveriam estar juntas, mas a filha volta a rebelar-se e nem sequer aceita o dinheiro que ela lhe dá. Alice sai do gabinete em passo acelerado e de nada serve a Laura pedir-lhe para parar. Nesse momento, Benedita chega com Zé à redacção e apanha a chefe de mau humor. De tal forma que nem cumprimenta o rapaz. Zé comenta com Benedita que não gosta de Laura e a mãe concorda que ele tem mesmo queda para avaliar as pessoas.

João combina encontra-se com Catarina e confronta-a com o que pode ter dito a Inês para a fazer desistir do casamento. Catarina faz-se de desentendida e assegura que nada fez. Ele interroga-se porque é que ela faz tudo para os separar, quando sabe que ele nunca quererá seja o que for com ela. Catarina reage com indignação e afirma que quem não quer nada com João é ela, pois já percebeu a falta de ambição que ele tem. O rapaz irrita-se e vai embora.

Sofia fica livre da pulseira electrónica depois do inspector da Polícia Judiciária e do funcionário dos serviços sociais comunicarem que o juiz decretou que irá aguardar julgamento em liberdade, embora Henrique reforce que a acusação que impende sobre a mulher vai ser retirada. Para espanto de Sofia, o advogado revela que a testemunha que a ilibou é Catarina. Quando confrontada pela mãe, Inês mente e assegura que não desistiu do casamento por causa dela e muito menos devido a qualquer pressão de Catarina. Sofia continua desconfiada.

Miguel vai jantar ao Sirga com Beatriz e encontra João numa reunião de trabalho. O juiz aproxima-se do filho e tenta tudo para que se entendam e terminem o corte de relações. João lembra-lhe que foi ele quem o expulsou de casa, voltando a responsabilizá-lo pelo suicídio da mãe. Miguel pede desculpa por tê-lo mandado embora reconhecendo que errou, mas afirma que a mãe de matou por estar com uma depressão e que ninguém teve culpa. João não aceita os argumentos nem a simpatia do pai e volta à mesa onde está a trabalhar.

Miguel vai a casa de Beatriz e estranha que ela esteja a trabalhar a um Domingo. A jornalista conta que está muito ocupada a escrever o artigo sobre a rapariga que foi encontrada morta no Douro, uma acompanhante de luxo que só tinha clientes de topo. Miguel finge que não sabe do que se trata, mas fica enervado com a conversa.

Catarina aparece de surpresa em casa de Henrique e força Sofia a agradecer-lhe por a ter salvo da cadeia, ao mesmo tempo que afirma que só quer poder fazer parte da família. Sofia ameaça Catarina garantindo que se ela teve alguma coisa a ver com o facto de Inês ter desistido do casamento não vai ter a mesma sorte que teve quando foi atropelada. Henrique tenta acalmar a mulher e Catarina resolve ir embora.

Luís admite que gosta muito de estar na Quinta e das vistas que ela proporciona. Maria interroga-se se merecerá o que António lhe ofereceu, sentindo-se culpada pelo que aconteceu ao patrão.

nas redes

pesquisar