SIC

Perfil

37º Episódio - 19 de outubro (segunda-feira)

Francisca tem um ataque de pânico no mercado do Bom Sucesso e Miguel expulsa João de casa

Francisca tem um ataque de pânico no Mercado do Bom Sucesso, depois de falar ao telefone com Sara a marcar uma sessão de terapia. Quando quer pagar a conta, Francisca não encontra a carteira e fica tão ansiosa que Isabel tem de chamar a emergência médica.

Miguel visita Henrique na clínica e conta que conhece o juiz que está com o processo do homem que lhe deu o tiro. Henrique pede-lhe que interceda para que César seja condenado à pena máxima. Entretanto, Miguel revela que Francisca lhe pediu o divórcio e saiu de casa, confessando-se surpreendido com a situação. Nesse momento recebe uma chamada, alertando-o para um problema que envolve a mulher.

Duarte, Teresa e Benedita concordam em que Henrique deixe de os representar na administração da clínica e em esconder de Maria os crimes que ele cometeu, pois não querem ver o irmão na cadeia.

Sara, dá consulta a Beatriz mas quando percebe que ela é a mulher de Duarte, confessa-lhe que têm de ficar por ali porque é a mãe de Joana, precisamente a mulher com quem ela entrou em conflito por causa do marido. Beatriz fica num misto de revolta e impotência a reconhecer que a cidade e o País são pequenos demais.

Miguel regressa a casa com Francisca depois de a ter ido buscar e diz que ela só o faz passar vergonhas. A mulher desculpa-se pelo incidente que criou e afirma que só queria que ele lhe desse valor. O marido responde com o desdém habitual que para isso era necessário que ela tivesse algum e que se quer o divórcio, está disposto a dá-lo. Francisca, muito fragilizada tenta a reconciliação e propõe que jantem juntos para conversar. Miguel percebe que a tem na mão e aceita, dizendo que a sua sorte é que ele gosta dela. A frase é acompanhada por uma festa que lhe faz na mão.

Isabel conta a Maria o ataque de pânico que Francisca teve ali no mercado. Depois, pede-lhe um adiantamento de ordenado, pois a despesas são cada vez maiores e tem de pagar o internamento de Patrícia na clínica. Maria, sempre generosa, diz-lhe que não se preocupe que lhe vai fazer a transferência bancária e quando ela vai embora, telefona para a clínica a avisar que a conta do internamento da miúda fica por sua conta.

Catarina é interpelada na clínica pela inspectora Paula e outro agente da Polícia Judiciária. Fica radiante mas esconde o que sente, quando fica a saber que Gustavo fugiu e que ninguém sabe do seu paradeiro e que o julgamento por tráfico de droga deve ficar suspenso.

Ruben faz uma festa e felicita Leandro quando o irmão lhe dá a entender que já conquistou Catarina, ignorando que ela só o está a manipular, aproveitando-se da sua ingenuidade.

Luís visita Maria no mercado, mas fica um pouco atrapalhado quando ela lhe oferece um copo de vinho. A pretexto de ir trabalhar, consegue livrar-se daquela situação desconfortável, depois de um passado de problemas com a bebida. Entretanto, Luís conta que as contas do Sirga estão finalmente equilibradas e que conseguiram poupar nas despesas sem perder qualidade. Ela aprecia os elogios e sobretudo pela frontalidade do sócio.

Duarte vai furioso a casa de Beatriz, criticando-a por ela ter faltado à audiência do divórcio, assegurando que o facto de ela não querer a separação, não lhe vai bastar para o perder.

Sara tenta não ser a psicóloga quando conversa com Joana, tentando saber como é que ela está depois de ter passado por um sequestro e de estar cada vez mais próxima de Duarte, A este respeito, conta à filha que estava a dar consulta à mulher de Duarte e que, quando percebeu acabou com a sessão, Joana fica impressionada com tudo o que Beatriz anda a fazer e diz que ela está louca.

Inês visita o pai na Clínica Invicta e ralha-lhe bem como a Sofia por não lhe terem dito nada sobre o incidente na clínica. A mãe justifica que não valia a pena estragar-lhe a viagem romântica com o namorado. Henrique procura saber como é que João está a reagir ao facto de a mãe ter pedido o divórcio e fica a saber que ele vai apoiar a mãe.

Miguel discute com João e expulsa o filho de casa, depois de ele condenar sua reconciliação com a mãe. Francisca, sempre temerária perante o marido, espanta o filho mais novo quando não o defende e permite que o pai o ponha na rua.

Na clínica, Catarina aproveita o facto de Inês ficar por momentos sem a companhia da mãe para a ir provocar, criticando-a por não estar ao pé do pai quando ele foi operado. Inês responde à altura e dispara que ela não é ninguém para lhe dar lições de moral. Sofia regressa depois de ter atendido uma chamada e faz com que Catarina se afaste. Entretanto, conta à filha que a queixa contra desconhecidos por causa do roubo dos vestidos do desfile foi arquivada, nada que não esperassem.

Fred fala ao telefone com Jéssica e confidencia que tenciona ir ao Porto para apoiar a mãe, que está em processo de divórcio do pai. A namorada fica um pouco nervosa, antevendo a possibilidade de ter de gerir a presença dos dois namorados na mesma cidade. Entretanto, é forçada a desligar o telefone quando Victor aparece equipado para ir para o treino de futebol. A filha incentiva-o a deixar de jogar mas ele insiste que a equipa precisa de si.

Sandra mostra o vídeo que publicou na internet, convencida de que se trata de um êxito garantido. Jorge prepara-se para ir para casa mas Sandra interpela-o, perguntando onde é que vai soltar o mambo naquela noite. Confuso com a pergunta, o encarregado diz com simplicidade que vai jantar a casa mas ela não acredita e comenta com Fernanda que já tem a morada do bar onde ele vai estar.

Duarte e Joana dão um breve passeio pela vinha e ele oferece-lhe um copo de vinho na sala de provas. Ele pergunta-lhe se é mesmo definitiva a saída da clínica e a investigadora assume que não é possível continuar a trabalhar com Henrique. Entretanto, combinam jantar em casa dela e Duarte faz questão de ser o cozinheiro.

Catarina continua a enganar a psicóloga, dando a imagem de uma rapariga sem traumas. Garante que nunca se sentiu afectada por não ter pai e diz que pretende seguir o exemplo que a mãe lhe transmitiu como mulher. Entretanto, confessa que quer ser mãe, mas recusa falar dos seus relacionamentos, fazendo com que Sara fique intrigada e registe a sua reacção ao tema.

Patrícia insiste com Isabel para que a tire da clínica e leve para casa. A mãe fica triste e sai do quarto para ir pagar a mensalidade correspondente ao internamento. Acaba por ser surpreendida por Célia quando a recepcionista lhe diz que está tudo pago.

Maria vai buscar Catarina para irem para o restaurante e a filha tenta transmitir a ideia que depois de mais uma sessão com a psicóloga se sente bastante melhor e com a noção de que tomou atitudes erradas. Maria não acredita no seu arrependimento e deixa claro que enquanto não sentir isso, tudo ficará na mesma.

Sandra produz-se em grande estilo para ir ao bar onde acha que Jorge vai actuar, continuando a pensar que ele é travesti. Fernanda concorda que ela está uma “bomba” e pede-lhe que lhe conte tudo quando voltar.

Contra todas as expectativas a equipa se futebol do Cedofeita ganha o seu primeiro jogo sem precisar de Victor para nada mas ele colhe os louros daquela conquista.

Inês nem acredita que Miguel expulsou João de casa, quando o namorado explica porque é que discutiram.

Já Miguel confessa a Francisca que lhe custa ter expulsado o filho de casa e não tem compaixão, dizendo que os filhos saem a ela. Nesse instante, o pedido de Francisca para que ele deixe o filho voltar é interrompido com a notícia de que o advogado da família de Henrique está em maus lençóis.

Inácio faz uma visita a Henrique e atreve-se a avançar que se tivessem abandonado o ensaio clínico do novo medicamento, não teriam de passar por toda a tragédia que a morte da paciente provocou. Ao invés de querer emendar os erros cometidos, Henrique decreta que têm de retomar o estudo o mais rápido possível, deixando Inácio bastante assustado quando lhe diz que quem não quiser continuar no grupo de investigadores deve dizer imediatamente.

Inês nem acredita que Miguel expulsou João de casa, quando o namorado explica porque é que discutiram.

Já Miguel confessa a Francisca que lhe custa ter expulsado o filho de casa e não tem compaixão, dizendo que os filhos saem a ela. Nesse instante, o pedido de Francisca para que ele deixe o filho voltar é interrompido com a notícia de que o advogado da família de Henrique está em maus lençóis.

Inácio faz uma visita a Henrique e atreve-se a avançar que se tivessem abandonado o ensaio clínico do novo medicamento, não teriam de passar por toda a tragédia que a morte da paciente provocou. Ao invés de querer emendar os erros cometidos, Henrique decreta que têm de retomar o estudo o mais rápido possível, deixando Inácio bastante assustado quando lhe diz que quem não quiser continuar no grupo de investigadores deve dizer imediatamente.

Enquanto toma vinho com Joana, talvez porque goza da tranquilidade de que precisa, Duarte revela que Beatriz faltou à audiência do divórcio mas também garante que não irá desistir de ser feliz outra vez. Joana mostra-se muito cúmplice e acaba por aceitar o beijo que ele arrisca dar-lhe.

Margarida chega mais tarde do que estava previsto e não evita a frieza com que Vasco a recebe. Apesar de tudo, ganha coragem e conta que já está definida a data da partida para o Mali. Ele tenta disfarçar o desagrado, mas acaba por se conformar.

Leandro convida Catarina para irem tomar um copo depois de saírem do restaurante mas ela desculpa-se e diz que tem uma série de documentos para ler, remetendo o espectáculo para outro dia.

Vítor fica indignado quando Fernanda o acusa de ser um calão e com o facto de o filho reclamar que pague a prestação do empréstimo que ele pediu em seu nome.

nas redes

pesquisar