SIC

Perfil

19º Episódio - 28 de setembro (segunda-feira)

Maria pede auditoria externa às contas da clínica e Henrique treme

Victor Freitas\302\251

Miguel encontra-se com Benedita e, num tom cordial, acaba por lhe deixar uma ameaça velada de que a notícia que publicaram sobre o juiz Alves de Mello pode originar-lhe problemas, não só a ela como à própria revista. Benedita pergunta se ele a está a ameaçar mas Miguel assegura que apenas está a tentar evitar que sofram um processo por difamação. Benedita afirma que as suas fontes são credíveis e que vão prosseguir a investigação do caso. No entanto, demonstra algum nervosismo.

João tenta mais uma vez convencer Catarina a abortar mas ela reafirma que vai levar a gravidez até ao fim e que ele vai dar-lhe pelo menos o nome.

Fernanda lamenta que Catarina não goste do seu Leandro e Maria concorda com ela, embora ressalve que no coração a cabeça não manda. Fernanda afirma que Catarina sempre quis ter uma vida ao lado de um rapaz rico e de boas famílias e que é deslumbrada com isso. Maria contraria aquela ideia mas Fernanda acrescenta que isso é normal porque s mães não conseguem ter uma opinião imparcial sobre os filhos.

Filipe fica espantado ao saber que Bruno adiou o pedido de casamento a Jéssica. Ele explica que quando o ia fazer percebeu que não era o momento e comunica ao patrão que pode organizar a tripulação do novo barco a contar com ele.

Jéssica consegue convencer Fred a aceitar que ela vá para casa das amigas quando João chegar, justificando que ele vai precisar de passar alguns dias a sós com o irmão mais velho.

Henrique comunica a Jonas que vai ter de ser operado e que a sua carreira na dança acabou. O bailarino fica destroçado.

João faz mais uma tentativa para que Inês o perdoe. Apesar de estar a sofrer, Inês argumenta que de cada vez que olhar para a barriga de Catarina a crescer, verá a traição que ele cometeu. De seguida manda-o embora e assim que ele sai, desaba num choro convulsivo.

Catarina continua a incentivar Maria a gastar o dinheiro da herança, ignorando a prudência da mãe, convencida de que ainda têm muito dinheiro a receber dos outros negócios que a família de António gere. Duarte passa por elas e pergunta a Maria se não vai à reunião da administração da clínica, onde vão dividir os lucros. Ela diz que não foi convocada mas Catarina incentiva-a a ir despachar-se para estar presente.

Miguel regressa a casa de mau humor e sem paciência para ouvir Francisca relatar a sua primeira aula de pintura, esclarecendo com irritação que o escândalo que acaba de ser noticiado pode condicionar a sua promoção ao Supremo. João entra logo a seguir e o pai exige-lhe explicações por ter engravidado uma amiga de Inês. Francisca fica em choque ao receber a notícia e censura o filho, afirmando que Inês não merecia o que ele fez. Miguel deixa bem claro que a criança não pode nascer, que nunca terá o seu nome e ordena ao filho que resolva o problema com dinheiro ou ameaças. João fica em grande tensão.

Quando Maria chega à reunião da administração da clínica, Henrique começa logo a hostilizá-la, demonstrando que ela não tem capacidades para perceber o trabalho que ali se desenvolve. Maria não se exalta e comunica que por não confiar nele, vai pedir uma auditoria externa às contas e ameaça destituí-lo do seu lugar se descobrir alguma irregularidade. Henrique fica atónito com o ataque que acaba de sofrer.

Catarina pede com arrogância a Olga que lhe leve uma taça com uvas à piscina. Apesar de se sentir maltratada, a empregada limita-se a cumprir a ordem. Entretanto, Leandro aparece na quinta e Catarina fica desagradada por se ver forçada a suportá-lo, embora disfarce o incómodo. Leandro não percebe e faz-se convidado para dar uns mergulhos e fazer-lhe companhia.

Henrique discute com Maria e trata-a de forma depreciativa, depois de ela manifestar a vontade de pedir uma auditoria externa às contas da clínica. Maria explica que não pretende hostilizar ninguém e apenas como as coisas funcionam, mas acrescenta que perante tanta resistência, começa a pensar que algo não está bem. Teresa e Duarte não se opõem e só Benedita refere que Maria está a ter uma postura agressiva, embora também não tenha nada contra a auditoria. Henrique ainda tenta provocar Maria mas ela não lhe dá troco, proferindo apenas algumas palavras de agradecimento a António por ter decidido fazê-la feliz ao incluí-la no seu testamento.

Rúben começa a fazer abdominais na loja mas quando Adriana aparece finge que está a ver o pó do chão. Ela percebe e não se deixa enganar. Depois convida-o para um café, que ele tem de recusar por estar à espera de um fornecedor. Adriana pede então a Rúben que lhe fale mais em pormenor de Maria, para perceber quem é a mulher que quer associar-se ao pai no restaurante. Rúben dá as melhores referências de Maria, mas acaba por ficar desiludido com Adriana que desmarca a saída que tinha combinado com ele, para estar com um amigo alemão que vem passar uns dias a Portugal. Despeitado, Rúben telefona a uma amiga com quem não está há algum tempo.

Catarina conversa com Leandro, contrariada por tê-lo como companhia à beira da piscina. Ele fala dos seus objectivos de vida, feliz por estar a acabar o curso profissional para trabalhar na restauração. Ela ironiza por achar que o rapaz tem pouca ambição, mas oferece-se para meter uma cunha à mãe para ele ir trabalhar para o Sirga, revelando que Maria se vai tornar sócia do restaurante. Depois, Catarina farta-se da conversa e diz que vai trocar de roupa, fazendo-lhe uma festa na cara, que deixa Leandro embevecido.

Quando Maria chega a casa, conta que Henrique lhe deu luta na reunião da administração da clínica, mas que no final não teve outro remédio senão aceitar a auditoria que ele exigiu. Catarina despreocupa a mãe e assume que estará sempre a seu lado para a ajudar.

Adriana conta a Luís as informações que obteve sobre Maria junto de Rúben, mas o pai fica com dúvidas sobre se deve ir com a sociedade em frente. Entretanto, propõe-se confeccionar um jantar inesquecível para a filha e o amigo alemão. Ela esclarece que se trata apenas de um amigo e não de um namorado.

Benedita acaba de jantar com William e desabafa as suas preocupações sobre as represálias que pode vir a sofrer, bem como a revista, por causa da reportagem que publicaram sobre os inexplicáveis rendimentos de um juiz. O marido é de opinião que não deverão ter problemas, desde que o que escreveram corresponda à verdade.

Beatriz pede desculpa a Pedro por chegar mais tarde a casa mas o filho responde para a serenar que nessa noite é ele que trata do jantar. Beatriz arrepende-se depois de dizer que está a sentir-se muito pressionada pelo trabalho, pelo pai que insiste no divórcio e reconhece que não o deve preocupar com estas suas coisas.

Henrique faz com os irmãos o rescaldo da reunião na clínica e sente-se atacado por Duarte, que não vê qualquer problema na auditoria às contas que Maria requereu. Henrique sente a sua gestão colocada em causa e dispara que também não se mete no negócio dos vinhos. Duarte argumenta que até gostava que as vindimas na quinta se transformassem numa festa de família, ideia que Henrique repudia. Benedita pergunta por Jonas a Teresa e a irmã revela que ele está a viver um momento complicado com a perspectiva de ter de deixar de dançar.

Jonas está desanimado e duvida que alguma vez consiga voltar a dançar. Rita apoia o pai e arrisca que os médicos até podem estar enganados. Já Thomas não tem papas na língua e acha que o padrasto deve começar a pensar em mudar de actividade, de preferência para uma em que ganhe dinheiro. Jonas fica melindrado, embora não queira transparecer. Rita reprova a atitude do irmão.

Sofia avisa Henrique que se a auditoria na clínica avançar ele vai ter problemas, pois há muitas contas que podem ser questionadas. Henrique conta com a cobertura do director financeiro que também tem lucrado com a sua gestão.

Catarina acorda estremunhada e Maria estranha que ela esteja a dormir tanto, quase falhando o jantar. A filha justifica que anda mais cansada por causa dos exames mas quando Maria conta que conseguiu o lugar no Mercado do Bom Sucesso, entusiasma-se para ajudar a tratar do processo. Entretanto, ao saber o que é o jantar, confessa que até ficou enjoada e Maria diz que vai preparar outra coisa, sem desconfiar do estado da filha.

Inês confessa a Sofia, com grande mágoa ao pequeno-almoço que não é capaz de perdoar a João por ele ter engravidado Catarina. A mãe é de opinião que o grande objectivo de Catarina é o de conseguir tudo o que ela tem, aproveitando-se do facto de ela achar que as pessoas são sempre boas. Sofia sugere a Inês que se afaste de João e conheça outras pessoas, aproveitando o fim do curso, dispondo-se ainda a pagar-lhe uma viagem. Inês assume que quer ficar sozinha.

Francisca diz a João que ainda não acredita que vai ser avó, mas o filho responde imediatamente que isso não vai acontecer. Miguel vem a falar ao telemóvel a apoiar uma decisão de um amigo e, quando desliga, volta a pressionar João para convencer Catarina a abortar, recusando que a criança tenha o seu nome, dispondo-se ele próprio a ir falar com ela. Francisca pede ao marido que deixe o filho resolver o problema sozinho, tentando evitar que eles discutam. Miguel manda-a calar, se não quer ter a cozinheira e a filha sentadas à mesa e exige que o deixe resolver o assunto, como faz sempre.

Durante o momento de tensão que João vive em casa dos pais, Catarina faz uma ecografia e a médica confirma-lhe que o bebé está de perfeita saúde. Ela comenta com cinismo que o namorado vai ficar muito feliz.

Henrique decide avançar como os ensaios clínicos em pacientes, apesar de saber que os efeitos secundários poderão ser nefastos para os doentes. Inácio ainda tenta chamar o médico à razão, mas Henrique prefere não arriscar o financiamento que estão a receber. Depois de deixar Inácio, Henrique cruza-se com Joana e vi com ela até ao gabinete, comunicando-lhe que a sua investigação foi aprovada, que pode constituir a sua equipa e avançar para conseguir financiamento. Ela pretendia incluir Inácio como seu colaborador, mas Henrique recusa-se a ficar sem outro investigador experiente.

Benedita revela a Beatriz que a reportagem que ela fez sobre os rendimentos inexplicáveis do juiz, atingiu o pico de vendas nos últimos 5 anos. No entanto, também dá a má notícia de que o magistrado as processou por difamação e que vão estar por conta própria, já que a administração da revista não quer meter-se no assunto, com medo de sofrer retaliações dos poderosos que foram colocados em xeque. Beatriz está convencida de que nada lhes acontecerá até porque têm o direito de manter o anonimato das fontes. Esta convicção cai por terra porque, nesse preciso momento, a revista é invadida pela polícia que leva consigo todos os computadores da revista, pesar dos protestos das jornalistas.

Nesse momento, Miguel desculpa-se a Henrique por causa do ataque a Benedita, justificando que não havia outra forma de reagirem às denúncias que a revista fez sobre o seu colega juiz. Henrique assegura que não se quer meter nesse assunto, nem no outro que envolve a gravidez de Catarina e que provocou a ruptura entre Inês e João, convicto de que o que ela quer é estatuto e um nome.

Catarina volta a ir o encontro de Inês para se reaproximar dela, jurando que não premeditou envolver-se com João. Inês volta a virar-lhe as costas, deixando-a a falar sozinha.

Francisca pede boleia a João para o seu curso de pintura. O filho apressa-a, dizendo que tem de ir resolver um assunto urgente à faculdade e acrescenta que ela devia retomar o hábito de conduzir. A mãe acha que já não é capaz.

Beatriz pressiona Benedita para continuarem a investigação sobre os rendimentos do juiz mas a cunhada afirma que tem de reunir com a administração para saber até onde ela está disposta a ir.

Pedro e Duarte pescam no ancoradouro e o miúdo fica envergonhado quando o pai percebe que ele gosta de Patrícia de uma forma especial.

João espera que Catarina saia da faculdade para a convidar a entrar no carro e censura-a por lhe ter envido a ecografia do bebé. Ela afirma com veemência que não vai desistir da gravidez e avisa-o de que quando o filho nascer vai envenená-lo tanto contra ele até que a criança o odeie. Sem se deter nas ameaças, Catarina assegura que está disposta a levar as coisas a bem, mas acrescenta que se ele quiser complicar, também sabe jogar esse jogo. João fica desesperado depois de ela sair do carro e dá um murro no volante.

Teresa prepara-se para sair de casa e encontra Jonas, desanimado, a ler um artigo sobre um bailarino que contraiu uma lesão parecida com a sua. A mulher lembra-lhe que combinaram tentar todos os tratamentos para tentar recuperá-lo mas Jonas está muito descrente. Para o animar, Teresa incentiva-o para irem assistir ao espectáculo que estreia nessa noite e em que ele ficou impossibilitado de participar.

Maria formaliza a sociedade com Luís e deixa-o perplexo quando diz que depois têm de falar sobre a ementa. Entretanto, recebe uma chamada de João e vai encontrar-se com ele. João, desesperado por não conseguir convencer Catarina a abortar, tenta saber qual é a opinião de Maria sobre a gravidez. Maria é apanhada de surpresa e fica em choque por saber naquele momento que a filha está grávida.

Maria indigna-se com João por ele engravidar Catarina e agora não querer assumir as suas responsabilidades, deixando-se levar pelas semelhanças que a situação da filha tem com a que viveu com Henrique quando engravidou dele.

Entretanto, Inês conversa com Sofia e confessa à mãe que deseja ocupar a cabeça com o seu futuro e esquecer João e a traição com Catarina.

Quando chega a casa, Maria dá um raspanete a Catarina, indignada por ela lhe ter escondido a gravidez. Manipuladora, a filha finge-se arrependida e justifica-se por não ter tido coragem de assumir o seu erro. Paulatinamente, percebe que a mãe sente pena dela e faz com que ela acredite que o mau da fita foi João e não ela. Maria diz que sabe muito bem o que é ser mãe solteira e assegura que está ali para a ajudar a criar o bebé e apoiar a sua vontade de levar a gravidez até ao fim.

Jéssica conta a Fred que recebeu um convite para posar para uma revista, por ter ganho com as colegas da companhia a eleição das hospedeiras mais giras. Ele assegura que não fica com ciumes e antes de a beijar faz notar que se os outros homens a vêm numa revista, ele tem-na ao pé de si.

A muitos quilómetros de distância, Bruno fala de Jéssica a Rúben e diz que ela está sempre atenta ao que come para não engordar. O amigo aconselha-o a casar rapidamente com a irmã enquanto ainda está minimamente em forma mas Bruno afirma que ela quer estabilizar a carreira primeiro. Rúben tem outra opinião e não acredita que a irmã queira deixar de voar para constituir família.

Filipe ajuda Sara a resolver um problema doméstico e ela acompanha-o depois ao ancoradouro. O ex-marido confidencia que espera, ansioso, pelo novo barco, para começar a equilibrar as contas da empresa de cruzeiros. Ela dispõe-se a ajudá-lo mas Filipe atalha logo a conversa e garante que não está desesperado por dinheiro. Ambos viram a conversa para o bom trabalho que fizeram com os filhos e por se darem tão bem, mesmo separados.

Isabel fotografa Pipoca para levar as fotos do cão a Patrícia, que está em tratamento na clínica. Antes de ir embora, agradece a Vasco por estar a tomar conta do animal e o veterinário ao perguntar se a miúda está melhor, fica também a saber que ela está internada na clínica onde a irmã trabalha, assegurando-lhe que os tratamentos que lá se fazem, são do melhor que há.

Pedro leva mais filmes para ver com Patrícia e ela mostra-lhe um livro que está a ler, ambicionando ter um dia uma das ilustrações autografadas pelo autor. Pedro fica a pensar no assunto.

Maria vai a casa dos pais de João para falar da gravidez de Catarina. Miguel, depois de mandar calar Francisca, visivelmente perturbada com o assunto, surpreende Maria ao garantir que o filho vai assumir as suas responsabilidades.

Vasco janta com Margarida e fica muito contrariado quando ela diz sem rodeios que não está disposta a abdicar da carreira na Força Aérea para ter filhos e que se ele faz disso um cavalo de batalha, é melhor não estarem juntos.

Joana janta em sua casa com Inácio e quando Duarte liga a convidá-la para se encontrarem, diz que não pode porque está a jantar com um amigo.

Jonas assiste com Teresa ao espectáculo que ensaiou e emociona-se por não poder estar no palco, interrogando-se como será a sua vida se nunca mais puder dançar. Teresa aperta-lhe a mão para o confortar.

Fernanda fica espantada quando Maria lhe telefona a contar que a filha está grávida e começa a pensar, muito preocupada, na reacção de Leandro quando souber.

Maria leva um chá que preparou para Catarina e comove-se quando ela lhe revela que se o bebé que espera for rapariga lhe chamará Maria.

Miguel humilha Francisca quando ela pergunta como é que vão resolver o problema que a gravidez de Catarina lhes criou. O marido dispara com arrogância que ela nunca resolveu qualquer problema e que quem faz sempre isso é ele. Francisca fica de novo a sentir-se a inútil que o marido diz que ela é.

Maria faz uma visita guiada por Luís ao restaurante e acaba por tranquilizá-lo ao garantir que pelo facto de se querer inteirar de como as coisas na cozinha, não lhe vai roubar o seu lugar nem ficar atrás dos tachos e das panelas.

Henrique recebe os auditores que vão fiscalizar as contas da clínica, mas não lhes dá qualquer apoio, remetendo-os para o departamento financeiro, argumentando que é médico e que de contas nada percebe.

Entretanto, Joana e Inácio vão tomar um café durante uma pausa na clínica e ela confessa que apesar de já ter aceitado a morte de Manuel e que tem de aprender a viver com a sua ausência.

Margarida vai ao consultório de Vasco levar o almoço de que ele se esqueceu em casa e é recebida com frieza e indiferença. Antes de sair pede-lhe um beijo e ele acede, mas contrariado. Margarida vai-se embora a murmurar que assim a relação não vai resultar.

Rúben aconselha uma t-shirt espampanante a Leandro, para o ajudar a conquistar Catarina. O irmão resiste mas quando ele o deixa sozinho para correr atrás de Adriana, fica a olhar para a camisola, achando que afinal não é assim tão desajustada.

nas redes

pesquisar