SIC

Perfil

18º Episódio - 26 de setembro (sábado)

Beatriz segue Duarte e faz uma cena de ciúme à frente da agente imobiliária

Adriana surpreende Rúben a fazer flexões e saúda o facto de já estar curado das tendinites. Ele mente e responde que por estar viciado no exercício é que aguenta as dores. Muda de assunto e convida-a para um café mas desde que não seja no restaurante do pai dela, que é muito caro. Adriana avisa-o para não se esquecer da aula e ele tenta escapar, mas sem sucesso.

Farta de estar sem fazer nada e depois de Rúben contar que o pai de uma amiga está a passar por algumas dificuldades por não saber gerir o restaurante, Maria fica interessada em aprofundar o assunto e diz que vai ligar a Catarina para irem lá jantar. Fernanda apoia a ideia da amiga, lembrando que ela agora pode investir.

Pedro tranquiliza Duarte e garante ao pai que não está nada perturbado com o facto de ele e a mãe se estarem a separar.

Beatriz, ao contrário de Duarte, reage mal à separação e queixa-se dele a Benedita. Esta não a apoia e lembra-lhe que o irmão sempre foi bom pai, avisando igualmente que tem de estar mais presente na revista, pois os colegas já começam a notar que ela está pouco presente e não pode continuar a protegê-la daquela maneira. Beatriz concorda e combina passar pela redacção no dia seguinte.

João aconselha-se com o irmão sobre o que fazer em relação à gravidez de Catarina e adianta que ela se recusa a abortar. Fred recomenda-lhe que resolva o assunto da melhor forma que puder e que só depois tente reconquistar Inês. Depois de desligar, João vê Francisca que lhe pergunta se estava a falar com o irmão. João responde afirmativamente e estranha ver a mãe ainda de pijama. Ela confessa que os comprimidos que toma lhe retiram a vontade de fazer seja o que for. João fica preocupado e com pena dela.

Inês conta à mãe o que se está a passar entre ela e João, revelando-se incapaz de lhe perdoar a traição e muito menos que esteja para ser pai de um filho de Catarina. Sofia aconselha-a a não se precipitar.

Duarte vai levar Pedro à clínica e apresenta o filho a Joana quando a encontra na recepção, dizendo que o miúdo está ali a fazer voluntariado. Pedro vai embora e Duarte e Joana detêm-se um pouco à conversa, com uma cumplicidade maior.

Pedro ajuda Patrícia depois de ela fazer fisioterapia e conta que os pais nunca discutiam quando estavam juntos e que passaram a fazê-lo com frequência, agora que estão separados. O miúdo queixa-se de que a mãe está sempre a dizer mal do pai.

Quando Duarte deixa a clínica, Beatriz segue-o no seu automóvel.

Entretanto, Hélder queixa-se a Benedita de que não consegue falar com Beatriz para lhe enviar as fotos que ela lhe pediu. A directora desvaloriza e responde que ela combinou passar pela revista.

Duarte visita uma casa para arrendar e Beatriz vai fazer uma cena de ciumes à agente imobiliária que lhe está a mostrar o apartamento. Duarte pede desculpa pelo comportamento da mulher e arrasta-a dali. A sós com Beatriz, reafirma-lhe que já nada sente por ela e que quer o divórcio. Ela insiste saber quem é a mulher com que ele anda e acusa-o de não se preocupar com o que está a fazer ao filho. Duarte responde que é justamente por se preocupar que vai pedir a guarda partilhada de Pedro mas Beatriz repete que se ele saiu de casa e quer ficar sozinho, o filho fica com ela.

Miguel janta com Henrique no restaurante do pai de Adriana e conta ao amigo pormenores de mais uma festa sexual que está a ser organizada. Henrique diz que vai ter de se manter afastado durante uns tempos porque Sofia acha que ele não anda a ser discreto. Entretanto, Miguel revela que Luís está a passar por dificuldades ali no restaurante e propõe formarem uma sociedade para investirem ali. Entretanto, Henrique fica furioso ao ver Maria e Catarina entrarem no restaurante, perguntando-se o que é que elas estão ali a fazer. Elas também o vêm e ele avança para a mesa para as provocar. Maria reage com calma e alguma indiferença.

Entretanto, Miguel coloca Luís a par de que querem conversar com ele sobre a possibilidade de investirem no restaurante e ele fica receptivo a conversar.

João fica enervado quando Francisca lhe conta, por acaso, que o pai foi jantar com o pai de Inês.

Luís aproxima-se da mesa de Maria e Catarina para saber se o jantar lhes agradou. Maria não perde tempo e quase de rajada diz que está interessada em ser sua sócia. Luís informa que não pode dar uma resposta e aponta para Henrique e Miguel, revelando que eles também lhe querem fazer uma proposta. Maria tira o livro de cheques, disposta a pagar o que Luís pedir, só para roubar o investimento a Henrique. O cozinheiro fica sem saber o que decidir.

Maria consegue convencer Luís a aceitá-la como sócia do restaurante, ganhando a “corrida” Henrique e Miguel que também queriam entrar no negócio. Quando o dono do restaurante conta que já tem uma associada e eles percebem que se trata de Maria, Henrique fica irritadíssimo, diz que continua convicto de que foi ela quem matou o seu pai para chegar à herança e que nunca mais voltará ao restaurante.

Beatriz telefona a Duarte e como ele não atende o telefone deixa uma mensagem pedindo-lhe desculpa pela cena de ciumes que fez e confessando que não consegue nem quer viver sem ele, mostrando-se disponível para o receber de volta a casa. Depois de desligar, Beatriz fica com uma expressão enfurecida.

Duarte está em casa de Teresa e Jonas e conta-lhes que Beatriz lhe estava a ligar e que agora o faz umas vinte vezes por dia. A irmã e o cunhado concordam que ela precisa da ajuda de um psicólogo. Teresa pergunta como é que Duarte se tem dado com Maria na quinta e ele revela que se trata de uma pessoa bastante simpática.

Maria e Catarina regressam a casa, contentes por terem roubado a Henrique a possibilidade de se tornar sócio de Luís no restaurante. Catarina continua com a mania das grandezas e diz que depois de tratarem das formalidades do negócio, têm de viajar. A mãe alerta para o facto de estar a investir muito dinheiro e não poder agora entrar em mais loucuras. Catarina afirma que não vai deixar que ela fique enfiada na cozinha. Maria promete tentar mudar para que ela nunca sinta vergonha dela.

Sofia fica incrédula quando Henrique lhe conta que Maria se tornou sócia de Luís no restaurante e o marido acrescenta que disse na cara do amigo que nunca mais lá volta. Sofia reconhece que Maria está a ganhar confiança e a crescer, enquanto Henrique afirma que vai pedir ao director financeiro da clínica que mascare as contas, para que Maria não receba tanto dos lucros. Entretanto, Inês prepara-se para ir para a faculdade e confirma que acabou tudo com João, porque ele se envolveu com Catarina e ela engravidou. Henrique recorda que sempre lhe disse que a rapariga não era de confiança.

Catarina fala com Gustavo e diz-lhe que quer deixar o esquema do negócio da droga. O traficante não gosta da ideia mas acaba por aceitar, exigindo-lhe que lhe passe os contactos dos clientes a quem vendeu e garantindo que a vai ter debaixo de olho.

João pergunta ao pai se o jantar com Henrique correu bem para saber se conversaram sobre o fim do seu namoro com Inês, Miguel estranha o interesse do filho mas Francisca intromete-se na conversa e ele fica a saber que João e Inês já não namoram. Como o filho está de saída, Francisca pede-lhe boleia e conta que se vai inscrever num curso de pintura. O marido acha uma inutilidade e quase a ignora, Depois de Francisca e João saírem, Miguel começa a ler a revista Mundo na internet e esbarra na notícia de uma investigação que está a ser feita a um magistrado sobre o ganho inexplicável de alguns milhões de euros. Num misto de surpresa e fúria, o juiz murmura que tem de lhe ligar.

Beatriz comenta com Benedita que a notícia que publicaram está a ter um enorme impacto e a directora exulta com o aumento das vendas que disso irá resultar. A cunhada recorda que os visados lhes vão cair em cima mas ela mostra-se preparada e é isso mesmo que transmite à administração, garantindo que as fontes que sustentaram a notícia são fidedignas.

Miguel conversa muito preocupado com Henrique e confirma que o juiz Alves de Mello era o seu suporte de candidatura ao Supremo Tribunal de Justiça e que já lhe garantiu que nunca recebeu nada. Miguel pede ao amigo que lhe marque um encontro com Benedita, a pedido do outro juiz, já que a irmã dirige a revista.

Luís confessa a Adriana que não vai ser fácil partilhar o poder com Maria no restaurante, pois sempre se habituou a decidir tudo sozinho e acrescenta que Henrique não se dá nada bem com ela. A filha aprova a sociedade que ele acabou de fazer e faz notar ao pai que ele precisa de alguém que o ajude.

Vítor ajuda Maria a escolher o carro e Catarina impõe-se à vontade da mãe, convencendo-a a comprar um automóvel de luxo, em vez da carrinha de que ela realmente precisa. Catarina afirma que ela tem de passar a imagem de que tem dinheiro e quando Maria lembra que gastou o dinheiro todo no restaurante, convence-a também a pedir mais um empréstimo. A mãe deseja ter os pés assentes na terra mas Catarina faz dela o que quer.

Adriana percebe que Rúben nunca tocou piano na vida e decreta que tem de o ensinar do zero. Ele fica contrariado mas acaba por aceitar. Entretanto, comenta que já falou a uma amiga do restaurante do pai e que ela pretende investir nele. Adriana fica a saber que se trata de Maria e pede-lhe que lhe fale dela. Rúben confirma que é boa pessoa e que tem realmente dinheiro para investir. Adriana premeia-o com o convite para irem beber um copo juntos à noite.

Sandra elogia o corpo de Ruben ao ver as fotografias que ele publicou em tronco nu. Fernanda fica admirada que ela ande a espreitar-lhe o filho. Jorge aparece com uma fita na mão e quer obrigá-las a andar a direito para perceber se alguma delas roubou as garrafas de vinho que mais uma vez desapareceram do armazém. Vítor chega nesse instante e Fernanda pede ao marido que ponha Jorge na ordem. Ao invés, Vítor tem a ideia de lhe sugerir que ponha câmaras de vigilância no armazém, ideia que lhe agrada. Fernanda e Sandra olham-se com preocupação.

Miguel e Henrique conversam sobre o caso que envolveu o juiz Alves de Mello. Henrique garante que a irmã não publicaria a notícia se não estivesse protegida pela administração. Miguel faz notar que a notícia vai derrubar muita gente e insiste em conversar com a irmã de Henrique. Este dispõe-se a promover o encontro e, mudando de assunto, comenta com o amigo que já sabe as razões do fim do namoro de João e Inês e revela que João engravidou Catarina, a filha de Maria. Miguel é apanhado de surpresa e Henrique percebe que falou demais. Entretanto, cruzam-se com Teresa e Jonas, porque o bailarino teve de recorrer à clínica para fazer mais um exame ao tornozelo. Jonas continua muito preocupado, pois teme nunca mais voltar a dançar.

nas redes

pesquisar