SIC

Perfil

14º Episódio - 22 de setembro (terça-feira)

Catarina investiga quem é o seu verdadeiro pai

Benedita entrega a investigação de um caso de corrupção a Beatriz e esta não perde a oportunidade, depois de lhe agradecer, que espera que desta vez ela publique a reportagem, doa a quem doer.

David continua às voltas sem saber como escrever o artigo que Benedita lhe encomendou sobre a peça de teatro, porque só lhe ocorrem expressões futebolísticas. Hélder dá-lhe a receita para agradar à directora e o rapaz mostra o desejo de acabar depressa o estágio para começar a ganhar dinheiro. Hélder conta-lhe que tem feito fotografias de moda e propõe pagar-lhe 50 euros por cada rapariga que lhe arranjar para fotografar. David aceita, reconhecendo que o dinheiro lhe faz jeito.

Inácio balança entre continuar na equipa de Henrique ou integrar o novo grupo de investigadores liderado por Joana. Esta fica admirada com o colega mas ele acaba por achar que é melhor continuar no grupo do patrão. Entretanto, Inácio comenta que estão prestes a iniciar os testes do novo fármaco em pessoas e Joana mostra-se frontalmente contra, porque os efeitos secundários graves do medicamento não foram anulados. Joana diz com todas as letras que Henrique enlouqueceu e que eles estão todos a ir atrás dele.

Henrique desculpa-se para não atender uma chamada de William, dizendo que está ocupado no laboratório. Entretanto, atende o telefonema de Sofia que lhe pede ajuda para contratar uma modelo que a acompanhe à feira têxtil de Milão. O marido aceita oferecer à rapariga um tratamento cirúrgico na clínica, para que Sofia a convença. A mulher agradece-lhe, radiante.

Inês vai à biblioteca da faculdade com João e Catarina, enquanto a amiga se afasta para procurar um livro, aproveita para pressionar João a contar à namorada que eles se envolveram os dois. João fica irritado e repete que não o vai fazer, chegando a falar mais alto, despertando a atenção de alguns estudantes. Catarina fica irritada e quando Inês regressa, ambos disfarçam a tensão pela conversa que estavam a ter. Entretanto, Catarina olha inquieta para a fotografia em que a mãe aparece ao lado do homem que sempre pensou ser o seu pai e pede à encarregada para sair mais cedo com a desculpa de que está doente. Quando vai a sair, é interpelada por Tomás, um colega que lhe quer comprar droga. Catarina desilude o rapaz disparando de forma rude que naquele momento não o pode atender.

Maria insiste em cozinhar o jantar de despedida em casa de Fernanda como agradecimento por tê-la recebido tão bem em sua casa. Ao entrarem na cozinha deparam-se com Vítor que sublinha o facto de Maria estar prestes a ficar com uma vida boa, quando ainda ontem estava na prisão. Fernanda repreende o marido, mas Maria reconhece que não há como esconder os factos e que finalmente vai poder dar à filha a vida que ela sempre desejou.

Catarina fica ainda mais intrigada quando vai ao registo civil para descobrir mais informações sobre o pai e a funcionária a informa de que não tem qualquer registo da sua morte.

Quando se encontram na esplanada, Duarte volta a pedir desculpa a Joana por a ter beijado e ela tranquiliza-o, reconhecendo que precisa de um amigo e que com ele é fácil conversar.

Beatriz incomoda Pedro com as perguntas que lhe faz sobre o pai e o miúdo decide ir para o quarto estudar.

Jéssica fica em maus lençóis e sem saber o que fazer, porque Fred vai vê-la de surpresa ao Porto para passar dois dias com ela, enquanto Bruno também a convidou para jantar nessa noite. Enquanto Fred se afasta para ligar ao irmão, Jéssica fica a pensar no que é que há-de fazer.

João está com Inês quando recebe uma mensagem de Catarina que o avisa que no dia seguinte vai contar à amiga que se envolveram. Angustiado e já saturado com aquela situação, João enche-se de coragem e conta à namorada que a traiu com Catarina. Inês fica em estado de choque e começa a bater-lhe, indignada por ele a ter traído com a sua melhor amiga.

Catarina pede a Leandro que lhe empreste o computador e acaba por descobrir algo mais sobre o homem que sempre pensou que era o seu pai. Ruben incentiva Vítor a fazer dieta mas Leandro avisa que o pai não a começará nessa noite porque a mãe está na cozinha com Maria a prepararem um jantar especial.

Vasco janta com os pais e a irmã, que o instigam para ser pai quanto antes. Ele assegura que estão a tentar, ignorando que a mulher tem tomado a pílula às escondidas. Sara é a mais pragmática e defende que Margarida terá de adaptar a sua carreira na Força Aérea à maternidade.

Ao jantar, Jéssica olha nervosamente para o relógio e tem de disfarçar quando Fred lhe pergunta se não está a gostar da surpresa que ele lhe fez. Entretanto, sente-se ainda mais encurralada quando o namorado lhe diz que marcou hotel para ficarem juntos nessa noite, acrescentando que os pais nem sequer sonham que ele está no Porto.

Miguel continua a tratar Francisca com total desprezo e indiferença, fazendo com que ela se sinta cada vez pior. João entra em casa e vai para o quarto dizendo que não janta porque tem de estudar, quando na realidade está destroçado por ter confessado a Inês que a traiu com Catarina.

Jéssica pede a uma amiga que lhe telefone e simule uma emergência, pois tem de se livrar de Fred e ir ter com Bruno que acaba de lhe dizer que está a sair de casa para ir jantar com ela. Tal como combinado, Jéssica atende a chamada de Sara e diz a Fred que tem de ir ter com a amiga que está muito mal por ter acabado com o namorado. Fred nem tem tempo para dizer nada.

Sofia fica preocupada com Inês que prefere ir para o quarto sem jantar, desconfiando que a filha se zangou outra vez com o namorado. Henrique desvaloriza a situação e comenta com a mulher que tem de fazer tudo para conseguir afastar Maria das empresas, acrescentando que o advogado lhe garantiu que em relação ao testamento e por via legal, nada pode ser feito contra ela.

Maria brinda e agradece aos amigos por a terem recebido tão bem e terem cuidado de Catarina enquanto ela esteve presa. Fernanda irrita-se com as brincadeiras de Vítor, que se mete com ela ao vê-la despejar mais vinho no copo. Maria nota a ausência de Jéssica e Leandro conta que ela foi jantar com Bruno.

Bruno espera por Jéssica no restaurante e olha embevecido para uma caixa de ourivesaria. Ela chega ofegante mas tenta disfarçar, embora reconheça que está muito cansada quando estão a escolher o que vão comer. Bruno, compreensivo pergunta-lhe se ela prefere ir para casa, gentileza que ela agradece abraçando-o com carinho. Bruno fica embevecido e guarda no bolso a caixa com o anel.

Maria regressa à quinta e confessa a Vítor que preferia estar ali como empregada e com António vivo, do que nas actuais circunstâncias.

Catarina vai ao mercado do bulhão e descobre José, o homem que aparece ao lado da mãe na fotografia que ela tem na mão. Catarina olha para ele e para a fotografia, detectando semelhanças evidentes.

Leandro está desanimado por não se ter conseguido declarar a Catarina enquanto ela esteve a morar ali em casa. Rúben critica-o por ter perdido uma oportunidade tão boa e dá-lhe dicas enquanto salta para o chão a fazer abdominais. O irmão desvaloriza os conselhos dele, convicto de que não resultarão mas Rúben avisa-o ainda para se preparar, pois Catarina é rapariga de gostos caros.

Catarina arrepende-se de ir falar com José e sai do mercado a correr. Quando chega a casa e obriga a mãe a confessar que José lhe deu o nome, pois na altura em que ela nasceu não era possível registar bebés de pais incógnitos. Catarina exige saber quem é o pai mas Maria, de olhos no chão e muito envergonhada, diz que não sabe. Catarina fica furiosa e depois de perguntar com quantos homens dormiu, dispara que ela a enoja, saindo a bater a porta com estrondo. Maria ainda chama por ela mas a filha ignora-a.

Fernanda desespera com Vítor por não conseguir que ele ganhe o hábito de trabalhar, em vez de perder tempo a ver jogos de futebol na TV. Entretanto, Maria liga-lhe a contar que Catarina descobriu que José não é o seu pai e que a está a pressionar para lhe diga quem é, embora ela tenha resistido e respondido que não sabia. Fernanda questiona se não será melhor que ela conte toda a verdade à filha. Maria reafirma que não quer que ela saiba que o pai é Henrique, admitindo que ele até pode querer virar a filha contra ela.

Catarina dirige-se ao ancoradouro e, depois de rejeitar uma chamada de Maria, segue no barco até ao rio D’Ouro.

De manhã, Miguel entra na sala para ler o seu jornal e sugere em jeito de pedido a Francisca que baixe o som da televisão, ordem que ela acata sem pestanejar. O marido fica desagradado quando a campainha da porta toca e humilha a mulher achando que é normal que ela não esteja à espera seja de quem for. Francisca fica radiante ao constatar que é Fred que os vem visitar, mas desiludida quando ele afirma que não vai dormir ali em casa porque marcou hotel. Miguel intervém e aconselha a mulher a não insistir, pois é óbvio que o rapaz está acompanhado. Ele acompanha o pai, que lhe pede conselhos sobre umas acções que quer comprar. Francisca fica angustiada a ver Miguel a pôr o braço por cima do filho, enquanto se afastam para o escritório.

Fernanda insiste com Jéssica em que já está na hora de casar e ter filhos, concedendo que gosta de Bruno. A filha desconversa e responde que se ela quer netos, que convença Ruben.

Ruben conversa com o pai e aconselha-o a pagar rapidamente a divida que tem às finanças ou sujeita-se a que a mãe lhe dê uma carga de pancada. Vítor considera a hipótese de vender a carrinha e dizer que foi roubada, plano que o filho não aprova. Entretanto, ouve-se o som do piano de Adriana e Ruben sai disparado para a loja dela e elogia a forma como está a tocar, deixando-a espantada ao adivinhar todas as peças que ela toca. Adriana não percebe que Ruben recorre a uma aplicação que tem no telemóvel e ele gaba-se de ter grande inteligência, esperando que ela o convide para um concerto. Depois, pisca-lhe o olho e sai.

Maria espera que Catarina desembarque no ancoradouro, depois de ter ido dar um passeio de barco e pede desculpa à filha por lhe ter escondido, ainda que para a proteger, quem é o seu pai. Catarina não fica convencida das suas boas intenções e evita o seu abraço, insistindo em que lhe falta um pai. Maria fica apreensiva a ver a filha afastar-se.

João vai a casa de Inês e volta a jurar-lhe que não sabe como se envolveu com Catarina e que aquela noite nada significou. Inês quebra e permite que João lhe segure a cara entre as mãos, ao mesmo tempo que reconhece ter cometido um grande erro e que não tem dúvidas de que é a ela que quer. Sem o perdoar, Inês dispõe-se a deixar passar algum tempo e quando João sai, fica muito confusa e indecisa se lhe dará ou não mais uma oportunidade.

Henrique vai à quinta e tenta virar Duarte contra Maria, insinuando que ela o expulsou de lá. Só que o irmão responde que ela até insistiu para que ele continuasse a morar ali, acrescentando que prefere arrendar um apartamento e que a vontade do pai deve ser respeitada.

Beatriz conversa com Benedita via skype mas está ausente. A cunhada repara e ela acaba por confessar que está transtornada porque Duarte lhe enviou por correio electrónico os papéis do divórcio, depois de ela ter recusado assinar os que ele lhe tinha entregado em mão. Benedita aconselha Beatriz a tirar uns dias para resolver a sua vida, dando a entender que podem ocorrer despedimentos na revista, porque o grupo editorial a que pertence vai ser vendido. A preocupação de Benedita é indisfarçável.

Maria almoça com Fernanda e pede-lhe que mantenha com Vítor a sua versão sobre o pai de Catarina se ele lhes for fazer perguntas. Entretanto, a conversa é interrompida por Isabel que lhes serve o almoço. As amigas gostam do que vêm e Maria até considera arranjar ali um espaço para servir as suas iguarias.

Jéssica fica aflita porque Bruno aparta cada vez mais o cerco para casarem. Como se não bastasse aquela pressão ainda tem de rejeitar a chamada de Fred que lhe liga na pior altura, obrigando-a a dizer que se trata de uma amiga.

Jorge quer obrigar Sandra a abrir a mala, convencido de que ela roubou mais garrafas de vinho e aperitivos. A empregada não só não se sujeita à revista como ainda o insulta, perante a perplexidade de Fernanda que, a sós com o encarregado, o aconselha a não acusar a rapariga sem ter provas. Ele acha que ambas estão envolvidas no roubo.

João conversa com Fred em casa dos pais e rejeita uma chamada de Catarina. Entretanto, conta ao irmão que Inês acabou o namoro porque ele a traiu. Fred propõe-lhe que vão dar uma volta, pois acaba de perceber que têm muito para conversar.

Catarina, deixa mensagem no voice mail de João e decreta que já lhe deu tempo suficiente para ele contar a Inês que a traiu e que se nada lhe disser, será ela a contar tudo. Catarina termina a chamada, muito irritada.

Miguel sugere a Henrique que para expulsar Maria da quinta, conquiste Catarina, já que o ponto fraco dela é a filha.

nas redes

pesquisar