SIC

Perfil

12º Episódio - 19 de setembro (sábado)

Catarina droga João e faz sexo com ele inconsciente!

Maria conta a Abel que recebeu a visita de Alberto ali na prisão e que ele se mostrou muito rancoroso, crente em que ela sempre matou o patrão. Por outro lado, acrescenta que Henrique a pressionou para que confesse o crime, comprometendo-se em troca a ajudar Catarina a encontrar emprego e um tecto para morar. O advogado insiste que a estratégia que têm de seguir é virar as atenções para outros suspeitos.

Duarte vai a casa de Joana pedir desculpas por se ter excedido ao beijá-la. As desculpas são aceites e ambos trocam um parto de mão. Joana oferece um café a Duarte, que ele aceita com gosto.

Beatriz pressiona Pedro para que lhe diga se o pai tem outra mulher. O miúdo fica desagradado e refugia-se no quarto, sentindo que a mãe está a usá-lo.

Teresa insiste com Jonas para ir à clínica fazer exames que permitam identificar a lesão que tem. Thomas chega a casa e exibe um teste em que tirou a nota máxima e conta que vão simular na aula de economia que jogam na bolsa. A mãe acusa-o de se estar a transformar num neo-liberal.

Henrique conversa com Isabel e assume que ainda não pode testar em Patrícia um medicamento eficaz que lhe garanta a cura. A rapariga tosse cada vez mais e tenta desdramatizar a gravidade do seu estado.

Henrique e Inácio lamentam não ter ainda uma solução para curar Patrícia. Entretanto, Henrique fica alarmado ao receber um email com fotografias em que aparece acompanhado por uma das suas amigas. Assim que pode, liga a Miguel para que o ajude. Este compromete-se a tentar. Entretanto, Miguel ordena a Francisca, sempre num tom arrogante e superior, que vá buscar a mala de viagem ao quarto.

Jonas fica em choque quando Henrique sentencia que ele tem uma lesão que o obriga a repouso absoluto. Teresa apoia o marido.

O jogo de Vítor corre mal e ele acaba por ser expulso, culpando a equipa pelos seus desaires. Leandro acusa-o de não saber transmitir a táctica e o pai ameaça deixar de o convocar para os jogos.

Catarina desliga o telemóvel de João para que ele não atenda chamadas de Inês e faz com que ele acredite que acabaram por ficar sozinhos porque o resto dos colegas desistiu de lhes fazer companhia. Aproveitando o momento em que ele se ausenta da mesa, Catarina mistura-lhe uma droga na bebida e quando ela faz efeito, oferece-se para o levar a casa.

Inês conversa com a mãe sobre moda vestidos e a maquinaria de que ela precisa para modernizar a fábrica. Henrique alheia-se da conversa e desculpa-se por estar à espera de uma chamada importante. No entanto, a conversa com Miguel só o deixa mais ansioso porque o amigo ainda não descobriu quem pode estar a chantageá-lo.

Catarina leva João a casa e telefona a Fernanda a avisar que vai ficar com uma amiga. Assim que desliga o telefone, trata de ficar em soutien e começa a beijar João, cheia de desejo. Ele, que está drogado e não sabe o que faz, corresponde e beija-a ao mesmo tempo que a acaricia.

Henrique lê e relê o email que lhe enviaram a chantageá-lo com fotos comprometedoras que envolvem outra mulher. Sofia vai despedir-se dele antes de ir dormir e Henrique esconde o que se está a passar.

Sofia dá as boas noites a Inês que está inquieta por não ter conseguido falar com João, que foi sair com colegas da faculdade e continua com o telemóvel desligado. A mãe faz notar que ele nunca deu motivos de desconfiança e Inês acaba por desvalorizar o assunto.

Entretanto, Catarina aproveita-se de ter drogado João para ter sexo com ele. Na manhã seguinte, o rapaz acorda cheio de dores de cabeça e quando se apercebe do que se passou fica em pânico, sem ter explicação para se envolver com ela. Catarina, ardilosa, insinua que a relação dele com a namorada não está bem e que deve deixá-la. João reafirma que não quer nada com ela e Catarina fica furiosa e cheia de rancor.

Abel ensaia com Maria a defesa que vão fazer em tribunal, recomendando-lhe que não deixe transparecer o ódio que sente por Henrique.

Catarina regressa a casa e disfarça a irritação quando Leandro lhe pergunta onde esteve a noite inteira.

Teresa esforça-se por convencer Thomas a adoptar a sua filosofia de vida mas o filho recusa-se a transformar-se num sonhador. Jonas diverte-se com a situação, o que o ajuda a esquecer um pouco a lesão que o impede de dançar.

Beatriz aproveita o facto de Duarte ir buscar Pedro para o levar à escola, para pressionar o marido a desistir do divórcio. Duarte reafirma que o casamento chegou ao fim e deixa-a furiosa a falar sozinha.

Inácio não esconde de Joana que sente alguma inveja da proposta que Henrique lhe fez para a manter na clínica. A amiga reage com humor à sua indignação, confessando que ainda não decidiu se vai aceitar, pois tem possibilidade de ir trabalhar em Londres e não se sente confortável a trabalhar com alguém que falsificou os resultados de um relatório.

João disfarça o constrangimento quando Inês lhe pergunta com o foi a saída da noite anterior e como estava Catarina. A namorada conta que recebeu um convite para irem passar uns dias na neve e ele confessa que lhe vai fazer bem passar uns tempos fora. Entretanto, Inês sugere um jantar e uma ida ao cinema, programa que João aceita de imediato, só para não ter de falar mais da noite anterior e do envolvimento com Catarina.

Miguel conta a Henrique que ainda não conseguiu que o seu contacto na PJ descobrisse quem está a chantageá-lo e ele decide pagar o que o chantagista lhe pede. Nesse mesmo dia, deixa a mala com o dinheiro num cacifo, que é retirada por um homem, assim que ele se afasta. O homem dirige-se a uma casa-de-banho pública e entrega o dinheiro a Hélder, que se revela então como o chantagista de Henrique.

Jéssica regressa ao Porto depois da viagem romântica que fez com Fred e age como se tivesse ido em trabalho. Bruno nem desconfia que a namorada tem outro e faz planos para arranjarem uma casa só para eles. Ela foge ao assunto e pede ao namorado que vote em si para um concurso da companhia aérea.

Jorge insiste que continuam a desaparecer garrafas de vinho do armazém do posto de combustível e Fernanda e Sandra insurgem-se contra o patrão. Este tenta impor a sua autoridade mas as funcionárias não lhe ligam nenhuma.

Henrique confidencia a Sofia que se não conseguir que a sua investigação tenha os resultados desejados terá de fazer com que William fique do seu lado, nem que seja preciso descobrir algum “podre” que ele tenha escondido. Sofia aceita a ideia do marido com a mesma falta de escrúpulos que ele demonstra.

João fica estarrecido quando chega ao restaurante com Inês e ela lhe conta que Catarina também vai jantar com eles. A suposta amiga chega imediatamente a seguir e acaba por ficar sozinha com ele, porque Inês tem de ir atender um telefonema fora do restaurante. Catarina deixa claro, em tom de ameaça, que ou ele conta a Inês que a traiu consigo, ou ela própria se encarregará disso.

Duarte visita Teresa e Jonas e sugere ao cunhado que pode ser professor de dança ou coreógrafo se tiver de abandonar a carreira de bailarino. Já com a irmã, conversa sobre a dificuldade que Beatriz está a criar para que se divorciem, mas garante que se vai separar, quer ela queira quer não, pois é incapaz de se deitar com uma mulher a pensar noutra.

Beatriz mente a Benedita e conta que Duarte a insultou. A cunhada não acredita que o irmão seja capaz de tal coisa mas como ela lhe pede, dispõe-se a dar-lhe uma palavra sobre o assunto. Quando Beatriz pretende continuar a alimentar a conversa, Benedita mostra-se enfadada e corta o assunto.

nas redes

pesquisar