SIC

Perfil

Resumo: 254º Episódio - 1 de julho (sábado)

Clara bate em Francisca; Lobo aguarda julgamento em liberdade

Paulo Goulart Photography

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

Manel faz interrogatório a Cruz quando Sebastião entra e, comprometido, diz a Manel que o Curador foi morto na prisão. De imediato, percebem que pode ser retaliação por parte de Lobo.

Marta impede Daniela de ir a casa de Francisca. A jovem só queria ir ver o bebé Carlos e buscar os seus comprimidos. A sós, Pilar depara-se com anel que Gonçalo lhe deu e desdenha.

Na fábrica de azulejos, Gisela disfarça a voz ao telefone para falar com Quim. Lucas ouve tudo e quer saber o que ela anda a tramar e mostra vontade de voltar a ser amigo dela. Gisela aceita.

Dolores discute com Miranda por ter levado Cátia ao ginecologista e por incentivar a filha a tomar a pílula. Raul também não acha bem. Irritada, Dolores diz a Liliana que Tomané vai casar muito mal com ela.

Preciosa tem de refazer novamente o trabalho de design para a perfumaria. Desata a chorar e queixa-se de que a vida de toda a gente anda para a frente menos a sua.

Cruz conversa com Roger sobre a morte de Gonçalo. O serviço está feito e ninguém fala de Garcia. Quiseram vingar Lobo e livrarem-se do Curador.

Vicente partilha com Helena que contou a Pilar que está interessado noutra mulher. Diz-lhe francamente que está apaixonado por ela. Helena sorri mas ainda precisa de tempo para assumir uma relação com alguém.

Manel diz a Sebastião que não lhe parece que tenha sido Lobo a encomendar a morte de Gonçalo. Constrangidos, contam a Pilar que Gonçalo morreu. Esta tenta manter uma postura profissional e muda de assunto.

A sós no seu gabinete, Pilar não consegue controlar-se e desata a chorar, dizendo para si própria que tudo acabou.

No hostel, Joana e Afonso vêm dos quartos todos contentes. Vicente vê-os e fica perturbado ao perceber que o sobrinho anda envolvido com Joana. Tenta alertar Afonso que Joana só lhe quer extorquir dinheiro mas o jovem recusa-se a ouvir. Helena assiste a tudo e fica sem saber o que dizer.

Francisca vai a casa de Clara provocá-la. Clara enfrenta-a e reforça que é ela quem vai tirar tudo a Francisca. Francisca afirma que pode conseguir tudo menos ter os pais de volta. Furiosa, Clara esbofeteia-a e expulsa-a de sua casa.

O Dr. Varela informa Lobo que vai aguardar julgamento em liberdade. Manel informa-o de que o Curador morreu, assassinado na prisão e Lobo nega estar envolvido nisso.

Revoltada, Alice diz a Henrique que se recusa a vender-lhe o hostel e sugere que ele devia afastar-se da sua vida. Discutem e Alice quase o expulsa. Mafalda ouve a discussão e Ricardo explica o que se está a passar. Fica a ver Henrique como um grande egoísta que não faz ideia do que é o sofrimento de uma pessoa com doença terminal.

Vicente está revoltado por ter visto Afonso com Joana e alerta Clara para o facto de ter de ajudar o irmão a ver-se livre daquela rapariga. Clara explica que já o aconselhou mas não vai interferir mais.

Dolores entrega os diplomas do CPM aos casais mas não dá a Liliana e a Tomané porque considera que não estão preparados para casar. Tomané vê isso como mais um sinal de mau presságio.

No supermercado, Miguel oferece o cargo de gestor do supermercado a Nelson. Este fica de pensar na proposta. Sem que ninguém veja, Esmeralda rouba um rímel.

Jorge estranha ao ver Diana a almoçar com Lucas e alegra-se quando esta se oferece para tomar conta da bebé de Alice enquanto o pai janta com ela.

Francisca vai a casa de Pilar para tentar convencer Daniela a voltar para casa e quando Marta intervém esta ameaça-a. Bárbara ouve tudo e manda-a embora. Francisca avisa Bárbara que se estão a meter onde não devem.

Clara e Lobo abraçam-se depois deste sair da prisão. Este está penalizado por não estar a cuidar do filho que está numa instituição. Clara não sabe o que dizer e Lobo conta-lhe que Gonçalo foi assassinado.

nas redes

pesquisar