SIC

Perfil

Resumo: 223º Episódio - 25 de maio (quinta-feira)

Clara e Lobo decidem pagar a Joana para testemunhar contra Francisca

Victor Freitas\302\251

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

No ginásio, Cátia conversa com Gisela e não perdoa a mãe por ter voltado para Raul. Reparam num monte de raparigas junto a Quim que o elogiam pelo seu acto corajoso e Gisela tem ciúmes disso.

Em São Tomé, Edite, muito preocupada, quer falar com Gabriel. Timóteo avisa-a para não sufocar o filho. Edite liga para Helena mas quem atende é Amália com quem acaba por discutir. Amália confessa que queria pedir desculpas mas a filha agiu como se nem tivesse mãe e foi embora sem se se despedir. Edite desliga o telefone irritada e Amália larga o telefone e senta-se no sofá, a chorar de nervos.

Mais tarde, Amália visita Teresa e revela que estava muito preocupada com ela e que acabou por dar a pen drive a Clara, tal como esta tinha recomendado, se lhe acontecesse alguma coisa. Teresa diz que isso foi um disparate e que Francisca a tem tratado muito bem.

Manel não queria ter feito acordo com Lobo. Sebastião nota como ele fica cada vez que Clara e Lobo falam um do outro.

Mafalda conta a Pilar que a irmã a convenceu a não desistir de dar aulas. Avisa a mãe que Bárbara foi jantar com o pai. Pilar fica nervosa pois a filha vai saber que está noiva de Gonçalo.

Durante o almoço com o pai, Bárbara está em choque com a notícia de casamento da mãe. Diz que Gonçalo é um falso. Vicente fala da operação da filha e reforça que estará sempre do seu lado.

Lobo e Clara conseguem convencer Guilherme a ir para casa com o pai. Lobo avisa Clara que o Curador não pode descobrir que está a colaborar com a PJ pois arrisca a própria vida.

Manel pergunta a Helena se Francisca tem tentado alguma aproximação à mãe e esta nega. Quim mobiliza toda a família para verem a entrevista na televisão que deu por causa do assalto.

Dolores diz a Gisela se quer mesmo Quim, tem de ir à luta. Armando fala em Helena e Gisela conta à tia que são muito amigos e que até já lhe mostrou o armazém.

Miranda tenta explicar à filha que não esqueceu o que Raul fez mas que ainda gosta dele. Cátia não quer saber e chama a mãe de burra. Dolores concorda com a neta.

Nelson pergunta a Lucas por Preciosa. Olha em redor e vê um rapaz que já viu a conversar com Ricardo e pergunta-lhe directamente se é gay. Este esquiva-se a responder e aconselha-lhe a aplicação gay.

Ricardo tenta desculpar-se com Preciosa, diz que não é menos homem por tomar os comprimidos. Recebe uma chamada de um rapaz e inventa que é um cliente.

Lobo procura Joana e faz-se passar por cliente. Dá-lhe uma nota de 100€ e revela que tem mais para lhe dar e convence-a a ir com ele para outro lado.

Jorge diz à filha que não pretende interná-la e quer que seja ela a controlar a sua doença pois ele não vai viver para sempre. Diana tenta ignorar as vozes.

Marta pede, novamente, a Francisca para irem à festa de Cátia, à frente de Manel. Este afirma que seria bom irem e Francisca cede.

Lobo entra com Joana em casa de Clara e percebe que foi tudo uma armação. Estes alegam que lhe vão pagar bem para testemunhar contra Francisca e Joana exige proteção.

Vicente entra alcoolizado no seu gabinete e bebe mais whisky. Pega numa fotografia sua com Pilar e as filhas. Deita a cabeça na secretária e adormece.

Marta pergunta a Teresa se não se lembra que Francisca a drogou. Teresa nega e afirma que está a recuperar. Francisca entra e interrompe a conversa e diz a Marta que foi muito esperta por ter pedido para ir à festa à frente de Manel.

Bárbara chega a casa e diz a Pilar que se recusa a viver na mesma casa que Gonçalo e que lhe custa muito ver o pai a sofrer. Mafalda acha a atitude da irmã exagerada.

nas redes

pesquisar