SIC

Perfil

De segunda a sábado

Resumo: 217ª Episódio - 18 de maio (quinta-feira)

Daniela conta aos irmãos sobre a avó e Clara pede ajuda a Vicente para salvar Teresa; Quando chegam ao lar já é tarde demais

(c).RuiCarlosMateus.1954

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA

Apreensiva, Pilar partilha com Gonçalo que não tem dinheiro para comprar a casa conforme Vicente lhe exige. Este disponibiliza-se para a ajudar mas ela recusa. Gonçalo vai fazendo perguntas, discretamente, sobre a investigação mas Pilar não pode falar com ele sobre esse assunto.

Em casa, Diana esmaga os comprimidos e quase é apanhada por Jorge. Este avisa a filha que Alice vai lá almoçar e pede-lhe ajuda para arrumar a casa.

Henrique vai ao hostel informar Alice que já falou com o advogado para desfazerem a sociedade. Tomané revela que já sabe o que Alice fez, o que a deixa muito incomodada. Sente-se injustiçada e manda Henrique embora.

No supermercado, Dolores decora o espaço como se estivesse em casa. Miguel rejeita essa postura. Quando sugere que Preciosa passe a operadora de caixa, Dolores diz que ela não serve para a função mas acaba por aceitar para não confrontar o chefe.

De seguida, Dolores exibe-se para Cremilde e vangloria-se que manda em tudo e todos. Chama Preciosa para lhe dizer foi promovida para a caixa, o que a deixa surpresa.

Nelson está perturbado em casa quando batem à porta. É Ricardo que vem justificar-se, faz parecer que o beijo que lhe deu não significou nada, alega que foi da bebida e pede-lhe que não conte a ninguém.

Na casa de chá, Mafalda ao ver Hélder entrar, pede a Bárbara para ir pedir ao balcão e vai embora para obrigar a irmã a lidar com ele. Simpático, Hélder mete conversa com Bárbara que o trata de forma arrogante e deixa-o mesmo a falar sozinho.

Guilherme ainda está assustado e receia que o pai vá preso. Lobo assegura que não é nenhum criminoso e tenta descansar o filho. Ricardo aparece para acertar os pormenores do assalto dessa noite e Lobo tenta disfarçar o assunto diante do filho.

Manel fala com Clara sobre a possibilidade de Lobo ser o Curador. Esta assegura que nunca ouviu falar nesse nome.

Ivo avisa Francisca de que Clara esteve na clínica acompanhada de um rapaz. Preocupada, ela decide que tem de resolver essa questão, duma vez por todas, e oferece-lhe mais dinheiro para que este a ajude.

Armando comunica a Lucas que Vicente sugeriu entrarem numa feira de cerveja com as “Dolorosas”. Gisela oferece-se logo para ser a promotora na banca mas Armando não sabe se isso compensa.

No supermercado, Preciosa está com dificuldade na caixa. Nelson entra e Preciosa pergunta-lhe por Ricardo. Ele nervoso responde que não sabe. Preciosa partilha com ele que foi promovida a operadora de caixa e que vai fazer rebranding de uma perfumaria mas Nelson nem a ouve.

Diana, Jorge e Alice terminam o almoço. Chateada, Alice conta que Henrique já disse a toda a gente sobre a eutanásia que fez a Vítor. Diana pega na bebé ao colo e olha-a eternecida. As vozes na sua cabeça sugerem-lhe que deve protegê-la.

Miranda ajuda Clara e os irmãos a estarem juntos em sua casa. Marta pergunta pela avó e Clara revela que a avó lhe pediu socorro e tem duvidas que Teresa tenha tido mesmo um AVC. Daniela não aguenta mais e conta, com remorsos, que viu Francisca a pôr Teresa inconsciente, deixando os irmãos em choque.

No ginásio, Mafalda dá uma aula de pernas e revolta-se por ter o braço inutilizado para sempre. Sebastião tenta aproximar-se dela mas Mafalda ignora-o. Ricardo partilha com a irmã que beijou Nelson mas continua a negar que é gay.

Bárbara está cansada dos conflitos entre os pais e pede a Vicente que tenha alguma ponderação. Comunica ao pai que aceita trabalhar na fábrica, o que deixa Vicente muito contente. Clara interrompe-os e pede ajuda ao tio para irem tirar Teresa do lar pois esta não teve nenhum AVC.

Em São Tomé, Roger fala com Lobo ao telefone e explica que ninguém se lembra da cara de Telmo porque já passou demasiado tempo. Lobo insiste para que ele continue a tentar descobrir algo, não o mandou para lá para vir de mãos a abanar. Cruz chega furioso por ter de ir a tribunal por causa da tentativa de violação a Liliana e Lobo nem o deixa falar.

No lar, Vicente e Clara dirigem-se ao quarto de Teresa, decididos a levá-la. Ivo, nervoso, comunica-lhes que Teresa já não está com eles. Ao verem sair do quarto um corpo tapado com um lençol, ficam em choque pensando tratar-se do cadáver de Teresa.

Amália recebe, desconfortável, Gonçalo em casa dos Paiva. Este diz ter combinado encontrar-se ali com Manel. Quando fica sozinho na sala, vê o processo sobre o Curador e lê tudo ávido e com pressa para não ser apanhado. Manel entra em casa e apanha-o a ler o processo.

nas redes

pesquisar