SIC

Perfil

De segunda a sábado

Resumo: 30º Episódio - 15 de outubro (sábado)

Manel descobre que Francisca é a madrasta de Clara

(c).RuiCarlosMateus.1954

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA.

Manel aparece no cemitério e Clara fica comovida com o seu gesto. Francisca fica transtornada de ciúmes mas disfarça. Manel estranha a presença da ex-amante ali e só percebe a ligação quando Clara critica a madrasta. Fica estarrecido com a situação.

Comprometido, Manel inventa uma desculpa e vai embora do cemitério.

Clara e os irmãos despedem-se do pai e esta promete que cuidará dos irmãos. Bárbara repara na ausência de Vicente e Pilar inventa uma desculpa. Aproveita também o momento da despedida para ir embora, ao encontro de Vicente e Ricardo. Afonso perde as estribeiras com a hipocrisia de Francisca e acusa-a de ter assassinado o pai e expõe perante todos que o pai se ia divorciar dela.

De volta à sede da PJ, Manel desabafa com Sebastião sobre o que acabou de descobrir e sente-se culpado e enganado. Teme a reação de Clara quando souber que foi amante de Francisca.

Pilar entra em casa e Vicente explica-lhe que apanhou Ricardo com o seu cofre e pretende apresentar queixa na polícia. Pilar opõe-se a isso e apela ao seu sentimento de pai mas Vicente está determinado. Desautorizando o marido, Pilar manda Ricardo embora e quando fica a sós com o marido, conta-lhe tudo sobre o homício de Carlos. Apesar do seu sentimento de culpa, não consegue prender o filho. Incrédulo, Vicente exige que a mulher lhe mostre o vídeo.

Quim chega a casa, derrotado, porque chumbou no exame para entrar na PSP. Apesar do apoio da família, sente que nunca será capaz de concretizar esse sonho.

No ginásio, Tomané conversa com Gisela quando Liliana chega. Este estranha a sua presença e fica ainda mais triste quando esta explica que veio treinar e que vai dar um novo rumo à sua vida. Tomané não entende pois quando estavam juntos, Lili nunca quis acompanhá-lo no ginásio.

No hostel, Lucas mostra o seu kit de cerveja artesanal a Armando e dá-lhe a experimentar. O resultado é desastroso e acabam por deitar tudo fora.

Depois de ver o vídeo, Vicente, indignado, exige que Pilar entregue aquela prova, de forma anónima, para não por em causa o seu posto. No entanto, Pilar continua a querer proteger o filho e garante que não o deixará continuar a ser um marginal. Revoltado com a postura da mulher, Vicente sai de casa.

Em casa, Francisca desabafa, nervosa, com Alice sobre a presença de Manel no cemitério, tem medo que este tenha reatado com Clara e do que esta lhe possa contar. Alice fica chocada ao ouvi-la desejar que Eduardo tivesse morrido antes de Manel ter acabado tudo com ela.

Diana rejeita que precisa de ser acompanhada por um psicólogo mas Jorge é firme na sua decisão. Clara visita a amiga e Diana desvaloriza o seu estado débil. Acaba por confessar que fumou droga com Ricardo e Clara não vê com bons olhos a reaproximação com o primo.

Raul implora a Miranda por uma segunda oportunidade mas esta está irredutível. Já pensou em tudo e comunica-lhe que ficará com a casa, onde vai viver com a filha e Raul ficará com a casa de chá.

Em casa de Joel, Nuno obriga o pai a sair do próprio quarto. Amália aparece de surpresa para convidar o amigo a ir dar uma volta e estranha as mudanças. Joel não tem coragem de denunciar a situação e inventa uma desculpa para não sair. Nuno chega mesmo a ser rude com Amália que se sente a mais e vai embora.

Edite faz companhia a Helena enquanto faz tempo para ir para o aeroporto. Amália não suporta que a filha não fique mais algum tempo com a família e acaba por a destratar, uma vez mais. Edite fica de rastos e questiona-se, ponderando se estará, de facto, a ser egoísta.

Manel procura Francisca e pede-lhe explicações. Discutem e apesar de todos os argumentos de Francisca, não aceita que esta tenha escondido quem era. Francisca implora para que voltem a estar juntos mas este deixa bem claro que tem outros planos para a sua vida. Ainda a questiona em relação à morte de Eduardo e ao desaparecimento de Daniela e garante que não a perdoa se estiver envolvida nisso.

Ao fim de três dias sem saberem o paradeiro de Daniela, Clara, Afonso e Marta começam a pensar o pior, ou está morta ou foi sequestrada.

nas redes

pesquisar