SIC

Perfil

De segunda a sábado

Resumo: 27º Episódio - 12 de outubro (quarta-feira)

Clara e Afonso entram em pânico quando percebem que Daniela desapareceu

(c).RuiCarlosMateus.1954

*OS RESUMOS DOS EPISÓDIOS ESTÃO SUJEITOS A MUDANÇAS EM FUNÇÃO DA EDIÇÃO DA NOVELA.

Amália fica tensa ao ver Edite. Começam logo a discutir mas Helena intervém e pede que parem. Esta aproveita para dizer à mãe que não quer fazer os tratamentos com Jorge que chega, nesse mesmo instante. Este fala-lhe calmamente e consegue convencê-la a deixar-se ajudar.

Afonso fica preocupado com as ameaças de Lobo e boquiaberto com a aproximação de Clara e Manel. Dirigem-se para a festa de Marta.

Cátia procura Lucas para o convidar para ir tocar na festa de Marta. Esta aproveita para lhe pedir boleia e Lucas aceita.

Bárbara repreende Nelson à frente de Dolores e esta fica a saber que o filho assumiu a culpa para proteger Preciosa. Avisa o filho que deverá esquecer a colega.

Cátia pede a Gisela que a maquilhe para a festa enquanto esta faz uma promoção a um queijo. Vai comendo o que devia dar aos clientes e Bárbara apanha-a a dar queijo a Cátia para levar para casa e manda-a embora por ser pouco profissional.

Clara e Afonso chegam ao terraço e ao ver a festa sem ninguém e a faixa rasgada, Clara corre para o parapeito e vê o pai caído. Pilar também chega nesse momento e todos se deparam com a morte de Eduardo.

Ricardo procura Mafalda com um presente para Marta. A irmã recusa-se a falar com e a ajudá-lo. Nesse momento recebem a notícia da morte de Eduardo e olham-se em choque.

Diana faz compras despropositadas e apesar de Dolores a tentar chamar à razão, esta não ouve ninguém e começa a achar que está a ser vigiada por dois homens. Sai a correr do supermercado.

Jorge põe em prática a reabilitação de Helena e apesar de todas as dificuldades, esta consegue fazer alguns progressos.

A polícia e alguns jornalistas chegam ao local onde Eduardo morreu e tudo indica que tenha sido acidental. Francisca chega e finge-se surpreendida com o aparato. Até chora quando lhe dizem que o marido morreu. Clara desmancha o seu teatro e revela saber que o pai se ia divorciar dela, deixando todos admirados. Pilar acaba com a discussão, a prioridade é ir falar com as irmãs mais novas. Quando chegam a casa percebem que Daniela saiu de manhã com o pai e ninguém consegue falar com ela.

Lobo tenta arranjar maneira de conseguir ter Clara sob o seu domínio e Ricardo pede-lhe que vá com calma pois a prima acabou de perder o pai.

Clara dá a notícia da morte do pai a Marta que fica completamente de rastos. Quando Francisca se aproxima para a consolar, todos a mandam embora e esta sai, sem contestar.

Diana começa a ter comportamentos obsessivos em relação à sua higiene e toma vários banhos por dia.

Amalia e Edite discutem, uma vez mais, e esta implora à mãe que a perdoe um dia para que não morra zangada com ela.

Nuno tenta aproximar-se de Alice, novamente e fala na sua mãe e no que Alice fez por ela. Quando fala no marido de Alice, esta fica tensa e manda-o embora, dizendo com todas as letras que não está interessada na companhia dele.

Clara começa a ficar mesmo preocupada porque ninguém sabe de Daniela. Marta implora aos irmãos que não a deixem ali com Francisca e estes tranquilizam-na. Clara continua a tentar ligar para o telemóvel de Daniela e Pilar encontra o objeto no terraço. Preocupadas, percebem que a jovem esteve no terraço e que está desaparecida.

Francisca prossegue com o seu papel de viúva desolada. Vicente ironiza e dá a entender que sabe que Eduardo não estava bem com a mulher. Esta fica nervosa quando se coloca a hipótese de Daniela ter assistido a morte do pai e chora lágrimas falsas pelo desaparecimento da jovem. Todos te mobilizam para a procurar.

Pilar chega à sede da PJ e dá a notícia da morte de Eduardo a Manel e Sebastião e do desaparecimento da sobrinha. Ambos ficam sem saber o que dizer e Sebastião repreende Manel por este querer ir ver Clara quando esta o abandonou na morte do seu pai.

nas redes

pesquisar