SIC

Perfil

De segunda a sábado

Resumo: 10º Episódio - 22 de setembro (quinta-feira)

Lobo suborna Afonso para convencer Clara a participar num novo assalto; Francisca promete a Manel que se vai divorciar; Eduardo vê Francisca a bater em Marta

(c).RuiCarlosMateus.1954

Diana desabafa com Clara que se sente infeliz com Ricardo. Esta aconselha a amiga a deixar o primo mas mesmo sem ser amada, Diana não o quer perder.

Lobo vai até à pensão onde Clara e Afonso moram e oferece um computador topo de gama ao jovem com intenção de o fazer convencer Clara a colaborar consigo no seu plano de roubo das jóias.

Daniela tem um discurso crítico em relação aos irmãos mais velhos que estão mais distantes. Marta alerta-a para o facto de estar a ser influenciada pela madrasta.

Depois de fazerem amor, Manel e Francisca conversam sobre a situação em que estão. Francisca pede-lhe mais um tempo para se divorciar e Manel pressiona-a pois não se sente bem a enganar outra pessoa.

Quim e Mafalda jantam e esforçam-se para fazer conversa mas não têm nada nem interesses em comum para falar. Ao fim de algum tempo, param de fingir que querem conversar e assumem que só estão ali pelo sexo. Liliana encaminha-os para o quarto.

Sebastião comenta, invejoso, com Lucas que não sabe como Mafalda anda com Quim. Lucas chama-o à atenção e, enquanto isso, tira uma lamela de comprimidos de efedrina da gaveta. Quando Sebastião lhe pergunta para que são os comprimidos, Lucas inventa que são para a gripe.

Francisca dorme e Manel, acordado e sem sono, recorda Clara e os momentos que viveram juntos. Ainda não a esqueceu.

Clara reage mal quando Afonso conta que Lobo lhe ofereceu um computador. Exige que o irmão o devolva para não ficarem mais em dívida. Afonso triste, reconhece que a irmã tem razão mas custa-lhe não terem a vida que tinham antes.

Na manhã seguinte, Francisca, ainda em casa de Manel, é chamada ao colégio porque Marta foi apanhada a fumar. Apressa-se a ir embora.

Clara devolve o computador a Lobo e garante que assim que tiver a dívida paga, este nunca mais a vê na vida. Além disso, recusa novamente ajudá-lo no roubo das jóias da coroa portuguesa.

Ao pequeno-almoço, Vicente conversa com Pilar sobre a permanência de Teresa lá em casa e Pilar fica logo nervosa com a ideia. Mafalda alegra-se por ter a avó lá e Vicente promete que vai falar com a mãe para que esta não desarrume muito as coisas.

Bárbara questiona Dolores por esta ter alterado o mapa de turnos sem a envolver. Dolores explica que teve de ser porque as pessoas são precisas na festa do bairro. Inconveniente, ainda pede para que a chefe a deixe levar as sobras do supermercado.

Dolores insiste com Nelson para este se atirar a Bárbara mas este não quer nada com a chefe. Preciosa entra para fazer umas compras e Nelson fica vidrado nela.

Miranda recusa-se a fazer a coreografia para as marchas de Alfama e Tomané considera que está tudo perdido. Lembra-se do seu casamento e que esse evento é que ainda vai salvar a festa do bairro. Liliana, nervosa, não tem coragem de lhe dizer que as inscrições já estão fechadas.

Joel repreende Nuno porque este foi para os copos com dinheiro que o pai lhe deu para ir ao supermercado. Quando se recusa a dar-lhe mais dinheiro, este reage com violência e Joel fica triste com a ingratidão do filho.

Alex pressiona Helena para ter uma mota mas a mãe receia que lhe aconteça alguma coisa. Fica de pensar no assunto. Edite liga de São Tomé e convida os sobrinhos a visitarem-na. Helena finge que não está em casa para evitar falar com a irmã.

Gabriel confronta os pais com as contas da roça e percebe que estão em dificuldades. Sente que o curso que está a tirar em Londres é demasiado caro para os pais suportarem.

Manel desabafa com Sebastião sobre Francisca e sente-se mal por ser o outro. No entanto, Sebastião percebe que o amigo ainda não esqueceu Clara.

No colégio, Francisca leva Marta pelo braço para o carro enquanto fala com Eduardo ao telefone a contar o sucedido.

Ricardo e Lobo observam e rondam a joalharia, em preparativos para o assalto. Lobo está convicto que Clara o ajudará.

Já em casa, Marta desafia Francisca que perde as estribeiras e lhe dá um estalo. Eduardo assiste a tudo e proíbe-a de voltar a bater na filha.

nas redes

pesquisar