SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

270º episódio - 25 de julho (sábado)

Catarina descobre que Tiago e Carlota podem ser irmãos!

Catarina fica comovida e apreensiva quando André lhe dá conta da gravidade do estado de saúde de Beatriz, revelando que ela não consegue mexer-se da cintura para baixo. Quando entra no quarto da amiga, Catarina encontra-a deprimida e certa de que agora é que não vai conseguir ficar com André e trata de a animar, dizendo que estará sempre a seu lado para não a deixar desistir. Entretanto, Joana entra no quarto e acusa, tal como Catarina, este reencontro.

Tina elogia Rogério pelo êxito da música inspirada no caso de Adelaide com Agostinho mas o pai pede-lhe que não faça mais letras como a última. O carteiro desvaloriza a fúria da mãe e conta que ela foi desafiada no mercado para mais um jogo de poker e que não acha que ela falte, pois é viciada. Bento aproxima-se da mesa e exige a Rogério que lhe pague a percentagem de lucros que lhe cabe, defendendo que a música lhe foi roubada do concurso de talentos. Rogério concorda com a justiça da reivindicação mas só admite partilhar um por cento do que ganhar e apenas quando tiver contrato com a editora. Bento aproveita-se e diz que já podia estar a dar concertos. Todos troçam dele mas Joni aproveita a ideia para organizar espectáculos através da associação recreativa, com Rogério como cabeça de cartaz. Tina fica ciumenta e Agostinho lembra-lhe que Joni está na presidência da associação por mérito próprio. Entretanto, o padre surpreende tudo e todos quando assume a vontade de dar uma lição a Adelaide, entrando no jogo de poker.

Enquanto Laurinda prepara a sobremesa para o jantar, Eva conversa com ela e Madalena, defendendo com fervor que Daniel nada fez contra Elsa e está a ser acusado injustamente pela miúda. Henrique aparece nesse instante e conta que já foi ver a casa que pretende alugar. Eva fica irritada e repete para os pais que estão a cometer um grande erro ao insistirem na separação. As filhas deixam-nos a sós mas o orgulho não permite que nenhum deles dê o primeiro passo para a reconciliação.

Hugo protesta com Daniel que não o deixa estudar em paz porque está constantemente a mudar o canal da televisão. O irmão manda-o embirrar com Rute e, nesse instante, alguém lhe crava uma faca na porta de casa, prendendo um bilhete que o acusa de ser pedófilo e lhe exige que vá embora. Daniel fica furioso e vai a casa de Júlia, para obrigar Elsa a confessar que o acusou injustamente de a ter atacado. Elsa fica desesperada e começa a chorar, dizendo que vai ligar para a mãe. Daniel arranca-lhe o telefone da mão e insiste para que ela conte às pessoas que mentiu e que ele nunca lhe fez mal. Júlia chega entretanto e como Daniel se recusa a ir embora, dá-lhe um estalo. Ele fica magoado e assegura-lhe que está a cometer um grande erro ao acreditar no que a filha lhe diz.

Leonor confessa a Diogo que está abatida por não conseguir encontrar o filho. O irmão responde que se calhar está na hora de abandonar essa busca e dedicar-se a Carlota. A filha aparece nesse instante e pergunta se Tiago pode jantar com eles. Leonor concorda mas pede-lhe que avise Catarina. Tiago surpreende-os, contando que a mãe está no hospital porque Beatriz teve um acidente, embora não saiba dizer se foi ou não grave.

Amélia conta a André que Antónia acha que ela não se deve entregar por ter matado o pai e que devem pagar a Mateus para que guarde esse segredo. André concorda e Amélia conta ao irmão que Catarina lhe pediu para se encontrar com ela no Salinas por causa de Carlota. Gonçalo aparece nesse momento e quer saber do que se trata, já que também é pai da miúda. Amélia responde que nem bom tio é, quanto mais pai. André decide regressar ao hospital e Gonçalo não resiste a provocá-lo perguntando como é que o caso de Beatriz está a andar. André ignora-o.

No final do jantar de apresentação de Vítor como namorado de Eva, esta defende Daniel que está a ser injustamente acusado de ter tentado abusar de Elsa, dividindo as opiniões na família. Laurinda e Henrique acabam por discutir à mesa, causando incómodo a toda a gente.

Cremilde e Vitória comentam no bar que a música de Rogério não produziu mais danos na vida de Adelaide porque os rumores se viraram para Daniel, acusado de ter tentado abusar de Elsa. Entretanto, na mesa do poker, a decisão final é entre Agostinho e Adelaide. A beata faz a sua aposta e começa a recolher as fichas da mesa. Para surpresa de todos, o padre exibe as suas cartas e ganha a mesa. Adelaide é obrigada por Agostinho a devolver o dinheiro que lhes ganhou no jogo anterior, pois enganou toda a gente ao dizer que não sabia jogar. Vitória fica indignada ao perceber que estão a jogar a dinheiro e alerta para as multas que podem ter de pagar.

Catarina confere nos documentos de Tiago a data e hora do seu nascimento. Perplexa, pede-lhe que no dia seguinte espere que ela acabe de resolver um assunto que tem de manhã e que passe o dia com ela, desmarcando o que tinha com Carlota. O filho estranha o pedido mas aceita o que a mãe lhe propõe. Catarina pergunta se ele não quer dar uma olhadela nas coisas que Margarida lhe deu para conhecer mais da sua família biológica mas Tiago prefere ir dormir.

André desabafa com Nuno, que foi visitar Beatriz ao hospital e conta ao amigo que não tem coragem de acabar tudo com Beatriz, num momento tão delicado em que ela nem sequer sabe se vai voltar a andar.

Gonçalo visita Kika no hotel, irritando Patrícia por isso. Quando ela se mostra desagradada, Gonçalo afirma que tentou falar pelo telefone com a filha e que como não o atenderam, decidiu procurá-la. Kika interrompe a conversa, dizendo-se farta daquelas discussões. O pai vai embora e Kika impõe a Patrícia uma visita ao bairro dos pescadores para estar com a avó Cremilde e Hugo, não sem que antes vão comprar um telemóvel novo. Patrícia, ardilosa, responde que está certa de que é possível descobrirem o telemóvel dela.

Catarina junta Amélia, Leonor e Martim para fazer uma revelação. Gonçalo aparece sem ter sido convidado mas a bióloga acaba por lhe pedir que fique, pois afinal, é o pai biológico de Carlota. Depois de se sentarem todos, Catarina deixa cair como uma bomba que descobriu que Tiago e Carlota podem ser irmãos. Amélia, Martim, Leonor e Gonçalo ficam em choque depois de Catarina fundamentar as suspeitas que tem de que Tiago e Carlota podem ser irmãos. Amélia tem um ataque de pânico e revolta-se contra Leonor e contra Gonçalo. O irmão manda-a acalmar-se e tomar um comprimido, já que não tem estofo para suportar aquela conversa. Martim decide levar a ex-mulher para o seu gabinete no hotel, na tentativa de a acalmar. Catarina diz que vai falar com Tiago e Leonor com Carlota, para que se mantenham separados até que os testes de ADN que têm de fazer esclareçam se são ou não irmãos.

Amélia fica irritada quando Leonor aparece no gabinete de Martim com Catarina e acusa a mergulhadora de ser a responsável por tudo o que de mal tem acontecido a Carlota e exige ser ela a falar com a filha. Martim contraria-a e decide que será ele a acompanhar Leonor na conversa com Carlota, impondo a Amélia que vá para casa. A sós com Catarina, Amélia chora convulsivamente, enquanto a amiga a conforta.

Martim assume perante Leonor que vai permitir que ela assuma a tutela legal da filha e ela promete-lhe que nunca o afastará da filha nem das decisões que tiverem de tomar em relação a ela.

Rafael vai ter com Tiago a casa e explica-lhe que extorquiu dinheiro a Carlota para evitar que o pai, toxicodependente apanhasse uma tareia por dever dinheiro a um traficante de droga. Tiago perdoa-lhe o que fez e dispõe-se a ajudá-lo a encontrar uma solução no centro de acolhimento, para conseguir afastar o pai da droga e curá-lo no centro de desintoxicação.

nas redes

pesquisar