SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

265º episódio - 20 de julho (segunda-feira)

Martim descobre que Amélia está envolvida na invasão à casa de Leonor!

Jose Pinto Ribeiro

Adelaide leva todos à falência na mesa de poker e exige a Bento que pague a aposta, afastando-se de Cremilde. O peixeiro confessa que não sabe se conseguirá e Tina intercede a seu favor. Adelaide mantém-se intransigente e Joni levanta a dúvida se ela não será uma profissional do poker.

Laurinda torce o nariz ao novo desafio profissional de Vitória, embora esteja radiante por poder tomar conta do neto. Nem Eva escapa à alçada da mãe que continua a pressioná-la para que tenha um filho.

Sílvia trabalha de mau humor na fábrica e responde quase por favor a Idalina e a Rute que o estágio no hotel acabou mas sem explicar porquê. Idalina descobre que Rute acaba de receber uma mensagem de Messias mas ela diz que ele apenas quer que lhe devolva a camisola do Vitória e que a vai trazer para que ela a entregue ao filho, porque não quer mais contactos com ele.

Tiago conta a Carlota que Rafael não dormiu no centro de acolhimento e mostra-se convicto de que ele só se aproximou dela para lhe extorquir dinheiro. Tiago promete apanhá-lo.

Entretanto, Leonor mostra a Carlota a notificação para irem ao tribunal decidir com quem ela vai ficar a viver. Depois do escândalo que foi a festa de apoio a Elsa, Leonor teme que o juiz não leve em conta a vontade da filha de viver consigo e Carlota fica apreensiva.

Martim percebe que Amélia nunca ficou preocupada com o perigo que Carlota e Kika podiam estar a correr na festa em casa de Leonor e pergunta-lhe se foi ela que mandou os rufias em casa da mergulhadora. Amélia fica muito atrapalhada e deixa escapar que alguém tinha de fazer alguma coisa para provar que Leonor não é capaz de tomar conta da filha. Martim pressiona Amélia e obriga-a a confessar que foi ela quem contratou os jovens arruaceiros para desestabilizarem o encontro de amigos que Carlota organizou em casa de Leonor. Depois de a repreender com dureza, o ex-marido assegura que vai defender em tribunal que a guarda da filha deve ser confiada a Leonor. Amélia fica frustrada e vai contar a Patrícia que o plano que idealizaram falhou e que Martim se recusa a levar ao tribunal de menores as fotografias tiradas na festa, que podiam levar o juiz a pensar que Leonor seria uma mãe negligente. Patrícia fica furiosa mas pensa primeiro em livrar a sua pele, certificando-se de que ninguém sabe do seu envolvimento para afastar Carlota de Leonor e conseguir recuperar a custódia de Kika. Amélia garante que não a comprometeu e pede ajuda para se reaproximar da filha. Patrícia finge estar solidária, mas está apenas preocupada em ficar com Kika.

Gonçalo vai a casa de Leonor quando ela se prepara para ir trabalhar no centro de mergulho e ela aproveita para lhe contar que Martim ficou furioso quando soube que a festa em que Carlota esteve ali em casa teve álcool e drogas, temendo que ele use essa informação para afastar a filha dela. Gonçalo desvaloriza e dá conta de que Irene e Rui serão apoiados pela Fundação Queiroz, com trabalho para a mãe, escola para o filho e casa para os dois. Leonor sorri a Gonçalo, grata pelo seu esforço.

Martim procura Leonor no centro de mergulho e vai embora desapontado por saber que ela ainda não chegou. Entretanto, Júlia conta a Nuno que Elsa parece estar a retomar a vida normal, penalizando-se por nunca ter detetado as verdadeiras intenções de Daniel para com a filha. Nuno não toma partido e apenas se dispõe a ajudar no que for preciso, deixando Júlia envergonhada ao dizer que ela não pode deixar de sorrir porque fica muito melhor assim.

Vitória confessa a Madalena que ficou com o coração partido quando deixou João Henrique na casa de Laurinda para ir trabalhar ali no hotel. Entretanto, Madalena esclarece que Sílvia foi despedida por ter beijado Diogo em pleno serviço, à frente da hóspede que ia entrar no quarto. Nesse instante, Martim aproxima-se delas, algo enervado. Vitória agradece-lhe a oportunidade que lhe está a dar por trabalhar na cozinha do Salinas. Madalena pede-lhe que reconsidere o despedimento de Sílvia mas Martim não muda a sua decisão e reafirma que ela teve uma conduta imperdoável.

Sara fica desiludida depois de fazer mais um teste de gravidez com resultado negativo e força Filipe a fazer testes de fertilidade para saber se ele ou não estéril. O marido aceita tirar as dúvidas, mas muito contrariado.

Joni paga penosamente a aposta que fez com Tina e carrega-lhe o gelo para a banca do peixe. Quando Cremilde chega ao mercado, sussurra a Tina que, no café, o mulherio só fala nas declarações de amor que Bento lhe fez com as cartolinas. Ele aproveita para voltar a tentar a sua sorte, lembrando-lhe os poemas que já lhe dedicou. Cremilde ameaça cortar-lhe a língua mas o peixeiro não desarma e aproveita a ida de um freguês às bancas em busca de sardinhas, para ter mais uma ideia para reconquistar a sua pescadinha.

Carlota mostra-se impaciente por não conseguir que Rafael lhe responda às chamadas nem às mensagens, mas insiste em contactá-lo. Tiago aconselha-a a não ser impulsiva e avisa-a que não deve dar mais dinheiro ao rapaz, só por desejar tanto que ele seja seu irmão.

Leonor vai a caminho do gabinete de Martim quando Beatriz a interpela para dizer que ela tinha razão e que não há motivos para temer que ela lhe roube André. A mergulhadora, desconfortável com a conversa, confirma o que Beatriz quer ouvir e vai ter com Martim. Acaba por ficar surpreendida quando ele pede desculpa por a ter responsabilizado injustamente pelos incidentes que Carlota viveu lá em casa durante a festa com os amigos, confessando ter descoberto que foi Amélia quem esteve por trás de tudo. Leonor fica indignada mas aceita não agir contra Amélia para não perturbar a filha.

Vitória fica eufórica ao cruzar-se na cozinha do Hotel Salinas com o chef que há muito é o seu ídolo, combinando com ele trocar ideias num futuro próximo. Entretanto, o dia revela-se extraordinário quando João aparece para provar as iguarias que ela preparou e se mostra orgulhoso do trabalho da filha. João conta a Vitória que levou Henrique para almoçar consigo, já que ele está com problemas em casa.

Entretanto, Madalena vê que o pai está no hotel e vai falar com ele, culpando-se por ter feito com que ele e a mãe tenham decidido separar-se por causa da relação dela com Sebastião. O pai trata de lhe tirar tal ideia da cabeça, assumindo que o casamento com Laurinda chegou ao fim por outras razões. Madalena fica triste com a situação.

Adelaide quase morre de comoção quando Cremilde a põe a ouvir a música que Rogério gravou para uma rádio, inspirada na relação que ele teve com o padre Agostinho. Adelaide tenta silenciar a telefonia mas só o consegue desligando-a bruscamente da corrente. No entanto, estremece e apercebe-se que é tarde demais, quando Tina irrompe pela casa a avisar que a música do tio é um sucesso e já deve estar nas redes sociais.

nas redes

pesquisar