SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

Hoje em Mar Salgado: Irene é espancada pelo marido!

Sem lar, ela acusa Leonor de lhe ter destruído a vida!

Jose Pinto Ribeiro

Martim visita Amélia porque foi informado de que ela o procurou no hotel. A ex-mulher conta-lhe que foi falar com Leonor para lhe pedir que desista de pedir a guarda de Carlota, uma vez que não consegue evitar a obsessão da filha que continua desesperadamente à procura do irmão gémeo. Martim fica desagradado com a iniciativa de Amélia e faz-lhe ver que só consegue fazer com que a miúda se afaste mais deles. Amélia aceita ficar calada e quando Martim faz menção de sair, pede-lhe para jantarem juntos, pois já não suporta a presença de Gonçalo à mesa.

Kika namora com Hugo e confessa-lhe que prefere estar com o pai do que com a mãe, depois de conhecer todos os sarilhos em que ela se meteu. O namorado é carinhoso e lamenta que ela não tenha ido viver com Cremilde, pois adorava tê-la como vizinha. Daniel chega a casa, ainda perturbado pelo incidente com Elsa e aproveita para tentar perceber com Hugo e Kika o que se passa com a filha de Júlia para ter mudado tanto os seus comportamentos. Hugo adianta que ela só se dá com miúdas mais velhas.

Irene procura Júlia e pede-lhe que convença Carlota a dizer a Rui que o teste de ADN que mandou fazer com os seus cabelos deu resultado negativo, pois receia que o marido descubra que ela o enganou e Rui é filho de outro homem e não seu. Júlia promete falar com Leonor e com Carlota. Depois de a amiga da mãe ir embora, Elsa aparece vinda do quarto e finge estar abatida. Júlia diz-lhe que vai ter de sair para falar com Daniel e esclarecer o que lhe passou pela cabeça quando tentou beijá-la. Elsa fica muito enervada, pois sabe que a mentira que contou vai ser descoberta.

Mateus fica revoltado com Vitória porque ela prefere que seja a sua antiga ama a tomar conta do filho em vez dele. Vitória lembra-lhe que o importante é começar a trabalhar na loja de informática, tal como se tinha comprometido. Ele ainda protesta, mas em vão.

Rute entra no bar e pede um café. Quando percebe que vai ser servida por Messias, dá-lhe um sermão, acusando-o de ter feito tudo para que ele escapasse à prisão e ele nem sequer lhe agradeceu, preferindo ir jogar futebol como os amigos. A discussão endurece e Rute chama-lhe burro, deixando Messias zangado.

Júlia pergunta a Daniel se é verdade que tentou agarrar e beijar Elsa. Ele fica escandalizado e conta que foi atraído pela miúda e que foi ela que tentou beijá-lo. Daniel afiança que nunca desrespeitou Elsa e pede a Júlia que não permita que ela os afaste com as suas infantilidades. Júlia sai da casa de Daniel cabisbaixa e pensativa.

Antes do jantar em casa do mestre João, Leonor faz uma visita a Cremilde e Tina, comentando as três a sua ida à televisão, em busca do filho. Kika regressa de casa de Hugo e conta que a audiência do poder paternal correu como estava à espera, uma vez que ficou à guarda do pai. No entanto, confessa que preferia ter ficado ali com a avó Cremilde mas que o juiz não deixou pelo facto de a casa não ter as condições exigidas. Leonor reafirma que a receberá sempre com gosto para estar com ela e com Carlota e pergunta se ela tem acompanhado o que estão a fazer para encontrarem o gémeo. Kika não esconde que já está farta de que toda a gente passe a vida a falar-lhe do assunto, principalmente o pai, Gonçalo.

Madalena desabafa com Sara e Eva, sem esconder que está zangada com Sebastião por ele se estar a desfazer em atenções para Camila, a filha do amigo que ela teme que lhe roube o namorado. Eva aconselha-a a colocar Camila no lugar e Sara reforça que o escritor já aguentou muita coisa que prova que gosta dela. Entretanto, Laurinda e Henrique aparecem-lhes quase ao mesmo tempo e deixam claro que ainda estão zangados um com o outro. Eva fica preocupada e comenta que nunca os viu assim.

Filipe pede ajuda a Mateus para pôr a mesa do jantar. O irmão aproveita para se queixar das exigências de Vitória, que o obrigou a ir trabalhar numa loja de informática, claramente insuficiente para as suas capacidades. Entretanto, pede a Laurinda que fique a tomar conta do filho enquanto Vitória estiver no hotel a trabalhar mas a mãe dispara que se ela quisesse ajuda teria pedido. Quando Henrique se assoma à cozinha, o casal anuncia que decidiu separar-se. Mateus reage com alguma indiferença e Eva ameaça calá-lo à força. Madalena culpa-se pela crise conjugal dos pais, mas Henrique clarifica que ela nada tem a ver com eles. Depois de Henrique sair para jantar, Laurinda desaba a chorar e é abraçada por Eva.

Tina brinca com Kika e diz-lhe que se Hugo não se portar bem o vai meter na ordem. Adelaide protesta e exige que ela não incentive a sobrinha a namorar. Tina responde à avó que a miúda, pelo menos, não está a cometer qualquer pecado. Kika ri da picardia entre a tia e a bisavó. Entretanto, Bento bate com insistência à porta, implorando a Cremilde que o receba. Ela manda-o embora, mas Tina fica condoída e vai abrir. Bento pede-lhe ajuda para que o ajude a reconquistar a menina pescadinha, entregando-lhe o bolo de chocolate que lhe comprou. Adelaide, provocadora, pergunta-lhe se a padeira também gostava de chocolates mas o peixeiro não se atemoriza responde que não, mas que o padre deve gostar, questionando se ela, a beata, costuma ir levar-lhe os chocolates à sacristia. Adelaide fica furiosa mas Tina lembra à avó que foi ela quem começou a “picar” e aceita ajudar Bento. Depois de ele ir embora, Adelaide tenta agarrar a caixa do bolo, mas Tina manda-a arranjar um Bento só para ela.

Catarina conversa com Nuno e conta-lhe que a sua promoção foi travada, porque uma colega que também está interessada no seu novo lugar, foi dizer ao diretor do instituto que ela é gay. Apesar de tudo, a bióloga acredita que a atual chefe tudo fará para que ela seja a escolhida para a substituir. Joni chega entretanto com Tiago e mostra o cartaz que este produziu para a associação, a anunciar o torneio de poker que vão organizar. O peixeiro prepara-se para não pagar o trabalho mas Tiago não vai na conversa e até o obriga a regatear.

Patrícia cruza-se com André e Beatriz e trata logo de provocar a rival, convidando o ex-cunhado para uma rápida reunião de trabalho. Beatriz reage e revela em primeira-mão que ela e André decidiram casar. Patrícia engole em seco e retira-se, tentando disfarçar a raiva que sente.

Já no quarto do hotel, Beatriz pede desculpa a André por ter provocado Patrícia anunciando-lhe que eles vão casar e ele compreende a sua reação, mas pede-lhe que acabe com as provocações. Beatriz entusiasma-se com os preparativos do casamento mas André trava-lhe o entusiasmo e diz que não quer casar à pressa, lamentando que Antónia esteja presa.

Leonor e Carlota jantam em casa do mestre João com ele, Idalina e Pedro. A conversa gira à volta da ida de Leonor à televisão para tentar encontrar o filho. Carlota sussurra a Pedro que ainda falta sair o resultado do teste de ADN de Rui.

Entretanto, Irene é espancada pelo marido, que por causa dos rumores de que Rui poderia ser filho de Leonor, descobriu que a mulher o traiu e o rapaz é fruto de um caso que ela teve com outro homem. Júlia leva Irene para casa e pede a Elsa que vá buscar Rui ao clube onde pratica judo. Irene conta a Júlia como é que o marido descobriu que ela o traiu e sem sítio para morar, pensa pedir ajuda ao padre Agostinho.

Daniel regressa a casa, ainda irritado com a armadilha que Elsa lhe montou e embirra com Rute. Sílvia percebe que o nervosismo do irmão não é normal e consegue que ele lhe conte que a miúda o tentou seduzir.

Apesar de já não ter a guarda de Kika, Patrícia vai a casa de Cremilde levar um bolo para comerem como sobremesa. É mal recebida quer pela mãe, quer por Tina e Adelaide. Ao perceber que a filha não está, Patrícia diz que não está para ser insultada e faz menção de ir embora. No entanto, os encontros desagradáveis não param e esbarra em Gonçalo. Ele não gosta de a ver ali e lembra-lhe que ainda pode perder o direito de ver a filha aos fins-de-semana, se continuar a não cumprir o que o tribunal estabeleceu. Cremilde e Adelaide lamentam que Kika tenha estes pais.

Na Lataria, Tina escarnece do cartaz que Joni colocou a anunciar o torneio de poker. Numa das mesas, Irene pede ao padre Agostinho que a ajude a arranjar um quarto em conta onde possa morar com o filho, depois de ter saído de casa, sovada pelo marido. Leonor entra com Carlota no bar e Irene, assim que as vê, vai ter com elas e acusa Leonor de lhe ter destruído a vida por ser louca. No momento em que Patrícia e Gonçalo estão a entrar, Carlota grita para Irene que louca é ela, pois invadiu-lhes a casa e ameaçou-as com uma arma. O choque é geral, principalmente para Patrícia e Gonçalo.

nas redes

pesquisar