SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

256º episódio - 9 de julho (quinta-feira)

André declara-se a Leonor, mas ela rejeita-o por Carlota!

Laurinda procura saber junto de Sara se Eva namora mesmo com Magalhães mas a nora apenas diz que ela aparenta gostar dele. Laurinda acaba por se ir deitar e Sara pressiona Filipe para irem para o quarto para voltarem a tentar que ela engravide.  

Madalena culpa-se pelas discussões que os pais têm tido, reconhecendo que se não namorasse com Sebastião seria diferente. Vitória afirma que ela não tem culpa de nada e conta que os seus pais também têm andado nervosos por causa do julgamento de Messias. Madalena confia que ele será absolvido e aproveita para contar à amiga que Martim está a pensar nela para chef residente do Hotel Salinas. Vitória fica radiante e promete encarar essa possibilidade logo que o filho lhe permita ter mais disponibilidade.  

Diogo abraça e beija Sílvia, orgulhoso pela oferta de emprego que lhe fizeram no hotel, assim que acabe o estágio que está a fazer. Ela mostra-se modesta e quando Rute dispara que ela os enganou bem, Sílvia diz que trabalhou muito e não se meteu em sarilhos nem intrigas. A irmã sugere-lhe que, agora que melhorou a vida, comece à procura de casa e Diogo fica muito satisfeito com a ideia. Como de costume, Rute não se esquece de dizer que está muito ansiosa com o julgamento de Messias.  

Leonor esforça-se por disfarçar a sua angústia perante Carlota, quando a filha reafirma que iria odiar se ela e André se envolvessem novamente.  

Beatriz vai ter com André a casa dos Queiroz na esperança de o levar consigo para o hotel mas ele consegue resistir, reafirmando que tem de ficar perto da família. A namorada vai embora e Amélia cruza-se com ela e explica ao irmão que foi jantar com Martim, por não suportar a presença de Gonçalo. André tranquiliza-a e conta que fez Carlota prometer que não se vai envolver exageradamente na procura do irmão e que ela aceitou ir lá a casa para tomarem o pequeno-almoço no dia seguinte.  

Só que o pequeno-almoço acaba por se tornar infernal para Amélia que se envolve em mais uma discussão com Gonçalo, que a acusa de ter destruído a família, insinuando que mais tarde ou mais cedo perderá a filha. Amélia tenta agredi-lo mas o irmão segura-lhe a mão e vai embora, deixando-a arrasada.  

André vai ter com Leonor para lhe reafirmar o seu amor, depois de se terem envolvido de novo. Ela deixa-o de lágrimas nos olhos ao dizer com determinação que, apesar de o amar para sempre, vai ter de escolher preservar a felicidade da filha. André fica destroçado. 

Apesar da insistência de André para que Leonor assuma de vez o amor que sentem um pelo outro, ela reafirma que Carlota jamais aceitaria que eles ficassem juntos, recusando-se a perder a filha por ele. André vai embora destroçado, depois de Leonor afirmar que jamais poderão ser felizes juntos. Assim que ele sai do centro de mergulho, Leonor chora convulsivamente e é consolada por Júlia que acaba de chegar e encontra a amiga em grande desespero.  

Amélia visita Antónia na cadeia e fica alarmada ao ver que a mãe tem a cara com visíveis marcas de agressão. Perante o desespero da filha, Antónia vê-se forçada a dizer que se ela não se controlar irá proibir as suas vistas.  

André confronta Beatriz com o facto de ela ter ido falar com Leonor ao centro de mergulho e a namorada acaba por lhe confessar as suas inseguranças. Ele não gosta dos ciúmes que Beatriz sente e afirma que as coisas não estão a resultar entre eles. Ela fica preocupada e beija-o, quase que implorando que a desculpe, prometendo mudar.  

Madalena está de saída para o trabalho e não gosta de saber que Sebastião aceitou receber Camila ali em casa para uma entrevista que a filha do amigo está a fazer para a sua tese de mestrado. O escritor desvaloriza o assunto e Madalena lamenta que ele não possa almoçar com ela por causa daquele compromisso.  

Entretanto, pela cidade de Setúbal começam a aparecer cartazes com o retrato robô do gémeo de Carlota com a pergunta “Sou filho da Leonor?” e no mercado Cremilde comenta com Tina que o sofrimento daquela mãe mete dó. A filha diz que Leonor é muito persistente. Quando chega à banca, Tina troça de Joni e da sua iniciativa de organizar um jogo de setas. Cremilde interrompe a picardia e consegue falar ao coração de Tina, convencendo-a a ir almoçar a casa dos Queiroz para agradar a Kika. Entretanto, Bento faz mais uma ofensiva para ganhar o perdão de Cremilde e mostra-lhe a certidão do seu divórcio de Maria, oferecendo-lhe o documento de presente. A peixeira reage mal e corre com ele, depois de o acusar de maltratar os gatos da mulher só para se ver livre dela. Bento tenta defender-se mas em vão.  

Adelaide desabafa com Agostinho as suas mágoas pelas consequências do caso que tiveram mas ele prefere olhar para o futuro, certo de que ainda vão ser felizes juntos, logo que o Vaticano o liberte das suas obrigações como padre.  

Vitória recusa-se a fiar comida e bebida a Mateus e obriga-o a candidatar-se a um emprego como técnico de informática. Ele ainda tenta esquivar-se mas, sem dinheiro, acaba por aceder.  

Eva confessa a Sara que se envolveu com Magalhães mas insiste em dizer que a sua prioridade é concluir o curso que está a tirar.  

Patrícia fica atónita quando Amélia lhe confessa que foi ela quem atropelou mortalmente o pai e que a mãe está presa injustamente pelo crime que não cometeu. Patrícia esconde de Amélia um sorriso de satisfação, enquanto finge animá-la, garantindo que o seu segredo vai ficar muito bem guardado.  

nas redes

pesquisar