SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

248º episódio - 30 de junho (terça-feira)

Patrícia volta a tentar a sua sorte com André!

Diogo aconselha a irmã a desistir das conversas com as mães dos miúdos que potencialmente podem ser o filho que procura e sugere fazer um retrato robô, partindo das feições de Carlota. Leonor aprecia a ideia.

Gonçalo volta a insinuar a Kika que Patrícia está no Dubai com André mais a divertir-se com ele, do que a trabalhar. A filha fica triste mas Gonçalo desafia-a para assistirem juntos a uma série, pois decidiu não ir trabalhar e ficar a fazer-lhe companhia. Kika fica sorridente.

Patrícia aproveita a boa disposição que o champanhe provoca e começa progressivamente a seduzir André, aproximando-se dele com uma alça do vestido já descaída, sugerindo que ao menos por uma noite se possam amar. André fica sem saber como reagir. 

André rejeita Patrícia e lembra-lhe que tinham combinado não misturar trabalho e prazer. Ela mostra-se arrependida por tê-lo assediado e diz que não voltará a acontecer.

Martim recrimina Carlota por Tiago ter andado à pancada na escola para a defender, como resultado do vídeo que ela publicou e insiste para que ela deixe de procurar o irmão. Carlota encaixa o sermão e pede para voltar a morar com Leonor. O pai não vacila e diz que o melhor é irem fazer uma viagem juntos para que ela se afaste uns tempos dos problemas. A miúda acusa-o de estar cada vez mais histérico e parecido com Amélia.

Diogo conta animado que André fechou no Dubai mais dois contratos que permitem salvar a empresa. Leonor sublinha a ironia de ele ter viajado para lá na companhia de Patrícia.

Sílvia chega a casa de Leonor para passar a noite com Diogo e fica aborrecida por Diogo não ter avisado a irmã. Ele desvaloriza o incidente e beija-a.

Daniel vai a casa de Júlia convidá-la para um café. Ela fica envergonhada e recusa, mandando Elsa para a cama, pois quer falar com ele a sós. A filha obedece contrariada mas fica a escutar a conversa. Daniel confessa que o convite para o café foi só um pretexto para a ver e esboça a intenção de a beijar. Júlia acaba por se afastar e confessa que não está preparada para ter ninguém. Elsa fica satisfeita com o recuo da mãe, pois está apaixonada por Daniel e quere-o para si. Ele condescende em ficar apenas como seu amigo.

Rute confessa a Tina que está aflita com a possibilidade de Messias vir a ser preso por muitos anos e reconhece que gosta mesmo dele. A peixeira troça da fraqueza da amiga enquanto vê a sorrir as fotografias de Joni, que ficou nu na rua. Daniel regressa a casa e conta que o julgamento no tribunal correu muito mal a Messias, pois para além de se ter baralhado ainda teve Marafona, o verdadeiro traficante a garantir que ele também participou no crime.

Sebastião fica irritado porque a sua editora quer que ele dê um workshop de literatura. Madalena recusa-se substituí-lo e convence-o a aceitar o trabalho, pois é a ele que os seus leitores querem ouvir. Entretanto, o escritor pergunta se ficou tudo bem entre os pais dela, depois de Henrique se ter recusado a jantar com ele. Madalena conta que os pais tiveram uma discussão feia e que pela primeira vez em tantos anos de casamento, ele dormiu na sala. Madalena assume que não se perdoará se os pais se separarem.

Sara mete-se com Eva e regista que ela agora até já aceita fazer mergulho com o oficial da Marinha. Eva não assume o interesse que sente por Magalhães mas fica enciumada quando Mateus diz que ele é o homem mais cobiçado no bar, embora não dê troco a mais nenhuma mulher.

Henrique anuncia a Mateus que no dia seguinte ele e Filipe precisam de uma mesa na Lataria para almoçarem com o mestre. Mateus impõe-lhes que marquem através da aplicação que criou no computador, mas Henrique assume que não percebe nada do assunto. Sara chama todos para jantar mas Henrique diz que não vai comer. Filipe acha que a discussão dos pais foi séria e Eva concorda com o irmão. Só Mateus opina que o problema não é assim tão grave.

Maria faz um ultimato a Bento e diz que se não deixar a porta do quarto aberta para ela entrar durante a noite, pode ir começando a pensar em pagar o que lhe deve. Sem que ele consiga dizer nada, ordena-lhe que agarre nas velas para irem levar o bolo à sala e cantar os parabéns a Joni. Este continua cheia de alergias e exige a Nuno que expulse de casa os gatos de Maria. O senhorio assevera que já a intimou a isso e Tiago troça de Joni ao ver as fotos em que aparece nu. Catarina junta-se à paródia e todos juntos começam a cantar os parabéns ao peixeiro, que não esconde a sua comoção.

 

Amélia enerva Martim porque quando ele conta que tenciona viajar com Carlota, ela propõe ir com eles, como se estivessem outra vez todos juntos. O ex-marido lembra que o beijo que trocaram não teve qualquer significado e que não voltará a juntar-se com ela.  

Antónia pede emocionada a Cremilde que tome conta da neta quando ela perder a sua guarda, pois está próximo o julgamento pela morte de Frederico. Kika aparece entretanto e convida a avó Cremilde a levá-la à escola. Antónia controla o choro.  

Enquanto Kika se prepara para ir para a escola, Cremilde fica à conversa com Gonçalo que lhe assegura que não vai haver guerra pela guarda da filha, pois já avisou Patrícia que se o combater, contará a toda a gente que ela engravidou do sogro e que abortou a seguir. Cremilde encaixa o murro no estômago e perde a vontade de continuar a conversa, avisando Gonçalo de que tem de mimar a filha e não arranjar-lhe mais problemas. Kika implora à avó que a acompanhe à escola, quando ela já se preparava para regressar de táxi.  

Amélia procura Leonor no centro de mergulho e critica-a, acusando-a de colocar Carlota em perigo, envolvendo-a na busca insana de um filho que pode até estar morto. Leonor perde a cabeça e discute com Amélia, chamando-lhe desequilibrada. Furiosa, depois de saber que Martim tenciona afastar a filha levando-a numa viagem, a mergulhadora vai procurá-lo mas fica frustrada porque Teresa informa que ele está numa reunião e pediu para não ser interrompido.  

Joni jura vingança contra Tina por tê-lo exposto nu perante o bairro inteiro. Bento chega ao mercado todo arranhado e cheio de tintura para desinfetar as feridas. Tina fica admirada e ele justifica-se dizendo que está naquele estado porque resistiu a uma ofensiva de Maria ao seu quarto durante a noite. Tina pede ao peixeiro que lhe olhe pela pedra e vai embora. Joni pede-lhe o mesmo para ir buscar farinha para de vingar de Tina. Bento fica à toa, dizendo que não pode estar em dois sítios ao mesmo tempo.  

Agostinho convence Adelaide a fazer vida com ele, mas a condição que impõe é que ele aguarde que a igreja o liberte do sacerdócio. O padre segura-lhe nas mãos emocionado.  

nas redes

pesquisar