SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

220º episódio – 28 de maio (quinta-feira)

Martim acaba com Leonor!

(c).RuiCarlosMateus.1954

André regressa à empresa muito animado e conta a Diogo que existe um investidor mistério que quer comprar 51% da hAPPy. No entanto, não sabe ainda se deve aceitar a proposta.

André decide vender a maioria da sua empresa, entusiasmado por ter um investidor que a salve e agradece a Diogo por ter ficado a seu lado até ao último momento. O irmão de Leonor fica feliz com o elogio.

Carlota está entusiasmada por voltar a mergulhar com Leonor e Martim. Eles disfarçam o mau estar que se instalou e tentam que a filha não desconfie que não estão bem um com o outro. O constrangimento aumenta quando Carlota reafirma que quer encontrar o corpo do irmão que perdeu.

Catarina fica abismada quando Beatriz conta que se envolveu com André e reconhece que foi falar com ela porque Antónia lhe pediu. Beatriz pede à amiga que tranquilize a família Queiroz e que lhes diga que não quer destruir a empresa de conservas, mas sim expandir o seu negócio.

Amélia protesta com Gonçalo por estar a envolver Carlota na procura do irmão que morreu. Gonçalo prefere deixar claro que a sua grande preocupação é ter de enfrentar o julgamento como principal suspeito de ter matado o pai, jurando não ter cometido tal crime. Amélia fica incomodada, pois sabe que foi ela quem atropelou Frederico. Kika vê que o pai a foi visitar e pede-lhe que jante consigo. Ao perceber a alegria da neta por ter o pai ao pé de si, Antónia diz que Gonçalo pode ficar.

Nuno lamenta ter permitido que Mateus ficasse a morar em sua casa e André conta ao amigo que vai vender parte da empresa para a salvar e que já se envolveu com Beatriz.

Sebastião tenta fazer as pazes com Madalena mas ela continua magoada e não cede até que ele lhe peça desculpas por ter recusado escrever um romance a meias com ela.

Sara, desabafa com Eva a mágoa que sente por não ter o apoio de Filipe depois de ele ter sabido que ela abortou antes de começarem a namorar. A cunhada pede desculpa por ter falado demais ao irmão e Sara mostra-se cada vez menos confiante de que consiga engravidar outra vez.

Laurinda culpa Filipe por se ter desentendido outra vez com a mulher mas ele conta à mãe, que desta vez ela é que o traiu. A mãe toma de novo o partido da nora, mesmo quando o filho conta que ela abortou quando era nova e que lhe escondeu o facto a vida toda.

Depois de Daniel, Sílvia e Hugo saírem para as compras, Rute fica sozinha e abre a porta a Rogério. Este tenta seduzi-la, mas ela esquiva-se sem perceber as suas verdadeiras intenções.

Cremilde arde de ansiedade antes de sair com Bento e Tina tenta sossegar a mãe. Adelaide fica curiosa ao ver a ex-nora tão bem vestida e censura-a, por aceitar sair com ele.

Bento vai buscar Cremilde a casa e Adelaide acusa-o de ter reativado o jogo do peixe na internet. Bento nega tudo e sai de casa muito animado com Cremilde, esforçando-se para que ela não saiba o que ele estava a falar com Adelaide.

Gonçalo conversa com Kika e confessa-se empenhado em descobrir a campa do filho, gémeo de Carlota. A filha comenta com o pai que o julgamento de Patrícia foi adiado e ambos concordam que com a morte da principal testemunha, dificilmente ela será condenada. André chega nesse momento e Gonçalo encaminha-o até à estufa para o avisar de que sabe que ele anda com Beatriz e de que não vai facilitar a vida à mulher que lhes quer destruir a família. André recomenda ao irmão que faça bom uso dos cinquenta por cento que detém na empresa. De seguida, enfrenta as desconfianças da mãe, pois Antónia está perplexa com a sua relação com Beatriz, temendo que seja ela a investidora que se propõe comprar-lhe a hAPPy.

Carlota mostra um grande entusiasmo depois do mergulho que fez com os pais e insiste com Leonor e Martim para que marquem uma data para casarem, sugerindo locais paradisíacos para a lua-de-mel. Martim fica constrangido mas Leonor afirma que vai tratar do assunto, assumindo que faz tudo para ver a filha feliz. Martim estranha a disponibilidade de Leonor.

 

Vitória chora descontrolada por não conseguir que o filho pegue no seu peito para mamar. Idalina ajuda a filha e Messias apoia ambas.

Clara termina tudo com Joni e diz que o faz porque ele não lhe pediu uma única vez para desistir de ir trabalhar para Coimbra. O peixeiro queixa-se de que ela o colocou entre a espada e a parede e Clara responde que ele, infelizmente, escolheu a parede.

Bento e Cremilde superam todos os receios que têm para se envolverem e caem na cama a trocar carícias ternas e apaixonadas.

André confirma que não é Beatriz que lhe quer comprar a empresa e ela fica desiludida porque ele recusa subir ao seu quarto, revelando que Gonçalo os tem sob vigilância.

Martim conversa com Leonor e termina tudo com ela, fazendo-lhe sentir que não podem casar, apenas para agradar a Carlota.

Martim explica a Leonor que querer casar só para dar uma família a Carlota não é razão suficiente e leva-a a concordar que o melhor é que cada um siga o seu caminho. Leonor fica a chorar depois de Martim se ir embora, também emocionado com a conversa que teve com ela.

Sem imaginar que Martim e Leonor decidiram afastar-se, Amélia chora em grande sofrimento, pois em conversa com Carlota ficou a saber que Leonor e Martim decidiram marcar a data do casamento. Antónia conforta a filha que lhe confessa não conseguir imaginar ver Leonor com a família que já foi sua.

Pouco a pouco, Gonçalo vai reconquistando a confiança de Kika e aproveita para a fazer acreditar que não violou Patrícia nem Helena, tal como está inocente de ter matado Frederico. A filha diz que acredita nele e até coloca a hipótese de a avó Antónia o deixar voltar para casa.

nas redes

pesquisar