SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

202º episódio – 7 de maio (quinta-feira)

Gonçalo é desmentido à frente da família pelo advogado do pai

Catarina fica radiante ao ver que Tiago está a fazer novos desenhos e por ele aceitar trabalhar para a revista que o contactou. Para não dar o braço a torcer, Tiago finge alguma indiferença mas não consegue disfarçar o seu empenho.

Hugo tenta confortar Pedro depois da discussão que o amigo teve com Elsa e serve-lhe um sumo na Lataria. Pedro está convencido de que o namoro vai acabar e Hugo desvaloriza o assunto, dizendo que há muitas raparigas livres. Como no seu caso, pois já esqueceu a paixão por Tina e voltou a passear com Kika.

Messias afoga as mágoas em cerveja, depois de não o terem deixado participar nos treinos de captação do Vitória de Setúbal, por já não ter idade para isso.

Hugo vê Tina entrar na Lataria e vai pedir-lhe desculpa pelo transtorno que lhe causou enquanto foi seu admirador secreto. Joni ouve a conversa e troça de Tina, deixando-a furiosa.

Sara fica furiosa quando descobre que Filipe conseguiu um crédito à habitação para comprar uma vivenda e não lhe disse nada. O marido argumenta que pretendia fazer-lhe uma surpresa mas acaba por levar com os papéis na cara. Mateus comenta a discussão do irmão com a mulher e diz-lhe que as mulheres são como os clientes, que reclamam muito, sem razão. Filipe pergunta se ele sempre fez as alterações que o seu cliente pediu e Mateus surpreende ao dizer que não só rescindiu com ele, mas também vendeu a aplicação a outro que entretanto surgiu. Filipe teme que Mateus venha a ter problemas.

Gonçalo confirma junto do advogado do pai a dívida que Beatriz apareceu agora a reclamar e, depois de pressionar o doutor Pinto, fica a saber que Patrícia roubou mesmo os 5 milhões de euros a Frederico. O advogado revela que ela transferiu o dinheiro para uma conta na Suíça e Gonçalo pede-lhe que diga o que sabe à frente da família.

 

Martim conta a Leonor que recebeu uma mensagem do irmão a pedir-lhe dinheiro mas que a eliminou. Ela pede-lhe que não conte a Carlota para não a perturbar, mas Martim adivinha problemas maiores, agora que Beatriz apareceu a reclamar o pagamento de uma dívida aos Queiroz, recordando que os pais dela eram muito amigos de Frederico e Antónia e que morreram ao surpreenderem assaltantes quando regressavam a casa. Martim diz a Leonor que vai visitar Amélia, apesar de ter estado com ela no funeral. Leonor não desconfia de que ela matou o pai.

Leonor, por sua vez, vai ter com Carlota para lancharem e a filha mostra vontade de visitar a campa do irmão gémeo que nunca conheceu. Leonor diz que assim que for possível vai tentar localizá-la, pois desde que regressou a Portugal e soube que ela estava viva, só se empenhou em encontrá-la.

Gonçalo regressa a casa dos pais e diz que acabou de confirmar junto do advogado da família que Patrícia roubou mesmo os 5 milhões de euros a Frederico. Ela volta a negar tudo com veemência, perante o olhar reprovador de André, Amélia e Antónia. No entanto, o momento da vitória é curto para Gonçalo, pois o doutor Pinto entra na sala nesse momento e nega que alguma vez tenha dito que Patrícia tinha roubado o sogro. Gonçalo fica a olhar incrédulo para o advogado.

Gonçalo é desmentido à frente da família pelo advogado do pai, que nega alguma vez ter dito que Patrícia tinha roubado o sogro. Furioso pergunta à ex-mulher quanto é que ela pagou para subornar o doutor Pinto que, por sua vez se mostra ofendido com a acusação que lhe é feita. Antónia olha desiludida para Gonçalo, acusando-o de mentir mais uma vez. Amélia recrimina-o por ser egoísta e só pensar em si próprio, enquanto André lhe pede que vá embora. Gonçalo avisa o irmão de que deve estar atento a Patrícia, apesar de ela jurar a pés juntos que não roubou o sogro e de se disponibilizar a mostrar todos os extratos das suas contas. André não demonstra, mas fica desconfiado da ex-cunhada. O advogado prossegue a reunião com a família e confirma que a divida a Beatriz é real e que a única coisa que podem fazer é negociar o pagamento.

Beatriz instala-se no Hotel Salinas e troca algumas palavras com Martim que a recebe. Lamenta ter invadido o funeral de Frederico daquela forma e de ter perdido a cabeça, reconhecendo no entanto que a questão que tem com a família Queiroz é séria mas que só a eles diz respeito. Ao mesmo tempo afirma saber que ele e Amélia se divorciaram e que ela o enganou, escondendo-lhe que estavam a criar a filha do irmão. Martim fica pensativo com aquelas palavras.

 

André diz a Antónia que talvez Gonçalo tenha razão e Patrícia tenha mesmo roubado o pai mas a mãe acha que a nora nada fez e mostra-se arrependida porque quase a expulsou de casa. Confrontados com a dívida que têm para pagar a Beatriz, André dispõe-se a ir negociar com ela o pagamento, mas também tentar perceber o que é que a faz ter tanto ódio à sua família, pois duvida que o problema seja apenas dinheiro.

Patrícia telefona ao doutro Pinto e informa-o de que acabou de transferir o dinheiro que prometeu pagar-lhe para ele negar que ela roubou os 5 milhões de euros a Frederico. Depois de agradecer ao advogado a ajuda, promete voltar a contactá-lo se precisar outra vez dos seus serviços.

Gonçalo procura Carlota no hotel, porque a ouviu conversar com Tiago no cemitério sobre o seu irmão gémeo que morreu e também tem vontade de saber onde é que ele ficou sepultado. Carlota trata Gonçalo com frieza e lembra que só por sua causa o bebé morreu. Ele fica envergonhado e confessa que nunca quis a morte do filho.

Madalena discute com Henrique, pois o pai não aceita que ela tenha voltado para Sebastião. Irritado, o pai exige que ela lhe devolva o dinheiro da viagem para o Dubai e Laurinda fica zangada ao perceber que foi ele quem pagou o bilhete de avião. Madalena acusa o pai de estar velho, tapado e casmurro e vai-se embora, deixando Henrique entregue a Laurinda, que acaba por dar razão à filha e vai preparar o jantar.

Na cozinha, Laurinda encontra Filipe, que fica triste quando a mãe lhe diz que Sara lhe mandou uma mensagem a avisar que não vai jantar. Laurinda faz-lhe ver que não tinha nada que se pôr a comprar uma casa contra a vontade da mulher e, pior ainda, sem lhe dizer nada. Filipe diz que também perdeu o apetite e Laurinda desiste de fazer jantar.

Catarina faz uma visita a Amélia e André aproveita para tentar saber mais de Beatriz. Catarina confidencia que se conheceram em Aveiro e que também estranhou a sua cena intempestiva no cemitério. André pede-lhe o contacto de Beatriz e a bióloga entrega-lho sem qualquer problema. De seguida vai ter com Amélia à estufa e também conta à amiga que conheceu Beatriz quando foi sua treinadora de voleibol em Aveiro. Amélia confessa não perceber a atitude de Beatriz no cemitério, até porque as famílias sempre foram próximas e chegaram a passar férias juntas. Catarina muda de assunto e quer saber como a amiga tem passado. Amélia confessa que está apavorada com o facto de ter de ir à polícia prestar depoimento sobre a morte do pai, mas não revela que foi ela que o matou.


nas redes

pesquisar