SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

198º episódio – 2 de maio (sábado)

Frederico rapta Patrícia e ameaça-a de morte

Christian Gnad

Cremilde não resiste ao beijo apaixonado que Bento lhe dá depois de acabarem o jantar, mas resiste à sua intenção de passar a noite consigo.

Júlia regressa a casa amparando Elsa e censurando-a por se ter embebedado em casa de uma amiga e de ter feito figuras reprováveis. A filha reage com irritação e maus modos, acusando-a de querer educá-la à pancada como o pai fazia. Júlia começa a ficar arrasada com o comportamento da filha.

Tiago discute com Catarina e recusa-se a aceitar trabalhar na revista que o quer contratar como ilustrador.

Martim recrimina-se por não ter percebido que a intenção de Rodrigo era seduzir Carlota. Leonor começa a pensar se não terá sido mesmo Rodrigo a violar e espancar Helena, em vez de Gonçalo que sempre clamou a sua inocência. Diogo aparece entretanto para comer uma peça de fruta.

Antónia irrita-se com Patrícia e ameaça expulsá-la outra vez de casa, se ela continuar a influenciar Kika para viajarem juntas para Nova Iorque.

Vitória fica espantada e não quer acreditar quando Tina lhe conta que o seu admirador secreto é André.

Hugo começa a pensar se não será melhor perder Tina, em vez de ganhar mais uma dor de cabeça. Pedro, por seu lado, mostra-se desgostoso com o comportamento de Elsa, que ainda nem sequer lhe respondeu ao convite para irem ao cinema.

 

Pela manhã, Antónia é confrontada com a publicação da notícia de que ela se envolveu com um gigolô e conta envergonhada a Amélia que tudo não passou de um plano de Gonçalo para a afastar da fábrica, insinuando no entanto que a divulgação do escândalo pode ter sido feita por Patrícia. Esta finge-se melindrada e sai tão rápido quanto pode, combinando com André encontrar-se com ele na marina. Depois sai de casa e entra no automóvel com o seu segurança. Durante o trajeto, percebe que ele não a está a conduzir onde queria e que está a ser raptada. Assim que toma consciência de que está a ser levada à presença de Frederico, telefona para André e vai falando em voz alta, de maneira a que ele fique a saber a sua localização e todos os seus passos. O segurança entrega Patrícia a Frederico, que a obriga a fazer uma transferência bancária do dinheiro que lhe roubou, ameaçando-a com uma pistola, que jura disparar se ela não se despachar.

Gonçalo tenta convencer Helena a denunciar Rodrigo como o homem que a violou e espancou mas ela fica indecisa.

Leonor ralha com Diogo por lhe ter escondido a crise de hipoglicémia que teve e exige-lhe que tenha mais cuidado a controlar a diabetes.

Patrícia dá ordem ao seu gestor de conta para que avance com a transferência, mas André aparece entretanto para a salvar das mãos do pai, possibilitando-lhe que anule a operação que estava em marcha. Frederico fica furioso e começa a estrangulá-la, enquanto André grita para que o pai pare.

André evita que Frederico mate Patrícia e avisa-o de que se os seguir, chama a polícia. O pai fica sozinho e desorientado, encostado ao seu carro.

 

Tiago continua zangado com Catarina por ela ter divulgado os seus desenhos e responde mal à mãe. Carlota faz ver ao namorado que Catarina só quer o melhor para ele e aconselha-o a aproveitar o facto de a revista estar interessada no seu trabalho. Tiago acalma um pouco e fica a pensar no que fazer.

Helena aceita explicar a Antónia e Kika que Gonçalo não a agrediu nem violou e revela-lhes que foi Rodrigo quem a atacou, acrescentando que até já apresentou queixa na polícia contra ele. Kika fica aliviada por saber que o pai não cometeu aquele crime, mas nem mesmo assim aceita fazer as pazes, recusando ir com ele à regata nos Estados Unidos. Para incómodo do pai, conta que está a pensar viajar, mas com a mãe.

Bento convence Cremilde a acompanhá-la à missa e Adelaide diz que vai mais tarde, pois avistou Rogério fora de casa a espreitar.

Quando a mãe fica sozinha, Rogério entra e conta que teve de fugir do seminário porque o marido da cozinheira quis pedir-lhe satisfações ao saber que ele andava metido com a mulher. O carteiro pede proteção a Adelaide falando-lhe ao coração, implorando que o esconda. A mãe teme que ele seja linchado pelos pescadores do bairro e começa a pensar num plano para o proteger.

Daniel vai ao cofre buscar dinheiro para Sílvia ir comprar mercearias e Rute protesta, exigindo ao irmão que lhe dê dinheiro para comprar cremes de beleza. Daniel lembra-lhe que ainda lhes deve dinheiro que gastou do cartão de crédito e leva o cofre sem lhe dar um tostão.

Júlia pede a Pedro que meta juízo na cabeça de Elsa e depois de ele sair para ir falar com a namorada, conta a Idalina que os apanhou a tempo de evitar que se envolvessem intimamente. Idalina promete pedir ao marido que tenha uma conversa com o filho.

Pedro conversa com Elsa e confessa-se desiludido com o facto de ela lhe mentir, de ter andado a roubar e de ter bebido até cair, acrescentando que já não a reconhece. Elsa fica furiosa e discute com ele, ao ponto de Pedro lhe virar as costas e ir embora.

Martim tenta acarinhar Leonor mas fica frustrado porque ela o trata com frieza e quase nem consegue encará-lo enquanto conversam.

André leva Patrícia ao Hotel Salinas e ela agradece-lhe por lhe ter salvado a vida, insistindo na versão de que Frederico a quis matar por ter sido rejeitado, ao mesmo tempo que nega ter-lhe roubado dinheiro. Kika e Antónia ficam horrorizadas ao saberem que Frederico voltou a atacar Patrícia mas André continua desconfiado de que o pai deve ter razões que ele desconhece para ter feito o que fez.

 

Eva procura Nuno no centro de mergulho para fiscalizar os documentos de um dos seus barcos. Nuno pede desculpa por não ter reagido como ela esperava ao seu pedido de casamento e pede-lhe para continuarem juntos. Eva mantém-se intransigente e recusa reatar com ele, pois enquanto ela quer casar e formar uma família, ele não está disposto a dar esse passo. Nuno fica frustrado a ver Eva ir embora sem aceitar a reconciliação.

Henrique aceita, contrariado, pagar a viagem de Madalena para o Dubai, depois de a filha insistir que só vai conseguir esquecer Sebastião longe de Setúbal. Messias lamenta que ela se vá embora, pois vai ficar sem a amiga que o incentivou a ler.

Cremilde faz um escândalo na igreja e repreende Bento, porque quando se vai confessar, ele toma o lugar do padre Agostinho no confessionário e a ouve dizer que está muito tentada a envolver-se com ele. O peixeiro fica radiante, apesar do raspanete e ainda tenta beijá-la. Cremilde sai furiosa da igreja e ele vai agradecer ao padre por ter ajudado a que a sua pescadinha tenha caído na sua rede. Agostinho nem quer acreditar que Bento voltou a fazer-se passar por ele dentro do confessionário.

Tina e Joni não se entendem quanto às pessoas que vão fazer parte do calendário que a associação vai fazer para angariar o dinheiro para as viúvas dos pescadores. A discussão acalorada é interrompida pela chegada de Adelaide que traz consigo Rogério, todo cheio de ligaduras. Messias prepara-se para agredir o carteiro, para vingar os maridos enganados mas Adelaide, Daniel e Eva conseguem acalmar os ânimos. Rogério finge que está com amnésia e a mãe explica que ele sofreu um acidente grave, evitando assim que ele seja linchado.

André e Antónia voltam a pressionar Amélia para que conte o que é que Gonçalo lhe fez para ela lhe ter cedido a sua quota na empresa mas ela consegue resistir, ocultando que o irmão a chantageou.

Gonçalo procura Leonor para lhe contar que Helena o ilibou de a ter agredido e violado, apresentando queixa contra Rodrigo. Leonor mostra-se satisfeita por perceber que desta vez ele estava inocente e Diogo estranha que ela esteja a conversar com Gonçalo de forma tão cordial.

Antónia consegue finalmente que Amélia confesse que entregou a Gonçalo a sua parte da empresa porque o irmão a chantageou, ameaçando contar a Carlota que ela provocou o aborto de Leonor, por ter discutido com ela. Carlota entra na estufa e ouve a confissão de Amélia, ficando estarrecida a olhar para a mãe adotiva. 

nas redes

pesquisar