SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

187º episódio – 20 de abril (segunda-feira)

Gonçalo terá violado uma mulher há três anos!

Jose Pinto Ribeiro

Gonçalo reencontra Rodrigo, que lhe conta ser portador de um recado de uma antiga namorada. O irmão de Martim diz que se ele não lhe pagar, o acusará de a ter violado. Gonçalo fica furioso com o ultimato que acaba de receber.

Gonçalo recusa pagar mais dinheiro à mulher que agrediu e violou numa noite em que bebeu demais há três anos apesar de Rodrigo o avisar de que ela pode fazer um escândalo, lembrando que só por sua intervenção ela desistiu de apresentar queixa. Gonçalo recorda a noite fatídica e pede ao amigo que a convença a continuar calada, lembrando que já lhe pagou muito dinheiro pelo seu silêncio.

André conta a Nuno que decidiu vender à mãe a pequena quota que detém nas Conservas do Sado, pois precisa do dinheiro para reinvestir na sua empresa de informática, que continua a perder clientes. André acrescenta que vai vender a sua parte a Antónia porque não quer que o pai e o irmão fiquem com o que é seu.

Diogo conta a Leonor que o namoro com Maria Rita acabou porque ela decidiu ir trabalhar para o Porto sem mais nem menos. A irmã é de opinião que ele deve tentar reatar com Sílvia, certa de que ela ainda gosta dele.

Tina agradece a Cremilde por ter arrasado na noite de fados e não esconde a satisfação que sentiu ao ver a cara derrotada de Joni. Antes de se ir deitar, Tina ainda censura a irmã por não ter ido assistir e apoiar a mãe. Cremilde conta a Patrícia que foi pedir a Leonor que ajudasse em tribunal, mas que não serviu de nada. Patrícia agradece o gesto à mãe, mas Cremilde confronta-a com a acusação que Leonor lhe faz, de que trocou a insulina de Diogo. Patrícia nega e Cremilde confessa que também achou a situação muito estranha.

 

Daniel exige a Rute que devolva os vestidos que comprou com o cartão de crédito que eles têm para uma emergência. Ela recusa e diz que não vai devolver nada às lojas. Messias aparece entretanto e dá-lhe a maior lição de moral que ela alguma vez podia imaginar, deixando claro que já percebeu que ela só o quis enquanto houve dinheiro. Daniel fica impressionado e diz que Messias acordou para a vida. Rute fica muito irritada.

Idalina procura saber junto de Vitória se Messias está interessado em Madalena e a filha avisa-a que não deve empurrá-los um para o outro, certa de que isso não vai resultar, até porque Messias ainda não esqueceu Rute. O irmão prova o contrário pois quando chega, conta que foi dizer à ex-noiva que quem perde é ela e que nunca mais vai encontrar um homem como ele. Idalina fica radiante e beija o filho.

Joni diz que vai acusar Vitória de estar a favorecer a lista onde Messias está, se ela não aceitar receber os seus eventos de campanha na Lataria.

Adelaide entrega a Bento a sua parte do dinheiro que tem de pagar a Messias por ter acertado no jogo do peixe, avisando que o mata se ele voltar a tocar no seu nome. Bento assegura que só quer que o mestre João o deixe em paz, mas volta a fazer chantagem com Adelaide, para que ela o ajude a reconquistar Cremilde.


Rodrigo prepara um envelope endereçado à família Queiroz, supostamente escrito e assinado por Helena Amaral, em que ela acusa Gonçalo de a ter agredido e violado há três anos. Martim aparece de surpresa e Rodrigo confessa que esperava Carlota. O irmão avisa-o que não quer que ele destabilize a filha.

Leonor é apresentada a Rodrigo e não gosta do à-vontade de tratamento que ele tem com ela, pois acaba de a conhecer. Fica ainda mais irritada quando Rodrigo diz que vai levar Carlota à escola, sem que ela soubesse. Martim diz que pode falar com o irmão e desfazer a combinação que ele fez com Carlota mas Leonor diz que não será necessário, aceitando a sugestão de mandar mensagem à filha para lhe perguntar se quer que a vá buscar.

Gonçalo visita Amélia e pede-lhe que lhe passe uma procuração para que seja ele a gerir os seus bens e poder voltar a mandar na fábrica. A irmã deixa claro que não vai trair a mãe e muito menos voltar a confiar nele.

Antónia chama Henrique e comunica-lhe que decidiu voltar a tê-lo como seu fornecedor, anulando a decisão que Gonçalo tinha tomado. O armador fica satisfeito e mostra-se disponível para continuar a parceria que tinham.

Rute começa a devolver os presentes de casamento às mulheres da fábrica enquanto Sílvia confirma a Idalina que Messias lhe foi dizer que não quer mais saber dela. Rute ouve a conversa e fica irritada. Sílvia insiste que ela tem de devolver os vestidos e os brincos às lojas e ela chama sovina à irmã.

 

Bento recusa em voz alta uma aposta a Aurora, para que Cremilde ouça que ele já nada tem a ver com o jogo ilegal, Depois de despachar a vendedeira vai ter com a menina pescadinha e pede-lhe que lhe cante um fadinho. Cremilde ameaça dar-lhe dois berros de não sair dali depressa.

Tina e Joni, rodeados pelos seus apoiantes, confrontam-se no mercado e ela acusa-o de se valer das ideias da namorada para a campanha.

Vitória conversa com Messias e confirma que ele ainda não esqueceu Rute, apesar de todo o mal que ela lhe fez. Vitória aconselha o irmão a deitá-la para trás das costas e a seguir em frente com a sua vida.

Nuno fica atrapalhado quando Eva o coloca perante a situação de casarem e terem filhos e tenta adiar a conversa para outra altura.

Madalena comunica a Martim que já entregou a sua carta de demissão nos recursos humanos do hotel, dizendo que está a pensar ir ter com uma amiga que está a viver no Dubai e ficar por lá a trabalhar. Madalena pede a Martim que não comente a situação com Sebastião, pois ele deixou claro que não quer ter mais nada com ela. Catarina chega entretanto e Martim conta-lhe que Tiago não irá ter vida fácil com a justiça, pois a polícia quer que ele denuncie o falsificador dos documentos que lhe permitiram casar com Carlota.

 

André fica incomodado com a visita que Patrícia lhe faz. Primeiro começa por lhe contar que Frederico continua a persegui-la e que, da última vez que a procurou, a ameaçou com uma arma. André diz que não acredita que o pai a queira matar só porque ela o rejeita. Patrícia confessa depois que já sabe que Gonçalo pagou a um prostituto para seduzir Antónia e André afirma, quase zangado, que não quer discutir aquele assunto com ela. Patrícia vai embora, fingindo-se afetada com o desfecho da conversa.

Kika separa com a avó a correspondência que acabou de chegar e Antónia deixa-a abrir o envelope que Rodrigo preparou com a denúncia de que Gonçalo violou e agrediu violentamente uma das suas amantes. Kika está prestes a ser confrontada com mais um escândalo na vida do pai.

Kika prepara-se para abrir o envelope que tem nas mãos, quando Gonçalo lhe interrompe os movimentos e diz que a foi buscar para almoçarem juntos. Antónia autoriza a neta a sair com o pai, mas quando ela sai da sala para ir buscar a mala, lembra o filho que já lhe pediu para não aparecer de surpresa. Quando agarra o envelope que Kika tinha na mão e o abre, Antónia fica estarrecida ao ler o bilhete que lá está dentro e as fotografias que o acompanham. Enervada, Antónia atira a Gonçalo as provas de que ele violou e agrediu uma mulher. Gonçalo nega tudo e até lacrimeja, pois Antónia é dura nas palavras, culminando a dizer, antes de o expulsar de casa, que não quer ser mãe de um monstro. Depois, tenta controlar a perturbação que a invade e vai conversar com Kika, dizendo que afinal já não é possível ir almoçar com o pai e que têm de falar sobre ele. Antónia pede à neta que gira a relação com o pai com muito cuidado.

Leonor volta a cruzar-se no centro de mergulho com André e, para grande tristeza dele, volta a dizer que em nome da estabilidade de Carlota e do bebé que agora vem a caminho, quer casar com Martim e constituir com ele a sua família.

Frederico força Patrícia a encontrar-se com ele, ameaçando contar a Kika que foi para a cama com ela e que o escândalo que sempre negou é real.

Joni teme ser derrotado por Tina no debate que está marcado para a Lataria mas Clara não permite que ele baixe os braços e treina com ele o que deve dizer.


nas redes

pesquisar