SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

186º episódio – 18 de abril (sábado)

Rute é linchada pelas mulheres do bairro!

Rute caminha para casa pelo bairro dos pescadores. As mulheres acabam por cercá-la, furiosas por terem sido enganadas por ela, que não devolveu os presentes por ocasião do casamento que não aconteceu. As mulheres atiram-lhe um bolo à cara e lixo para cima. Messias tenta ir em seu auxílio mas João não deixa. Rute quase é linchada, valendo a intervenção do padre Agostinho, que acaba por sair de casa de Cremilde onde a rapariga se refugia, para ir acalmar.

Idalina e Sílvia nada fazem, pois acham muito bem o que lhe aconteceu. Adelaide impõe a Rute que assistam juntas à última missa da tarde e ela aceita, embora sem vontade.

Depois de regressar a casa, Rute recrimina Sílvia por não a ter ajudado com as vizinhas mas a irmã diz logo que pelo que ela fez mereceu o castigo.

Madalena conta a Sara que está a pensar mudar-se para o Dubai mas a cunhada avisa-a de que tem de habituar primeiro os pais a essa ideia. Madalena acaba por confessar que a sua decisão acontece por não conseguir esquecer Sebastião.

Messias confessa a Vitória que lhe apetecia ir dizer umas verdades a Rute mas a irmã acha que ele lhe perdoaria e espera que ele tenha percebido que ela nunca gostou dele.

Mateus chega entretanto e conta com orgulho a Vitória que conseguiu o tal cliente com quem reuniu. Ela continua a achar a esmola demasiado grande.

Patrícia vai à hAPPy oferecer o seu apoio a André mas ele recusa delicadamente.

 

Leonor conversa com Gonçalo e Kika quando Martim lhe telefona a dizer que vai falar com Carlota, pois ela pediu para o fazer pessoalmente. Leonor “despacha” Kika e Gonçalo para Júlia e corre ao encontro da filha. Martim acaba por chegar primeiro e Carlota deixa-o preocupado quando lhe segura nas mãos e diz que precisa de ter com ele uma conversa, pois é melhor saber por ela do que se passa, do que por outra pessoa. O pai fica ansioso para saber do que se trata.

Leonor consegue impedir que Carlota diga a Martim que a ouviu a conversar com André e que ela tem um caso com o tio, apesar de ir casar com ele. Martim tem de ausentar-se por instantes, porque Teresa o chama à receção do hotel para falar com um homem. A sós com a filha, Leonor consegue convencê-la que é com Martim que quer ficar e que ele sabe de tudo o que se passou entre ela e André. Carlota acalma progressivamente e obriga Leonor a prometer que não vai magoar o pai e que não vai voltar para o tio André. Leonor faz a promessa muito a custo.

Entretanto, Martim encaminha Rodrigo para o seu gabinete, desagradado pelo regresso do irmão a Portugal, adivinhando que ele apareceu para lhe pedir dinheiro como é hábito. Carlota aparece entretanto e fica radiante ao ver o tio de quem tanto fala.

 

Rute conta a Patrícia que André e Antónia expulsaram Gonçalo da fábrica porque ele contratou um acompanhante de luxo para “entreter” a mãe. Patrícia fica pensativa, a digerir a informação.

Messias repreende Hugo, que chama estúpida a Rute e lembra-lhe que ela foi muito maltratada pelas mulheres do bairro. Vitória desabafa que o irmão não aprende.

Tina chega à Lataria e quando Vitória lhe pergunta se recebeu mais mensagens do seu admirador, ela confessa que está desejosa de o conhecer, mas afirma que não dará o primeiro passo. Hugo ouve a conversa com muita atenção.

Madalena fica surpreendida por Messias lhe dizer que já terminou o livro que ela lhe emprestou mas o pescador esclarece que só leu as primeiras folhas, saltando de imediato para o final. Madalena concorda em emprestar-lhe mais livros desde que os leia todos. Vitória estranha que o irmão tenha decidido começar a ler. Tina inicia a reunião da sua lista candidata à liderança da associação e comunica que para além da noite de fados que já está organizada, teve uma ideia de última hora.

Idalina fica entusiasmada quando João lhe conta que reparou que Messias está cada vez mais próximo de Madalena e que até anda a ler os livros que ela lhe empresta.

Tina implora a Cremilde que aceite cantar na noite de fados. Muito a custo e estimulada por Adelaide e Patrícia, a mãe aceita ajudá-la, desde que seja só para cantar uma vez. Patrícia pede desculpa à mãe por não poder assistir mas justifica que vai visitar Kika, de quem está a morrer de saudades. A mãe aceita a justificação e diz que também tem de sair para tratar de um assunto.

Frederico propõe a Gonçalo uma aliança para recuperarem a administração da fábrica, dizendo que lhe dará dinheiro para que ele compre as ações que André e Amélia têm. Gonçalo recusa, justificando que os irmãos não lhe vão vender seja o que for e que não precisa dele para voltar à fábrica. Frederico fica irritado com o filho.

Martim permite que Rodrigo fique no hotel durante o tempo que precisar mas avisa-o de que escusa de pedir dinheiro, pois não lhe dará um tostão que seja.

Cremilde vai pedir a Leonor que retire as acusações contra Patrícia, temendo que ela acabe por ir presa, provocando um enorme desgosto a Kika. Leonor recusa e lembra tudo o que Patrícia lhe fez, acrescentando que ainda por cima trocou a insulina de Diogo por um sedativo e ele quase morreu. Apesar de chocada, Cremilde tenta que Leonor retire a queixa mas ela revela que não o pode fazer por se tratar de um crime público.

Carlota desabafa com Tiago e diz que espera não se arrepender de ter confiado em Leonor, por acreditar que ela quer mesmo casar com o pai dela. O namorado acha que ela fez bem em não contar a Martim a conversa que ouviu entre Leonor e André. Entretanto, Martim aparece com Rodrigo e Carlota apresenta o tio a Tiago, que não gosta dele.

 

Pedro confessa a sua impaciência por não ter mensagens de Elsa no telemóvel e Hugo, que troça do amigo, fica desapontado por ver que Tina não vestiu o vestido que anonimamente lhe enviou.

Cremilde confessa que está nervosa por ir cantar o fado e Bento confessa a Joni que está muito orgulhoso dela. João vai direito a ele e volta a exigir-lhe que pague o que deve a Messias. O peixeiro garante que o fará no dia seguinte e vai ter com Cremilde para a elogiar. Ela diz com maus modos que ainda não esqueceu que ela a enganou, quando escondeu ser sócio de Adelaide no jogo do peixe. A sessão de fados começa e Joni não consegue disfarçar a irritação.

Sara e Filipe preparam-se para fazer amor na cozinha, pensando que ninguém está em casa, mas ficam atrapalhados quando Mateus entra de surpresa, à procura de comida.

Terminada a atuação de Cremilde, Tina prepara-se para apresentar as propostas da sua lista para a associação. Joni exige fazer o mesmo e Vitória combina um debate entre ambos para o dia seguinte. Bento tenta elogiar a voz de Cremilde mas só a irrita mais por ser desastrado. Hugo fica desagradado por Tina passar a vida a tratá-lo por puto. Pedro incita-o a abrir o jogo com ela de vez, mas o amigo responde que ela ainda não está no ponto.

Catarina dá um valente raspanete a Tiago por lhe ter escondido que foi notificado para ir a tribunal por causa da falsificação de documentos. O filho pede desculpa e aceita a reprimenda.

Leonor conta a Diogo que voltou a perder a confiança de Carlota que ouviu a sua conversa com André. O irmão acha que era melhor não contrariar os sentimentos que tem por ele, mas Leonor reafirma que quer ter uma família com os filhos e o pai deles. Sílvia chega entretanto para saber se Diogo está melhor, levando-lhe doces. Ele repara que ela tem cadernos na mão e pergunta-lhe se voltou a estudar. Sílvia mente e diz que são de Hugo, tratando de se ir embora.

Patrícia agradece a Antónia por tê-la deixado ver a filha e tenta mostrar-se solidária com ela, depois de dizer que sabe que Gonçalo contratou um prostituto para a manter afastada da fábrica. Antónia não se comove e trata a nora com frieza. No entanto, tem de disfarçar a sua preocupação quando ela diz que está a ser ameaçada de morte por Frederico.


nas redes

pesquisar