SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

172º episódio – 3 de abril (sexta-feira)

Leonor reconhece “Vicente” do Dubai e deixa Antónia desconfiada 

Adelaide decreta mais uma penitência a Rogério por ter andado a pecar com a striper que foi à despedida de solteiro de Messias. O carteiro não quer sofrer sozinho e denuncia que Bento olhou com os olhos esbugalhados para a rapariga. Cremilde assegura que ele a vai ouvir e mostra-se preocupada porque o telemóvel de Patrícia continua desligado. Rogério acha que ela fugiu da justiça e está numa praia do Brasil a apanhar sol.

Maria Rita não gosta da proximidade de Sílvia a Diogo quando ela o procura para contar que o rapaz que morreu a testar o jogo era seu primo e que gostava de compreender o que se passou. Quando Diogo se ausenta por momentos, Maria Rita faz intriga e confirma a Sílvia que namora com Diogo. Sílvia fica magoada com o que ouve e vai-se embora. Diogo fica furioso com Maria Rita por ela ter dito a Sílvia que eles namoravam.

 

Antónia entra com Vicente no Hotel Salinas. Martim, que está a conversar com Leonor, acena à ex-sogra que vai ter com eles. Vicente fica gelado ao ver Leonor, mas tem de aproximar-se. Quando isso acontece, Leonor lembra que já se conhecem e trata-o por Alberto. Vicente fica muito comprometido sem saber o que dizer e Antónia fica muito confusa a olhar para ele e para Leonor.

Vicente nega que alguma vez tenha estado no Dubai e que Leonor lhe tenha dado um curso de mergulho como afirma. Martim olha intrigado e Antónia desconfiada. Leonor insiste que jamais o esqueceria, pois teve um problema durante o seu mergulho que a faz ter a certeza de se tratar da mesma pessoa. Vicente justifica-se com a possível existência de um sósia, negando a pés juntos que se chame Alberto. Leonor desiste e Vicente leva Antónia para jantarem, ansioso para que ela acredite que ele é quem diz ser. Antónia questiona as certezas de Leonor mas como ele se dispõe a mostrar a sua identificação acaba por acreditar que tudo não passa de um equivoco. Já Leonor, reafirma a Martim que tem a certeza de que aquele homem é a mesma pessoa que esteve com ela no Dubai.

Frederico informa o doutor Pinto de que já participou na polícia o desaparecimento de Patrícia. O advogado considera que ele tomou a atitude certa, para não levantar suspeitas e conta que já falou com amigos seus na PJ, para saber se ela já embarcou para algum destino. Frederico confessa que está danado para a deter e recuperar, cêntimo por cêntimo, o dinheiro que ela lhe roubou.

Vicente vai logo de manhã desafiar Antónia para ver os seus quadros. Perante tanta insistência, ela reage com irritação e o “pintor” acaba por não insistir, desculpando-se pelo seu excessivo entusiasmo.

 

Diogo censura Maria Rita por ela ter dito a Sílvia que estão juntos. André termina um telefonema importante e conta aos seus colaboradores que acabaram de perder um cliente bancário muito importante, reflexo das suas responsabilidades na morte de César. Todos concordam que devem fazer algo para ajudar a mãe do rapaz que, ao perder o único filho, ficou sozinha no mundo.

Daniel estranha que Sílvia tenha mudado de opinião tão depressa e defenda agora que a empresa de André tem de ser processada por negligência que conduziu à morte do primo. Sílvia esconde que mudou de opinião depois de Maria Rita ter contado que ela e Diogo estão juntos. Os irmãos preparam-se para ir ao funeral quando Hugo, o mais novo, os chama à rua para verem um verdadeiro espetáculo. É Rute que faz furor a conduzir o descapotável que Messias lhe comprou. Daniel e Sílvia ficam incrédulos e reprovam a atitude interesseira da irmã. Messias fica melindrado quando chega com o pai da faina e vê que ela não esperou por ele para irem ao stand. Ela consegue, como sempre, manipulá-lo e quando é chamada para ir com os irmãos ao funeral do primo responde que vai no seu próprio carro.

João ralha com Messias e repete que Rute apenas está interessada no seu dinheiro, reforçando que aquele casamento vai ser a desgraça dele. Messias continua insensível aos avisos que recebe.

Martim vai ao centro de mergulho cancelar o almoço que estava marcado com Leonor e Carlota, acabando por confessar que a iniciativa foi da filha, por ter receio que Amélia soubesse e fizesse outro disparate. No entanto, ao perceber o grande descontentamento de Leonor, Martim promete falar com Carlota para que almocem como estava previsto. Depois de ele sair, Júlia abeira-se de Leonor e diz que o que lhe estão a fazer não se faz. A amiga concorda e dá mostras de não estar disposta a deixar que Amélia continue a manipular Carlota, pois não quer estar privada da filha.

 

Vicente telefona a Gonçalo para o avisar de que não conseguiu reter Antónia e que ele decidiu ir para a fábrica. Gonçalo fica desagradado com o cúmplice e ainda mais quando ele conta que Leonor o reconheceu e que pôs a nu a sua verdadeira identidade, levando a que Antónia tenha desconfiado dele. Gonçalo diz a Vicente que é urgente resolver esse problema e deixar claro que não é nem nunca foi a pessoa que esteve no Dubai a fazer o curso de mergulho.

Entretanto a conversa é cortada por Natália que anuncia Henrique e Filipe acabados de chegar para a reunião a que foram chamados. Antónia chega logo a seguir e deixa claro a Gonçalo que não gostou que ele alterasse o horário da reunião, nem da desculpa para o ter feito. O filho ignora a vontade dela e durante o encontro com os Pelicano tenta por várias vezes quebrar a parceria que tem com eles há largos anos para concessionar o fornecimento de peixe para as conservas a um fornecedor espanhol. Antónia opõe-se e pede a Henrique que apresente a sua melhor proposta.

Vitória repreende Mateus, ao ver que ele está a engonhar em casa em vez de ir ajudar Beta na Lataria. A ameaça fica feita e Vitória diz que para ser assim vai devolvê-lo ao negócio das ostras para voltar a trabalhar com a mãe. Ele desculpa-se e justifica que esteve a aproveitar para reentrar no mercado da programação, aproveitando o facto de André e a sua empresa estarem em maus lençóis por terem contribuído para a morte de uma pessoa que estava a testar um jogo. Vitória fica desiludida com Mateus e atira-lhe à cara que ele está a aproveitar a desgraça alheia para subir na vida.

André decide fazer um comunicado sobre a responsabilidade que a empresa teve na morte de César e conceder entrevistas aos principais jornais, para transmitir a sua versão dos acontecimentos.

Vicente vai ao centro de mergulho convencer Leonor de que não é realmente a pessoa que ela pensa que ele é, reafirmando que nunca esteve no Dubai e que nunca mergulhou, por sentir pavor debaixo de água. Leonor finge que acredita mas depois conta a Júlia que se trata de uma pessoa a quem deu um curso de mergulho no Dubai e que ele, na altura, se chamava Alberto.

Depois de terminada a reunião com Henrique e Filipe, Antónia ouve os protestos de Gonçalo mas atira-lhe à cara que as coisas mudaram e que agora quem toma as decisões nos negócios é ela, avisando que não tolerará mais alterações à sua revelia, numa clara demonstração de força.

Sebastião aparece em casa dos Pelicano e acusa Madalena de querer ganhar prestigio e dinheiro na carreira jornalística à custa de publicar a vida íntima que partilharam. Ela deixa-o dizer tudo o que quer e depois demonstra-lhe o quanto está a ser injusto, pois recusou escrever o livro logo quando foi abordada pela primeira vez pelo editor. Henrique percebe a discussão e expulsa Sebastião, dizendo que não lhe admite que apareça na sua própria casa. Madalena espera que Sebastião saia para chorar, garantindo que, se não pode ficar com ele, não quer ficar com mais ninguém. O pai fica compadecido da sua dor.

 

Bento apanha Joni e Clara a namorar na Lataria e vai pedir-lhes conselhos para conquistar a sua pescadinha Cremilde.

Agostinho surpreende Rute e Messias quando lhes leva João e Idalina para os ajudar na preparação do matrimónio. O mestre e a mulher estão contrariados e Rute também, dizendo que é impossível um entendimento já que eles sempre foram contra o casamento dela com o filho. O padre insiste que têm de conversar, pois o casamento só pode acontecer se existir paz naquela família.

Bento diz a Mateus que se quiser continuar a apostar no jogo do peixe terá de o fazer sem batota, porque enquanto não reconquistar a sua pescadinha, não poderá encobri-lo. Mateus desiste porque não quer perder dinheiro. Bento aproveita o facto de Kika aparecer no bar com os amigos para lhe pedir que o ajude a reconquistar Cremilde. Ela aceita fazer o que puder mas avisa que a avó está zangada com ele. Daniel lamenta a má sorte do primo César depois de ter ido ao seu funeral e Mateus aproveita para deitar veneno contra André, dizendo que ele deve ser responsabilizado pela morte do rapaz e indemnizar a mãe.

 

Cremilde, depois de fazer várias tentativas para falar com Patrícia, pede o número de Frederico a Kika e telefona-lhe para saber alguma notícia da filha. O empresário mente e diz que também não sabe nada dela.

Algures numa clínica privada, Patrícia recebe cuidados médicos, evidenciando os sinais das agressões que sofreu de Frederico.

Patrícia recebe assistência médica numa clínica privada depois de ser transportada por um taxista que a recolheu no meio da estrada. Perante a vontade das enfermeiras em contactar alguém da sua família, mente e conta que foi agredida pelo marido, deixando bem claro que não quer que digam seja a quem for onde ela está.

Antónia, também muito preocupada, conversa com Cremilde sobre o desaparecimento de Patrícia e a comadre conta que até já lhe ligou do telemóvel de Kika e que ela nem sequer devolveu a chamada à filha, o que a deixa ainda mais perplexa. Antónia pede então para falar com a neta.

Leonor faz sentir a Martim o seu desagrado por Carlota evitar estar com ela para que Amélia não encare isso como um sinal de que está a perder a miúda e cometa novamente uma loucura, já que sempre que isso acontece ameaça matar-se. Martim tenta desvalorizar mais uma vez o problema e Leonor dá mostras de impaciência, deixando-o pensativo.

nas redes

pesquisar