SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

169º episódio – 31 de março (terça-feira)

Patrícia rouba a fortuna de Frederico e prepara-se para fugir!

Tina reconhece que está maravilhada com as iguarias que Conceição preparou para o jantar em casa de Antónia. Carlota confessa que também já tinha saudades daquela comida e Tina aproveita para dizer a Kika que não se esqueça de visitar o bairro dos pobres, principalmente Hugo, Carlota espanta-se por Tina já saber que a sobrinha namora com ele e Kika provoca a tia dizendo que ela também gosta de Joni. A tia nega e vira o assunto para elas, recomendando que não deixem os rapazes passarem além dos beijinhos, se não for essa a sua vontade. Kika e Carlota sorriem envergonhadas.

Antónia e Cremilde conversam enquanto tomam chá após o jantar e lamentam os erros cometidos por Gonçalo e Patrícia.

Patrícia tenta trocar os códigos das contas que Frederico abriu no Panamá, aproveitando um momento em que ele foi à casa de banho, depois de se terem evolvido uma vez mais. No preciso instante em que ela está com os envelopes na mão, alguém bate à porta do quarto deixando-a em pânico, pois percebe que a porta da casa de banho se mexe e receia que Frederico a apanhe.

Patrícia abre a porta do quarto, enquanto Frederico lhe grita da casa de banho que encomendou champanhe. Ela recebe a garrafa e os copos e apressa-se a chegar aos envelopes que têm os códigos das contas bancárias no Panamá e troca-os. Depois, enfia-se na cama como se nada tivesse feito. Frederico regressa à secretária e convida-a a assistir às transferências que vai fazer. Ela finge-se desinteressada e fica radiante quando o empresário revela que o património que detém no exterior é de 5 milhões de euros, que também lhe pertencem. Sem desconfiar da amante, Frederico começa a fazer as transferências de dinheiro, dizendo que lhe colocou na conta 50 mil euros, que reforçará quando chegarem ao Panamá. Patrícia fica nervosa quando ele guarda os envelopes no cofre, dizendo que vai faltar à primeira audiência do julgamento, pois o advogado vai apresentar um atestado médico. Patrícia prepara-se para tomar banho mas Frederico trava-a propondo um brinde ao futuro a seu lado, pois no dia seguinte estará divorciado de Antónia.

André fala com Nuno da aplicação informática que criou para um jogo e o amigo nota que já não o via tão entusiasmado há muito tempo. André responde que o trabalho é o melhor escape para esquecer Leonor e que se ela escolheu Martim, que sejam muito felizes. Entretanto, Maria Rita avisa-o que Diogo está com dificuldades em resolver um problema que a aplicação tem e André decide ir para a empresa ver o que se passa.

Diogo trabalha em casa ao computador e recebe uma mensagem de André a dizer que vai resolver o problema da nova aplicação. Leonor percebe que a hAPPy está a um passo de fazer uma grande venda e diz ao irmão que pelo menos no trabalho ele está em alta. Diogo acaba por confessar que Maria Rita passou a noite com ele e que está a tentar seguir em frente, já que Sílvia não o quer, acrescentando que está a fazer como ela fez com André. Leonor não gosta da comparação mas disfarça a tensão, forçada a concordar com o irmão.

Rute bombardeia Sílvia para a acompanhar na última prova do vestido de noiva e Daniel para que organize a despedida de solteiro de Messias.

Henrique comenta em tom jocoso a reportagem que saiu sobre Sebastião e a sua história amorosa com Madalena. A filha fica arrasada e sai a chorar para o quarto. Laurinda repreende o marido e ele dispara que a filha tem de esquecer o velho de vez.

Adelaide surpreende Rogério a fugir de casa pela calada da noite, ao encontro das mulheres que o esperam. A mãe afiança que ele é um pecador com o demónio no corpo e obriga-o a tomar banho de água gelada, como penitência.

Frederico entrega a Antónia dois presentes destinados a Kika e Carlota. A mulher censura-o por ter aparecido, correndo o risco de que as netas o vejam ali e pede-lhe que vá embora. Ele oferece-lhe boleia para a conservatória onde vão assinar o divórcio, mas Antónia prefere ir sozinha, não perdendo a oportunidade de criticá-lo por se ter envolvido com Patrícia.

Patrícia aproveita a ausência de Frederico para subornar um funcionário do hotel para que lhe abra o cofre onde Frederico guardou os códigos das contas no Panamá. Em seguida, acede às contas e transfere para si os 5 milhões de euros do empresário. Depois de alterar os códigos de acesso às contas, Patrícia devolve os envelopes ao cofre e marca uma viagem para a Suíça em nome de Mariana Pereira, a sua nova identidade.

Diogo esquece-se do seu Kit da diabetes e telefona a Leonor para que faça o favor de lho levar, já que não pode deixar a empresa por causa da importante reunião que vão ter com uns clientes.

Rute faz beicinho e consegue convencer Sílvia a organizar a sua despedida de solteira na Lataria. Já com Idalina pia mais fino porque a futura sogra recusa com estrondo o convite para participar na festa, porque nem ao casamento vai. Rute fica indignada com a mãe de Messias, que insiste em dizer que ela só vai casar por dinheiro.

Messias anuncia a Mateus e Beta que a Lataria vai estar fechada para a despedida de solteira de Rute e que os homens vão assistir em casa ao jogo do Vitória de Setúbal e beber cervejas. Beta duvida que Vitória aprove o fecho da Lataria mas Mateus proíbe-a de incomodar a mãe do filho com aquelas questões e conta com grande entusiasmo que está a criar uma aplicação para gerir o bar.

Nuno fica muito atrapalhado quando Laurinda vai ao centro de mergulho insistir no convite que fez a Eva para irem jantar lá em casa, justificando que tanto ela como o marido gostariam de o conhecer melhor. Nuno afirma ter as melhores intenções com Eva, comprometendo-se a ver se ela está disponível nessa noite.

Leonor vai levar o Kit da diabetes a Diogo e é forçada a ter de falar com André. Ainda que a conversa seja de circunstância, o constrangimento de ambos é evidente.

Martim vai a casa de Sebastião para o convidar para almoçarem juntos e encontra-o cada vez mais revoltado com Madalena e a com a reportagem que o apresenta como o escritor velho que seduziu a jovem bloguer.

Daniel e Tina trabalham juntos para organizarem o vídeo de casamento de Rute. Com o decorrer da conversa constatam que estão ambos descomprometidos. Por momentos ainda lhes passa pela cabeça que poderiam ficar juntos mas rapidamente concluem que isso não ia resultar.

Beta fica desanimada quando se prepara para ir almoçar e Mateus se antecipa, dizendo que está na sua hora para ir almoçar com Vitória e saber como está o seu bebé.

Messias convida o padre Agostinho para a sua despedida de solteiro, convite que ele aceita de bom grado, confirmando que também gosta de ver jogar o Vitória. Bento procura saber quando é a festa mas Messias esquiva-se e não lhe diz.

Entretanto, Bento senta-se à mesa do padre e faz chantagem, pedindo-lhe que convença Cremilde a dar-lhe mais uma oportunidade, perdoando-lhe o logro da cadeira de rodas. Em contrapartida compromete-se a guardar segredo do seu envolvimento com Adelaide. Agostinho zanga-se e responde que jamais se deixará chantagear.

Patrícia procura Cremilde e pede-lhe que tome conta de Kika por si, assegurando que se vai vingar de tudo o que a família Queiroz lhe fez. Na despedida abraça a mãe, que fica incrédula e preocupada com aquela aparição.

Leonor fica angustiada quando Carlota chega da escola e antes de a cumprimentar insiste com Martim para irem ver Amélia. Martim promete a Leonor convencer Carlota a jantar com eles.

Antónia chega ao hotel depois de ter assinado o divórcio e aproveita a disponibilidade de Vicente para desabafar as amarguras da vida.

Frederico quer celebrar o divórcio mas Patrícia diz que não está com disposição, mentindo ao dizer que foi ao bairro dos pescadores pedir ajuda à mãe para falar com Kika, mas que ela recusou ajudá-la. Frederico prefere focar-se na sua fuga e diz que tem tudo combinado, contando que os passaportes só estarão disponíveis próximo da hora do voo. Ela diz que ainda tem de passar pelo colégio para se despedir da filha.

André prepara-se para assinar o contrato com a Associação de Turismo para aquisição de um jogo real que produziu. O representante associativo recebe uma chamada e cancela a assinatura, revelando que um dos técnicos que estava no terreno a ensaiar a aplicação, morreu. André, Luís, Diogo e Maria Rita ficam em choque com a notícia. 

André fica em apuros depois da morte de um colaborador de Raul que testava o jogo que ele desenvolveu na haPPy com Diogo e Luís. Raul garante que vai apurar a causa da morte do homem e que, se por acaso ficar provado que houve negligência, vai processar André e a sua empresa.

Leonor arranja um pretexto para perguntar a Martim como é que correu a visita a Amélia e notícias de Carlota, que foi ver a mãe adotiva. Ele percebe as suas intenções e vai direto ao assunto, esclarecendo que o facto de Carlota se preocupar com Amélia e recear que ela tente suicidar-se de novo, não quer dizer que não goste da mãe verdadeira. Leonor reconhece que lhe custa estar afastada da filha e Martim contrapõe que ela tem de confiar em Carlota e em si própria e, mudando de assunto, pergunta se ela quer que a acompanhe à primeira sessão do julgamento da Fundação Queiroz. Leonor responde que se aguentará bem sozinha.

Vicente prossegue o plano para seduzir Antónia e empresta-lhe o seu ombro amigo para ela desabafar os seus dramas familiares. Ela mostra-se preocupada com o julgamento da Fundação e Vicente mostra-se convencido que o tribunal vai perceber que ela nada teve a ver com as fraudes que Frederico praticou. Antónia estremece quando Vicente lhe segura as mãos e liberta-se com delicadeza. Ele confesse-se ansioso para a encontrar de novo.

nas redes

pesquisar