SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

153º episódio – ESPECIAL 15 de março (domingo)

André encontra Leonor e Júlia e luta com Xavier até à morte de um deles...

Messias entra em casa de Rute e é “atacado” por Aurora que insiste em seduzi-lo, para que Rute, escondida no pátio, possa fotografar a “traição”. Messias resiste e consegue fugir, dizendo sempre que só tem olhos para a sua Rute. Esta fica frustrada e põe em causa os dotes de Aurora. A amiga fica despeitada e garante que vai convencer Messias a envolver-se com ela.

Madalena chega a casa de Nuno, levando consigo o presente que comprou para Vitória. Laurinda vai ao encontro da filha para a receber e ela conta que já soube da conversa que o namorado foi ter com Henrique, confessando que já se mentalizou de que o pai nunca vai aceitar a sua relação com o escritor e que a partir de agora será ele que terá de dar o braço a torcer se quiser recuperar a filha que está a rejeitar. Laurinda fica apreensiva e triste com a decisão da filha.

Nuno percebe em conversa com Jorge que não há qualquer problema no centro de mergulho e que Júlia o enganou. A sua preocupação redobra quando tenta falar com ela pelo telemóvel e não consegue.

No armazém de pesca, Xavier atira Júlia ao chão com uma bofetada depois de ela lhe pedir que liberte Leonor, uma vez que já a tem em seu poder como queria. Xavier grita que Júlia tem de aprender a respeitá-lo e pontapeia-a na barriga, obrigando-a a confessar que tem um namorado novo e que esse namorado é, nem mais nem menos, André. Leonor fica surpreendida e desapontada quando Júlia confirma a chorar, as acusações de Xavier. 

Leonor fica estupefacta ao saber que Júlia tem um caso com André e desvia o olhar em sinal de mágoa quando a amiga lhe pede desculpa. Xavier fala da mulher com desdém e afirma que ela tanto dá uma facada no marido como na amiga, responsabilizando Leonor por tê-la induzido a desobedecer-lhe. Júlia implora a Xavier que liberte Leonor, prometendo fugir com ele e começar de novo. O pescador concorda e amordaça a mulher, dizendo que vão fugir os dois com a filha. De seguida prepara-se para amordaçar Leonor, que está exausta.

Amélia pressiona Martim para que ele lhe entregue a fotografia em que Patrícia e Frederico se beijam, justificando que quer utilizá-la contra o pai e a cunhada, evitando que Gonçalo seja destituído da administração das empresas. Martim recusa-se a partilhar a prova que tem em seu poder e sugere a Amélia que se preocupe em ajudar Carlota e evitar que ela e Kika descubram mais um escândalo familiar.

Nuno presta depoimento ao inspetor Rui e culpa-se pelo desaparecimento de Júlia, certo de que Xavier a apanhou. André esforça-se por minimizar o sentimento de culpa do amigo e afirma que ele não podia adivinhar que Júlia o estava a enganar. Diogo também fica muito preocupado e questiona em voz alta que Xavier pode muito bem desfazer-se de Leonor para fugir com Júlia.

Pedro conta a Carlota que sempre que pode vai visitar Elsa no hospital. Carlota, por seu turno, está cada vez mais preocupada com Leonor, assumindo que já não está zangada com ela e confessando que se sente muito desconfortável por ter discutido com a mãe das últimas vezes que estiveram juntas. Pedro emociona Carlota ao garantir-lhe que Leonor ficou mesmo muito feliz quando soube que ela era sua filha.

 

Vitória chega a casa de Nuno e é apanhada de surpresa pela festa que Mateus lhe proporcionou. Numa primeira reação, Vitória reage com algum desagrado, mas acaba por aceitar permanecer no baby shower, percebendo o trabalho que familiares e amigos tiveram para o organizar. Mateus não resiste e dá um abraço a Vitória.

Frederico tenta convencer Amélia a ficar do seu lado, contra Gonçalo na reunião da administração da empresa, pois insiste em afastar o filho. Amélia faz questão de responder ao pai que não consegue encará-lo e recusa-se a ajudá-lo.

Ao regressar a casa, a primeira coisa que Patrícia pergunta a Frederico é se ele conseguiu convencer Amélia a ficar do lado deles, contra Gonçalo. O empresário conta que a filha nem está para conversas e assume que vai ter de perceber as intenções de André. Frederico lembra que foi ele quem fundou a empresa e garante que não vai permitir que os filhos corram com ele.

Entretanto, Gonçalo faz uma visita a Kika e pede para falar com Cremilde a sós. Tina leva a sobrinha até casa de Hugo e Gonçalo pede à ex-sogra que apoie Kika, contando que se avizinham tempos complicados na família Queiroz, pois descobriu que o pai, Frederico, tem um caso com Patrícia. Cremilde fica estarrecida, perguntando a si própria como é que a filha foi capaz. Gonçalo esclarece que foi a forma que ela encontrou para se apossar do património da família e acrescenta que vai lutar em tribunal pela guarda da filha. Cremilde garante que por Kika está disposta a tudo, pois só que o bem da neta.

 

Rute, Aurora e Messias jantam juntos. Aurora roça a sua perna nas pernas de Messias e ele, muito incomodado, aproveita para fugir assim que Tina aparece com Kika, dizendo que está na hora de ir para o mar. Quando fica a sós com Aurora, Rute pressiona-a para que conquiste Messias de vez, pois a data do casamento está a aproximar-se.

Joni lamenta-se a Bento por ter concorrido a rosto do mercado, pois o beijo que trocou com Tina, custou-lhe o namoro com Carla. Bento confirma que Carla é agradável à vista, mas acha que o patrão ainda tem um caso mal resolvido com Tina, o que o deixa irritado. Adelaide aproxima-se de Bento, com o pretexto de que lhe quer pedir que a ajude a dar catequese. Joni diz que em tom de troça que tem pena das crianças e deixa-os a sós. Adelaide fala em código com Bento sobre as apostas e volta a mostrar-se muito condescendente com os ganhos que Mateus tem tido, chegando mesmo a dar a ideia que até é bom que isso assim aconteça, pois serve de chamariz a outros potenciais jogadores. Adelaide finge que se vai embora e Bento começa a preencher um boletim viciado em nome de Mateus. Ela volta atrás e grita que o apanhou. Bento finge estar à beira de um ataque cardíaco e pede a Beta que chame o 112. A empregada da Lataria fica muito aflita e Adelaide sussurra ao ouvido de Bento que desta vez está salvo, mas que não vai deixar as coisas como estão, reclamando o seu dinheiro de volta.

A festa em honra de Vitória prossegue em ambiente de grande animação em casa de Nuno. Vitória continua a abrir os presentes para si e para o bebé e fica muito emocionada quando Mateus lhe oferece o seu, um vídeo que passa em revista a vida dela, com fotos desde o dia em que nasceu até agora. Vitória não resiste e abraça Mateus, levando a que Laurinda e Idalina deixem escapar algumas lágrimas.

Entretanto, Maria Rita percebe que Sílvia está sozinha na cozinha e vai ter com ela, certificando-se de que o seu namoro com Diogo acabou mesmo. Sílvia reage com agressividade e diz que terminaram tudo por causa dela, pedindo-lhe que não se faça de sonsa, pois sabe bem que lhe quis roubar o namorado e conseguiu. Maria Rita deixa Sílvia sair, para abrir um sorriso de felicidade, pois tem o caminho aberto para conquistar Diogo.

 

Frederico procura André na empresa e pede-lhe que o apoie na Assembleia-Geral da empresa e vote a seu favor contra Gonçalo. André fica indignado com o pai e dispara que se ele tivesse vergonha, depois de se ter envolvido com Patrícia, nem lhe aparecia à frente. Frederico argumenta que se ele passar uma procuração a Amélia é o mesmo que entregar a empresa a Gonçalo mas André pede-lhe que saia e assume que não quer tomar qualquer decisão a seu favor ou a favor de Gonçalo, pois tem assuntos mais importantes com que se preocupar, como o sequestro de Leonor.

Adelaide entra na Lataria e fica enervada porque encontra Ágata a comentar com Rute, Sílvia e Vitória, a renúncia do padre Agostinho ao sacerdócio. Adelaide mostra-se muito irritada e defende que elas deviam era estar a rezar por Leonor e Júlia, que Xavier raptou.

Xavier disfarça-se de homem da limpeza e, depois de escapar à vigilância policial, consegue chegar ao quarto de Elsa no hospital, despertando a filha para a levar consigo. Ela fica em pânico e recusa-se a acompanhá-lo. O pescador tenta acalmá-la mas tem de se esconder, pois Pedro entra no quarto nesse momento. Elsa ainda grita para que ele fuja, mas Xavier agarra-o apontando-lhe um bisturi ao pescoço. Elsa toca à campainha que chama a enfermeira e pede ajuda. Xavier garante que há-de voltar para a levar consigo e foge arrastando Pedro consigo. Depois de iludir a vigilância nos corredores, Xavier acaba de desferir um golpe no rapaz, quando ele tenta libertar-se. Pedro começa a sangrar abundantemente e grita de dor. Xavier dá-lhe um murro e deixa-o inconsciente, conseguindo depois saltar o muro do hospital e fugir dali de carro. André, que acaba de chegar, avista o pescador e decide segui-lo.

Martim fica surpreendido por encontrar Antónia a tomar o pequeno-almoço no Salinas e a ex-sogra explica que decidiu hospedar-se no hotel depois de descobrir que Frederico e Patrícia se envolveram e têm um caso. Martim desculpa-se por ter mostrado a fotografia onde eles se beijam mas Antónia assume que foi preferível saber a verdade. Martim acaba depois por confessar a Antónia que teme que o rapto de Leonor acabe mal.

Amélia deixa Frederico sem fala quando comunica ao pai que André lhe passou procuração para decidir o que bem entender na Assembleia-Geral da empresa. Sem se deter, Amélia diz que a sua intenção e dos irmãos é afastá-lo e a Patrícia da administração. Gonçalo esboça um sorriso largo de satisfação, perante a apreensão de Frederico e Patrícia.

 

André comunica às autoridades que localizou Xavier no armazém onde mantém Leonor e Júlia sequestradas. Depois, decide entrar no complexo, no preciso momento em que o pescador se prepara para assassinar Leonor. André precipita-se sobre ele lutam um com o outro pela posse da pistola. Um primeiro tiro é disparado, perante o olhar de pânico de Leonor e Júlia, impotentes para fazer o que quer que seja. André e Xavier embrulham-se no chão e ficam ambos imóveis, depois de um segundo tiro ser disparado. Júlia e Leonor ficam em choque, sem conseguir perceber qual deles foi atingido. 

nas redes

pesquisar