SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

151º episódio – 13 de março (sexta-feira)

Martim revela aos Queiroz que Patrícia e Frederico têm um caso!

Mateus pede ajuda a Eva para organizar uma festa de boas-vindas ao bebé que Vitória espera, explicando que se trata de uma festa em que os convidados oferecem presentes à grávida. Nuno oferece a casa para acolher a festa e Mateus fica radiante com aquele apoio.

No Hotel Salinas, Diogo esforça-se por entrar no computador da irmã e descobrir a fotografia que Leonor tem de Patrícia a beijar Frederico.

Patrícia fica muito irritada mas é obrigada a disfarçar, quando Antónia insinua que foi muito estranho ela estar presente quando Xavier raptou Leonor. Patrícia diz à sogra que ela se está a deixar influenciar pela campanha que Gonçalo tem feito contra si. Antónia não se deixa impressionar e continua muito desconfiada com Patrícia.

Gonçalo tenta que André vote a seu favor na reunião da administração da fábrica mas o irmão recusa envolver-se e diz que já entregou a procuração a Amélia para o representar, indiferente ao facto de o irmão estar prestes a ser afastado das empresas. Antes de sair, Gonçalo faz sentir ao irmão que é importante derrubarem Patrícia, pois ela ameaça ficar com todo o património da família.

Carlota confessa a Tiago a angustia que sente pelo desaparecimento da mãe e censura-se por não lhe ter pedido desculpas em devido tempo, receando que Xavier a mate.

Leonor fala ao coração de Xavier para que a liberte mas ele volta a dar-lhe uma estalada e a tapar-lhe a boca, insistindo que mais tarde ou mais cedo irá ajudá-lo a chegar a Júlia e à filha.

Frederico, Patrícia e Amélia votam a destituição de Gonçalo e afastam-no da administração das empresas. No entanto, a reunião é interrompida por Martim que exige falar com Patrícia, para que lhe diga onde está Leonor. Patrícia decide continuar a fingir que não sabe de nada e Martim exibe a fotografia em que ela beija Frederico. A perplexidade é geral e Gonçalo fica em estado de choque ao ver a ex-mulher aos beijos com o seu pai. 

Martim mostra a fotografia em que Patrícia e Frederico se beijam, causando-lhes grande constrangimento. Amélia e Gonçalo ficam em choque, enquanto o pai justifica que se tratou de um momento de fraqueza e que não teve depois disso qualquer envolvimento com a nora. Martim acusa Patrícia de ter recorrido a Xavier para se livrar de Leonor para evitar que ela divulgasse a fotografia e garante que vai entregá-la à polícia. Patrícia, muito nervosa, reafirma a sua inocência mas ninguém acredita no que ela diz. Martim vai embora muito irritado, enquanto Amélia se mostra preocupada com a reação de Antónia, Carlota e Kika. Gonçalo dispara que Frederico e Patrícia lhe metem nojo e sai do gabinete, acompanhado pela irmã.

No centro de mergulho, Júlia lamenta a sorte de Leonor e sente-se culpada por Xavier ter sequestrado a amiga. Nuno e André tentam acalmá-la, mas Júlia está demasiado nervosa e diz que o marido até pode matar Leonor. Carlota chega nesse instante e fica apavorada com o que ouve. O dramatismo aumenta, quando Júlia recebe uma chamada de Xavier que lhe diz que só liberta Leonor se ela for ter com ele. Júlia, muito nervosa, pede para falar com Leonor e ela grita-lhe que não vá ao encontro do marido. Xavier fica furioso e agride Leonor com um estalo, fazendo com que Carlota tire o telefone a Júlia e chame em pânico pela mãe. O pescador sente-se atraiçoado por Júlia, que lhe tinha garantido que estava sozinha e desliga a chamada. Carlota fica desesperada e André abraça-a para a confortar.

Xavier fica descontrolado e garante a Leonor que o vai ajudar a chegar a Júlia, quer queira quer não. De seguida volta a tapar-lhe a boca.

Eva é apanhada de surpresa quando Daniel comenta que já não namora com Tina, justificando que precisa de uma relação que o faça estremecer.

Madalena conta com entusiasmo a Sebastião que vai à festa surpresa que Mateus está a organizar para festejar a gravidez de Vitória. O escritor pergunta se Laurinda e Henrique também vão e Madalena entristece ao ouvir falar do pai. Sebastião lamenta não ter conseguido convencer o armador a aceitar a relação deles.

 

Carlota continua angustiada com o facto de Xavier ter Leonor sequestrada e desabafa com o tio André, pois acha que não se devia ter intrometido na conversa entre o pescador e Júlia. Martim junta-se a eles e Carlota conta-lhe que Leonor está viva. André explica que Xavier ligou para o centro de mergulho e que Júlia falou com ela. Carlota culpa-se pelo facto de ele ter desligado abruptamente a chamada quando ela tentou falar com a mãe. Depois da rapariga decidir regressar a casa, Martim pede a André para falar com ele no gabinete do hotel e conta-lhe que descobriu que Patrícia está envolvida no rapto de Leonor, pois quis evitar que ela divulgasse a fotografia em que aparece a beijar Frederico. André fica em choque, sem conseguir imaginar que o seu próprio pai se tenha envolvido com a nora e preocupado com a forma como a mãe, Antónia, poderá reagir. Martim pede a André que não conte a Kika nem Carlota o que acabou de ouvir e ele concorda que as miúdas devem ser poupadas a mais um escândalo.

Gonçalo e Amélia digerem à volta de um chá a relação entre Frederico e Patrícia, indignados com aquela revelação sórdida e temerários pelos efeitos que ela possa ter em Carlota e Kika, já para não falar da reação da mãe. Nem de propósito, Antónia surge nesse instante e repreende Gonçalo por ele insistir em ir lá a casa sem ser convidado. Amélia tenta apaziguar a mãe e faz com que ela se sente, avisando que têm algo de muito grave para lhe contar.

 

Henrique e Laurinda fazem uma visita a Sara a pretexto de conhecerem o pomar que ela herdou e que está a gerir. No entanto, o verdadeiro motivo da visita é darem conta de que Filipe está a sentir muito a sua ausência e que está arrependido pelas cenas de ciúmes que lhe fez. Os sogros pedem-lhe que volte para casa mas Sara não lhes faz a vontade, argumentando que ainda é cedo para isso. Laurinda e Henrique acabam por se sentir frustrados.

Tina e Joni voltam às provocações no mercado e às discussões assim que ele aparece com um ramo de flores na mão, dizendo que ela gostava de receber um daqueles, insinuando que o vai oferecer a Clara.

Bento convence Cremilde a ir ver com ele o jogo do Vitória de Setúbal na Lataria com minis e tremoços. Adelaide ironiza e diz que se trata de um programa muito romântico. Cremilde não gosta da observação e defende o namorado, respondendo que o que conta é a intenção. Assim que Cremilde os deixa a sós, Adelaide pede contas a Bento do jogo do peixe e, para espanto dele, não protesta ao saber que Mateus voltou a ganhar. Cremilde grita pela ajuda da sogra para dobrar uns lençóis e a velha beata acode à ex-nora. Bento fica descansado, acreditando que ela não desconfiou do esquema que ele e o sobrinho montaram para ganharem as apostas.

Rute conta a Sílvia e Idalina que a reunião dos administradores da fábrica acabou mal, depois de Martim a ter interrompido e ter mostrado uma fotografia que motivou uma violenta discussão entre os patrões. Idalina repara que Sílvia fica preocupada de repente, mas ela esconde o que sabe.


nas redes

pesquisar