SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

142º episódio – 3 de março (terça-feira)

Gonçalo volta para casa dos pais e atormenta Patrícia

Bento combina com Mateus as apostas viciadas que vão fazer e o sobrinho tenta saber quem está à frente do negócio. O tio recusa-se a satisfazer-lhe a curiosidade e esconde o bloco das apostas quando Henrique aparece com Sara, criticando Laurinda por ela ter ido cuidar de Sebastião, enquanto Madalena está a trabalhar. Sara acalma o sogro e Bento atreve-se a dizer que deve ser um pincel aturar um entrevado. Henrique olha o cunhado com cara de poucos amigos e concorda que às vezes lhe apetece atirá-lo da janela.

Laurinda aproveita a ausência de Madalena para tentar mais uma vez que Sebastião se afaste dela. O escritor vinca que Madalena fez a sua escolha ao decidir ir viver com ele e que só será completamente feliz quando a sua relação for reconhecida pelos pais.

Sílvia fica desconfortável por Diogo não a ter avisado que Maria Rita é vegetariana e por não lhe ter servido um jantar de acordo com a sua dieta. O ciúme também não é fácil de controlar e aumenta bastante quando Diogo convida a colega para correr com eles no dia seguinte.

 

Leonor vive um momento de grande desânimo, pois não consegue provas de que não foi ela a denunciar Frederico e Antónia à polícia. Para além disso, queixa-se a Martim de que está a perder a filha aos poucos, impotente para o evitar. Ele esforça-se por animá-la, convicto de que Carlota vai aceitar que eles estejam juntos. Martim e Leonor beijam-se e preparam-se para fazer amor.

André conta a Júlia que o detetive que contratou falou com um pescador que lhe garantiu que Xavier fugiu do país. Ela fica entusiasmada e agradece com um grande abraço, tudo o que André tem feito por ela e por Elsa. A proximidade acaba por deixá-los constrangidos.

Frederico responsabiliza Antónia por Gonçalo ser um menino mimado que sempre fez tudo o que quis. A mulher assevera que nunca fez qualquer distinção entre os filhos. Frederico deixa Antónia a falar sozinha e vai ter com Patrícia ao quarto dela, na esperança de que a nora queira arriscar ficarem juntos. Ela garante a Frederico que também quer estar com ele, mas não ali. Frederico prontifica-se a encontrar um lugar para se encontrarem.

Gonçalo responde mal ao Dr. Matias quando o médico lhe confirma que vai ter de passar a noite no hospital.

Joni e Carla beijam-se, depois de terem passado a noite juntos na casa partilhada. Tiago interrompe-os, sinalizando que está um menor presente. Depois segue ao encontro de Catarina a quem praticamente ignora. Eva ainda lhe oferece boleia mas em vão.

Tomás entrega a Leonor o dossiê que conseguiu reunir para provarem que ela não denunciou Frederico e Antónia. A mergulhadora estranha que o seu passaporte tenha sido copiado e Martim lembra-se que o funcionário informático do hotel pode descobrir quem o copiou. Leonor desconfia cada vez mais de Patrícia.

 

Patrícia acaba de tomar duche e prepara-se para ir dormir. Fica estarrecida quando vê Gonçalo dentro do quarto a olhar para ela e a sorrir-lhe. Patrícia ameaça gritar ver o marido e ele garante que vai recuperar tudo o que ela lhe tirou. Assustada, Patrícia grita por Frederico, que irrompe pelo quarto, questionando a presença do filho, agarrando-o pelos colarinhos. Gonçalo responde que apenas foi informar a mulher de que voltou para casa e Frederico responde em tom ameaçador que não lhe deu autorização para isso. Antónia entra no quarto e esclarece que foi ela que foi buscar Gonçalo ao hospital e que ele vai permanecer lá em casa enquanto não estiver recuperado do acidente de mota. Patrícia tenta reagir e diz que não se sente segura com o marido por perto. Frederico opõe-se e decreta que se Antónia quiser tratar do filho terá de se ir embora com ele. No entanto, é obrigado a engolir a afronta, pois Antónia diz que vai à polícia confirmar todas as falcatruas que ele fez nos negócios da fundação, se ele os expulsar.

À mesa do pequeno-almoço, Gonçalo agradece à mãe por ter ido buscá-lo ao hospital e garante que ainda vai provar que não foi ele a denunciá-la nem ao pai à polícia. Carlota aparece nesse instante com Amélia e Kika e fica perturbada ao ver Gonçalo sentado à mesa, ameaçando ir embora de casa se ele ali ficar. Amélia também censura a mãe por ter acolhido o irmão. Já Kika, mostra-se preocupada com o estado de saúde do pai, que a tranquiliza respondendo que está ali apenas por precaução. Kika sai e Gonçalo garante a Antónia que não quer causar mais problemas à família.

Leonor fica frustrada, pois não consegue provar que foi Patrícia quem usou o computador do hotel para fotocopiar o seu passaporte e denunciar Frederico e Antónia à polícia, usando os seus documentos. Martim revela que os registos de entrada no sistema informático do hotel estão no seu nome, tudo indicando que Patrícia terá sido ajudada por alguém com quem tenha trabalhado.

Sebastião conversa com Madalena e elogia a simpatia de Laurinda, enquanto esteve a cuidar dele, acrescentando que a conversa que tiveram, serviu para os tornar mais próximos. Madalena acredita que a mãe tenha saudades suas, mas duvida que o pai aceite a sua relação.

Laurinda tenta amolecer o coração de Henrique e conta-lhe que embora tenha idealizado um outro namorado para a filha, Sebastião não é tão mau como o pintaram e até revelou as suas boas intenções para com Madalena. O marido insiste em dizer que o escritor não o convence e que nem quer ouvir falar de Madalena.

Amélia faz sentir a Gonçalo que não é bem-vindo em casa e ele garante que não pretende afastá-la de Carlota nem causar perturbações, reafirmando que só vai ficar até estar recuperado do traumatismo craniano que sofreu. Apesar do que o irmão diz, Amélia continua muito angustiada.

 

Leonor procura Frederico na fábrica e consegue que ele a ouça explicar que na documentação que foi enviada à polícia para o incriminar, ia uma cópia do seu passaporte e que aquela cópia foi tirada no Salinas de Tróia. Leonor acusa Patrícia de ter acedido aos arquivos, fazendo uma cópia e enviando tudo à polícia. Perante as dúvidas do empresário, Leonor insiste em que não tinha qualquer interesse em denunciá-lo, pois acabou por ver Carlota afastar-se dela. Patrícia entra nesse momento e trata de negar todas as acusações, dizendo que Leonor é doente. Depois dela sair e percebendo que o sogro ficou sem saber em quem acreditar, agarra-se ao pescoço dele, tentando ganhar pontos com um beijo. No entanto, Frederico liberta-se dela com delicadeza e sai do gabinete. Patrícia fica furiosa e espreita pela janela, avistando Sílvia e Rute que estão à conversa.

Rute provoca Sílvia, insistindo em que ela se arrisca a perder Diogo para Maria Rita, depois de ter convidado a colega do namorado para jantar com eles. Idalina intromete-se e diz a Sílvia para não dar ouvidos à irmã. Patrícia detém-se a escutar a conversa e ouve Sílvia contar que vai jantar sozinha com Diogo e sem amiguinhas novas. Rute vê Patrícia quando ela se revela e incomoda-a, reafirmando que gostava de a ver no seu casamento.

Joni provoca Tina com a sua boa disposição, insinuando que tem passado noites maravilhosas com Carla, ao contrário dela que tem um namorado que não lhe liga. Um pouco mais afastados das bancas estão Adelaide e Bento a conversar sobre o jogo do peixe. Ela estranha que Mateus tenha acertado duas vezes seguidas nas combinações certas. Bento fica enervado e afirma que o sobrinho teve apenas sorte e lembra que o pai é armador e que assim fica mais fácil de ganhar. Adelaide avisa Bento de que não é parva e que espera que ele não a esteja a enganar. O peixeiro fica atemorizado com o tom ameaçador.

Júlia conta a Nuno que o detetive que André contratou, descobriu que Xavier embarcou num barco de pescada para a Irlanda, embora confesse que ainda não se sente completamente segura. Eva entra no centro de mergulho e depois de Júlia os deixar a sós, fica a namorar com Nuno, entusiasmada por ser chamada a dar opinião sobre o novo carro que ele quer comprar.

Leonor espera Carlota à saída do colégio e obriga-a a ouvi-la, garantindo que não denunciou os avós à polícia e que foi Patrícia quem o fez. A filha balança à medida que ela lhe vai mostrando os documentos que recolheu, mas atira à cara de Leonor que ela roubou dinheiro a Patrícia e que se envolveu com o pai, escondendo que eles estavam juntos. Leonor tenta defender-se mas Carlota vira-lhe as costas e Leonor fica desapontada com aquela reação.

Vitória serve Mateus na Lataria e fica irritada quando ele diz que ela tem de abrandar o ritmo de trabalho por causa da gravidez, propondo-se ajudá-la no bar durante a tarde. Ela diz que não precisa de ajuda e manda-o ir vender aplicações. Eva entra no bar e cumprimenta o irmão. Depois conversa com Vitória que desabafa, dizendo que está farta de aturar Mateus. Eva, por seu lado, não esconde a sua felicidade pelo momento que está a viver com Nuno.

Diogo vai correr com Sílvia e Maria Rita, deixando o seu kit de diabético em casa. 

nas redes

pesquisar