SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

O Peixe da Semana - Rei dos Arenques

Trachipterus arcticus (Brunnich, 1788)

______________________________________________________________________________________________

Comprimento máximo: 300 cm

Distribuição geográfica: Oceano Atlântico oriental, de Marrocos até à Namíbia; Mar Mediterrâneo ocidental; Oceano Pacífico Ocidental, no Japão e Nova Zelândia e sudeste, no Chile

______________________________________________________________________________________________

Vive no alto mar, a profundidades que podem ultrapassar os 600 metros. A sua área de distribuição estende-se, no No litoral ibérico é pouco comum, tendo sido registados alguns exemplares no noroeste de Espanha e na costa portuguesa. Na Espanha é conhecido com o nome vulgar de Traquíptero e em Portugal designa-se também de Peixe-tábua.

É carnívoro como as outras espécies desta família e a sua boca protáctil (ou seja, extensível) devora pequenos peixes, moluscos cefalópodes e crustáceos.

Existem ainda poucos elementos sobre a sua reprodução. Sabe-se, no entanto, que leva aproximadamente 14 anos a atingir a maturidade sexual. A fêmea, na altura da postura, deposita na água aproximadamente meio milhão de ovos que, tal como as larvas e juvenis, são pelágicos.

O exemplar na fotografia encontra-se conservado em líquido e pertence à Coleção do A.V.G.; foi capturado ao largo de Sesimbra, a 230 metros de profundidade, a 6 de Agosto de 1974.

.

* Esta rubrica é uma parceria com o Aquário Vasco da Gama

nas redes

pesquisar