SIC

Perfil

Veja aqui o último episódio

O Peixe da Semana - Peixe-Cão

Bodianus scrofa (Valenciennes, 1839)

______________________________________________________________________________________________

Comprimento máximo: 43 cm

______________________________________________________________________________________________

O peixe-cão é uma espécie rara, que apenas tem sido encontrada nas Canárias, na Madeira, nos Açores e costa Africana, na região de Cabo Verde.

Embora a sua biologia seja em grande parte desconhecida, sabe-se que habita em fundos rochosos, entre 20 e 100 metros de profundidade. É uma espécie da família dos Labrídeos que são peixes geralmente bastante coloridos, costeiros, de águas pouco profundas, frequentando zonas rochosas ou povoamentos de algas e plantas marinhas. Em regra são solitários, mas podem ter comportamento gregário, deslocando-se em pequenos grupos. Muitos deles são activos durante o dia, escondendo-se em cavidades rochosas, por entre a vegetação, ou enterrando-se no substrato durante a noite, para dormirem e se protegerem.

Muitas espécies de labrídeos mudam de sexo durante a vida, existindo uma fase inicial em que coexistem machos e fêmeas, tendo estas a capacidade de se tornarem em machos coloridos na fase terminal. Na altura da reprodução é frequente o macho preparar um ninho onde deposita a postura, que guarda até à eclosão das larvas. 



* Esta rubrica é uma parceria com o Aquário Vasco da Gama 

nas redes

pesquisar